Egas Gosendes de Baião

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Egas Gosendes de Baião
Rico -homem/ Senhor
Senhor da Casa de Baião
Reinado c.1098? - 1148
Predecessor Gosendo Arualdes
Sucessor Ermígio Viegas
PortugueseFlag1185.svg
Mordomo-mor do Reino de Portugal
Reinado 1111-1116
Predecessor Gonçalo Rodrigues da Palmeira
Sucessor Paio Nunes
Tenente condal
Reinado Lamego: 1100
Sanfins: 1110
Penaguião: 1127
Cônjuge Unisco Viegas de Ribadouro
Elvira Gonçalves
Descendência Ermígio Viegas, senhor de Baião
João Viegas Ranha
Godinho Viegas
Sancha Viegas, senhora de Bragança
Pedro Viegas Pai
Dinastia Baião
Nascimento Antes de 1098
  Reino de Portugal
Morte 1148
  Reino de Portugal
Religião Catolicismo
Pai Gosendo Arualdes de Baião
Mãe Leodegúndia Guterres
Brasão da Casa de Baião, à qual Egas pertenceu.

Egas Gosendes de Baião ou Egas Gondesendes (Antes de 1098 - c.1148)[1] foi um fidalgo, Rico-Homem e cavaleiro medieval português da casa de D. Afonso VI de Leão e Castela, rei de Castela com origem na casa de Baião.

Foi mordomo-mor do Reino de Portugal e aparece da documentação medieval figurando como confirmante dos anos de 1111 e 1112. Corria o ano de 1124 deu foral à vila de Sernancelhe.

Relações familiares[editar | editar código-fonte]

Foi filho de Gosendo Arnaldes de Baião e de Ledegúndia Guterres, filha do conde Guterre Afonso, nobre de grande influência na corte leonesa [1]. Casou com Unisco Viegas de Ribadouro, de quem teve:

  1. Ermígio Viegas de Baião;
  2. João Viegas de Baião;
  3. Godinho Viegas casado com Maria Soares de Várzea, filha de Soeiro Guedes e de Ledegúndia Tainha;
  4. Sancha Viegas de Baião casada com Mem Fernandes de Bragança, filho de Fernão Mendes de Bragança;
  5. Pedro Viegas de Baião; casou com Maria Peres.

Enviuvou antes de 1118, pois nesta data estava já casado com Elvira Gonçalves, de origens desconhecidas[1], de quem não terá tido descendência.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]