Eggert Ólafsson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Eggert Ólafsson
Gravura em bronze retratando a morte de Eggert Ólafsson.
Nascimento 1 de dezembro de 1726
Snæfellsnes
Morte 30 de maio de 1768 (41 anos)
Cidadania Islândia
Ocupação explorador, escritor, poeta, naturalista

Eggert Ólafsson (1726-1768), nascido na Islândia, foi um explorador, escritor e conservador da língua islandesa.

Eggert era o filho de um fazendeiro de Svefneyjar em Breiðafjörður. Ele estudou ciências naturais na Universidade de Copenhaga, além de ter estudado Gramática, Direito, Agricultura e Estudos Clássicos.

Ele escrevia muito sobre muitas coisas, embora publicasse apenas alguns de seus escritos. Escreveu também uma ortografia padronizada para o islandês, que é, entretanto, muito diferente daquela usada atualmente. Ele é considerado o maior conservador da língua islandesa do século XVIII.

Eggert é conhecido principalmente pela viagem que fez para uma pesquisa sobre a Islândia, junto a Bjarni Pálsson, que mais tarde se tornaria Diretor de Saúde da Islândia. Com os dados obtidos nessa viagem, fizeram muitas sugestões para o desenvolvimento do país.

Eggert e sua mulher, Ingibjörg Halldórsdóttir, morreram afogados em 1768 quando voltavam para casa de férias de inverno em Sauðlauksdalur. Matthías Jochumsson escreveu um poema comemorativo chamado Eggert Ólafsson em sua homenagem.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.