Egotrip

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Emblem-scales.svg
A neutralidade deste artigo ou se(c)ção foi questionada, conforme razões apontadas na página de discussão.
Egotrip
Pôster de divulgação do grupo
Informação geral
Origem Rio de Janeiro, RJ
País  Brasil
Gênero(s) Pop, pop rock, rock
Período em atividade 1985 - 1990
Gravadora(s) Epic Records
Afiliação(ões) The Police, Rush, Heróis da Resistência, Camisa de Vênus, Zero, Hanói-Hanói
Integrantes Arthur Maia
Nando Chagas
José Rubens
Francisco Frias
Pedro Gil

O Egotrip foi uma banda brasileira de Pop/Rock formada no Rio de Janeiro, em 1985. Fizeram grande sucesso em 1987 com as canções "Kamikaze" e "Viagem ao Fundo do Ego".

História[editar | editar código-fonte]

Arthur Maia, que posteriormente trabalharia com artistas como Gal Costa, Caetano Veloso e Roberto Carlos, fundou o grupo em 1985.[1] Seu primeiro e único disco foi lançado em 1987.

No auge, o grupo chegou a fazer várias apresentações no Cassino do Chacrinha, programa da Rede Globo que fez grande sucesso nas tardes de sábado durante a década de 80.

A música "Viagem ao Fundo do Ego" tornou-se um grande sucesso após ser incluída na trilha sonora da novela Mandala, produzida pela Rede Globo. Outro grande sucesso também do grupo foi a canção "Kamikase", que chegou ao topo das paradas de várias rádios do Brasil naquela época.

No entanto, o Egotrip não duraria por muito tempo: eles se separaram após a morte do baterista de apenas 19 anos, Pedro Gil (filho do consagrado Gilberto Gil), em um fatídico acidente de carro em 1990.

Integrantes[editar | editar código-fonte]

  • Arthur Maia (Baixo, Vocais e Teclados)
  • Nando Chagas (Vocais, Guitarra e Teclados)
  • Francisco Frias (Guitarra e Teclados)
  • José Rubens (Saxofone e Teclados)
  • Pedro Gil (Bateria e Teclados)

Discografia[editar | editar código-fonte]

Referências