Edward Rydz-Śmigły

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Edward Rydz-Śmigły
Nascimento 11 de março de 1886
Berezhany
Morte 2 de dezembro de 1941
Varsóvia
Sepultamento Cemitério de Powązki
Cidadania Polónia
Alma mater
Ocupação oficial, poeta, pintor, escritor, político
Prêmios
  • Ordem da Águia Branca
  • Grã-Cruz da Ordem da Águia Branca
  • Grã-Cruz da Rosa Branca da Finlândia
  • Cruz de Comandante da Virtuti Militari
  • Cruz de prata da Virtuti Militari
  • Grã-Cruz da Ordem Polônia Restituta
  • Comandante com Estrela da Ordem da Polônia Restituta
  • Comandante da Ordem da Polônia Restituta
  • Década da Independência Recuperada
  • Cruz da Independência com Espadas
  • Cruz de Valor
  • Cruz de Ouro do Mérito
  • Cruz do Mérito do Exército Central da Lituânia
  • Medalha de Guerra 1918-1921
  • Grão-Cordão da Ordem do Sol Nascente
  • Cruz de Ferro, 2.ª Classe
  • Cavaleiro Grã-Cruz da Ordem da Coroa da Itália
  • 1st Class of the Order of the Cross of the Eagle
  • Cruz da Liberdade
  • Grã-Cruz da Ordem do Mérito da Hungria
  • Ordem da Estrela Branca, Faixa Especial (1938)
  • Ordem de São Sava
  • Cruz da Ordem de Lāčplēšis, 2.ª classe
  • Grã-cruz da Legião de Honra
  • Grande-Oficial da Legião de Honra
  • Comandante da Legião de Honra
  • Cruz de Guerra do Valor Militar
  • Ordem das Três Estrelas, 1.ª Classe
  • Cavaleiro da Ordem da Coroa de Ferro
  • Ordem do Serviço Fiel
  • doutor honoris causa da Universidade de Varsóvia
  • Cross of the 70th anniversary of the January Uprising
  • Commemorative Badge of the Inspector General of the Armed Forces
  • Cross of Independence
  • Cross of Merit
  • Cruz de Ferro
  • Ordem da Coroa de Ferro
Lealdade Segunda República Polonesa
Causa da morte enfarte agudo do miocárdio
Assinatura
Edward Rydz-Śmigły - Podpis.jpg

Edward Rydz-Śmigły (Berezhany, 11 de março de 1886Varsóvia, 2 de dezembro de 1941) foi um político, pintor, poeta e militar polonês.[1]

Vida[editar | editar código-fonte]

Durante o período entre guerras , ele foi uma figura pública excepcionalmente admirada na Polônia e foi considerado um herói por seu histórico exemplar como comandante do exército nas Legiões Polonesas da Primeira Guerra Mundial e na Guerra Polaco-Soviética que se seguiu em 1920 . Ele foi nomeado Comandante-em-Chefe e Inspetor Geral das Forças Armadas Polonesas após a morte do Marechal Józef Piłsudski em 1935. Rydz serviu nesta capacidade no início da Segunda Guerra Mundial durante a invasão da Polônia.[2][3]

À medida que a guerra se aproximava, as diferenças políticas desapareceram e a defesa tornou-se a prioridade nacional. Como resultado, a estatura de Rydz eclipsou até a do presidente.  O choque da derrota polonesa dificultou avaliações objetivas de seu legado durante e após a guerra; sua reputação, tão ligada aos críticos primeiros meses da Segunda Guerra Mundial, continua tendenciosa e controversa.[2]

Está sepultado no Cemitério de Powązki em Varsóvia.

Honrarias[editar | editar código-fonte]

Lista parcial:

Trabalhos[editar | editar código-fonte]

Sobre táticas militares e teoria:
  • Walka na bagnety (Bayonet Fight), Lwów 1914;
  • W sprawie polskiej doktryny (Poland's Military Doctrine), Varsóvia 1924;
  • Kawaleria w osłonie (Cavalry in protection of troops), Varsóvia 1925;
  • Byście o sile nie zapomnieli -Rozkazy, Artykuły, Mowy (Do not forget the Might – Orders, Articles and Speeches), Varsóvia 1936;
  • Wojna polsko-niemiecka (The Polish-German War), Budapeste 1941.
Poetry
  • Dążąc do końca swoich dróg (Toward My Path's End), Paris, 1947; Londres, 1989.
Paintings and Graphics
  • Ilustrações do livro de Piłsudski, 22 de janeiro de 1863, Lwów 1920;
  • Contribuições para Exposições de Arte em Cracóvia (1916) e Varsóvia (1917). A maioria de suas pinturas estão irremediavelmente perdidas.

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Serwatka, Tomasz. "Edward Rydz-Śmigły," Gazeta: Historia mało znana (January) 2007.
  2. a b digital.lib.washington.edu
  3. Seidner, Stanley S. Marshal Edward Śmigły-Rydz Rydz and the Defense of Poland. New York, 1978.

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

  • Cepnik, Kazimierz. Wódz Naczelny i Marszałek Polski Edward Śmigły-Rydz, Życie i Czyny. Lwów, 1937.
  • Eckert,Marian. Historia polityczna Polski lat 1918-1939. Warszawa, 1989.
  • Jabłonowski, Marek,i Stawecki, Piotr. Następca komendanta. Edward Śmigły-Rydz. Materiały do biografii. Pułtusk,1998
  • Jędruszczak, Hanna, and Tadeusz Jędruszczak. Ostatnie lata Drugiej Rzeczypospolitej (1935-1939). Warszawa, 1970.
  • Kaden-Bandrowski,Juliusz. Piłsudczycy. Oświęcim, 1916.
  • Mirowicz, Ryszard. Edward Rydz-Śmigły: działalność wojskowa i polityczna. Warszawa, 1988.
  • Pepłoński,Andrzej. Wywiad a dyplomacja II Rzeczypospolitej. Toruń, 2004.
  • Piłsudski,Józef. Pisma zbiorowe. Warszawa: 1937.
  • Seidner, Stanley S., "The Camp of National Unity: An Experiment in Domestic Consolidation," The Polish Review vol. xx, nos. 2-3, 1975, pp. 231–236.
  • Seidner,Stanley S., "Reflections from Rumania and Beyond: Marshal Śmigły-Rydz Rydz in Exile," The Polish Review vol. xxii, no. 2, 1977, pp. 29–51.
  • Stachiewicz, Wacław. Wierności dochować żołnierskiej. Warsaw, 1998.
  • Zaremba, Paweł. Historia Dwudziestolecia 1918 - 1939. 2 vols., Paris, 1967.


Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.