Efígie

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Efígie do escritor francês François-René de Chateaubriand.

Efígie é uma representação de uma pessoa numa moeda, pintura ou escultura.[1][2]

Uma forma de representação da efígie é a estátua jacente em pedra de corpo inteiro de uma pessoa já falecida, visto em monumentos fúnebres em igrejas a partir da Idade Média. Estas figuras frequentemente aparecem com mãos justapostas, em modo de oração, podendo ser encontradas também deitadas, orando ajoelhadas ou até mesmo de pé.

Efígie também é o termo usado para se referir a um busto, tal como os encontrados em papel-moeda e moedas, representando monarcas, políticos e outras personagens históricas importantes.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. S.A, Priberam Informática. «Consulte o significado / definição de efígie no Dicionário Priberam da Língua Portuguesa, o dicionário online de português contemporâneo.». dicionario.priberam.org. Consultado em 26 de agosto de 2019 
  2. Infopédia. «Definição ou significado de efígie no Dicionário Infopédia da Língua Portuguesa». Infopédia - Dicionários Porto Editora. Consultado em 26 de agosto de 2019 


Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Commons Imagens e media no Commons