Edward Bernays

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Edward Bernays
Bernays 1917
Nome completo Edward Louis Bernays
Nascimento 22 de novembro de 1891
Viena, Áustria-Hungria
Morte 9 de março de 1995 (103 anos)
Cambridge, Massachusetts, Estados Unidos
Nacionalidade austríaco
norte-americano
Parentesco Sigmund Freud (tio)
Martha Bernays (tia)
Isaac Bernays (bisavô)
Marc Randolph (sobrinho-neto)
Ocupação Relações públicas, publicitário

Edward Louis Bernays (Viena, 22 de novembro de 1891Cambridge, 9 de março de 1995), foi um pioneiro austro-americano no campo das relações públicas e da propaganda, referenciado como "pai das relações públicas".[1]

Ideias[editar | editar código-fonte]

Sua forma de trabalho se baseava no princípio de que as pessoas são irracionais, suas decisões e ações são manipuladas facilmente, Bernays aplicava isso na construção de propaganda. Bernays foi citado pela revista Life como um dos 100 americanos mais influentes do século XX.[2] Combinou as ideias de Gustave Le Bon e Wilfred Trotter com as ideias psicológicas de Sigmund Freud, seu tio.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Bernays, Edward W. (1933), Propaganda, New York: Liverright

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. http://www.nytimes.com/books/98/08/16/specials/bernays-obit.html The New York Times
  2. Ewen, Stuart (1996). «Chapter 1: Visiting Edward Bernays». PR! A Social History Of Spin -Chapter 1. [S.l.]: Basic Books. Consultado em 27 de novembro de 2011. Arquivado do original em 5 de setembro de 2008