Edvard Grieg

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Edvard Grieg
Nome nativo Edvard Hagerup Grieg
Nascimento 15 de junho de 1843
Bergen
Morte 4 de setembro de 1907 (64 anos)
Bergen
Cidadania Noruega
Alma mater Escola Superior de música e arte dramática Felix Mendelssohn Bartholdy
Ocupação compositor, pianista
Prêmios Cavaleiro da Grã-Cruz da Ordem de Santo Olavo
Magnum opus Na Gruta do Rei da Montanha
Causa da morte tuberculose
Edvard Grieg em 1888.

Edvard Hagerup Grieg (Bergen, 15 de Junho de 1843 — Bergen, 4 de Setembro de 1907) é o mais célebre compositor norueguês, um dos mais célebres do período romântico e do mundo. As suas peças mais conhecidas são a suíte sinfónica Holberg, o concerto para piano e a suíte Peer Gynt.[1]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Como outros grandes compositores, Edvard Grieg demonstrara desde muito novo um excepcional talento musical. Começou a sua aprendizagem com a mãe, sobretudo no piano, aos seis anos de idade. Na adolescência, foi influenciado por Mozart, Weber e Chopin. Suas primeiras composições datam de 1857.

O célebre violinista norueguês Ole Bull apercebeu-se dos dotes do jovem Edvard e este foi enviado para o conservatório de Leipzig. Aí teve uma rica e proveitosa experiência no meio musical. Trabalhava com importantes músicos como Carl Reinecke, Louis Plaidy, Ernst Ferdinand Wenzel e Ignaz Moscheles e ouvia música como a interpretação de Clara Schumann do concerto para piano de seu marido, Robert Schumann.

Porém, Edvard Grieg sentia-se insatisfeito com o que aprendera. Em 1863 parte para Copenhaga para estudar com o maior representante da música escandinava, o compositor Niels Gade, continuando ainda assim a duvidar do que aprendera. Em 1864, após conhecer o nacionalista norueguês Rikard Nordraak, compositor do atual hino nacional da Noruega, seguiu uma nova corrente estilística de inspiração folclórica. As fontes folclóricas norueguesas passaram a ser parte essencial de sua obra, tornando-se Grieg um dos grandes expoentes da música nacionalista, sempre lutando contra o domínio da música alemã, cujos principais representantes eram Robert Schumann e Félix Mendelssohn.

Como compositor reconhecido, Grieg promoveu a música norueguesa através de concertos e aulas. Em 1865 compõe a primeira sonata para piano e as célebres Peças Líricas entre muitas outras obras. Tornou-se regente da Harmoniske Seleskab e foi um dos fundadores da Christiania Musikforening (1871). Tanto a qualidade como a quantidade de obras que compõe levam-no a uma posição de destaque no contexto musical. Grieg acabaria por se tornar no mais forte expoente da cultura musical escandinava. Em 1906, quando esteve em Londres quis conhecer o pianista e compositor australiano Percy Grainger. Grainger era um grande admirador de Grieg, uma enorme empatia estabeleceu-se entre ambos os músicos.

Pioneiro na utilização impressionista da harmonia e da sonoridade ao piano, recebeu apoio de Franz Liszt, seu grande amigo e incentivador. Falece em sua cidade natal, Bergen, em 4 de Setembro de 1907, em decorrência de uma doença pulmonar que o acompanhou desde a juventude.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • The New Grove dictionary of musical instruments / edited by Stanley Sadie. - Londres [Inglaterra] : Macmillan Press, reprinted 1987.

Referências

  1. Miranda, Ulrika Junker; Anne Hallberg (2007). «Edvard Grieg». Bonniers uppslagsbok (em sueco). Estocolmo: Albert Bonniers Förlag. p. 339. 1143 páginas. ISBN 91-0-011462-6 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Imagens e media no Commons
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) compositor(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.