Eialete

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mapa do Império Otomano de 1855. O título original é Das osmannische Reich im XVIIten Jahrhundert, obra do cartógrafo alemão Karl Spruner von Merz (1803–1892)

Eialete (em árabe: iyalahat; em turco otomano: eyâlet, pronunciado [ejaːˈlet]) era uma antiga divisão administrativa primária do Império Otomano. O termo por vezes é traduzido como província ou governorado. Dependendo da categoria do governador, foram também por vezes designados como paxalatos (regidos por um paxá), beilhiques (regidos por um bei ou um beilerbei) e capudalhiques (regidos por um capitão paxá).

História[editar | editar código-fonte]

Desde 1453 até princípios do século XIX, os governos otomanos locais estruturavam-se livremente.[1] A princípio, o império estava dividido em províncias chamadas eialetes, regidas por um paxá de três caudas.[1] O grão vizir era o responsável por nomear todos os altos funcionários do estado, tanto na capital como nas províncias.[1] Entre 1861 e 1866, estes eialetes foram abolidos, e o território foi dividido para administração em vilaietes.[1]

Os eialetes eram subdivididos em distritos chamados livas ou sanjacos, cada um dos quais a cargo de um paxá de uma cauda, com o título de Mira-lira, ou sanjaco bei.[2] Estes distritos foram chamados, em geral, paxalatos pelos europeus.[2] O paxá era investido com poderes de governo absoluto dentro do seu distrito, tendo a seu cargo tanto os departamentos militares e financeiros, como a polícia e a justiça penal.[2]

Em funções oficiais, a ordem de precedência dos governadores dos eialetes era: Egito, Bagdá, Abissínia, Buda e Anatólia, e o resto ordenados de acordo com a ordem cronológica da sua conquista.[3]

Eialetes do Império Otomano[editar | editar código-fonte]

Eialetes
Existentes em 1609 Desaparecidos antes de 1609 Criados após 1609

EM 1609 dispõe-se de uma fonte fiável dos antigos eialetes, uma lista de Aim Ali com os 32 eialetes vigentes e o seu estatuto oficial nesse momento.

Eialetes do Império otomano (1299-1866)
Início Fim Nome da província Nome em turco otomano e transliteração (para turco moderno) Notas
1362 1826 Eialete de Rumélia Rumeli Com a Anatólia, um dos dois eialetes originais
1393 1827 Eialete da Anatólia Anadolu Com a Rumélia, um dos dois eialetes originais
1398 1864 Eialete de Sivas Sivas
1461 1864 Eialete de Trebizonda, Lazistão Trabzon
1468 1864 Eialete da Caramânia Karaman
1514 1864 Eialete de Erzurum Erzurum
1516 1864 Eialete de Damasco Şam
1517 1867 Eialete de Egito مصر Mıṣır (Mısır)
1517 1830 Eialete de Argel جزاير غرب Cezâyîr-i Ġarb (Cezayir Garp)
1517 1864 Eialete de Moçul Mosul
1517
1830
1635
1864
Eialete do Iêmem Yemen
1520 1864 Eialete da Bósnia Bosna
1521 1864 Eialete de Dulcadir Maraş, Dulkadır
1524 1864 Eialete de Túnis Túnis
1534 1864 Eialete de Alepo حلب Ḥaleb (Halep)
1535 1864 Eialete do Arquipélago Cezayir-i Bahr-i Sefid Domínio do capitão paxá (Senhor Almirante); também chamado Denizi ou Denizli, e depois Vilaiete do Arquipélago
1535 1861 Eialete de Bagdá بغداد Baġdâd (Bağdat)
1538 1864 Eialete de Baçorá بصره Baṣra (Basra)
1541 1686 Eialete de Buda Budin
1541 1686 Eialete de Diarbaquir دياربكر Diyârbekir (Diyarbakır)
1541 1686 Eialete de Shehrizor Şehrizor Também Shahrizor, Sheherizul ou Kirkuk. Em 1830, este eialete foi incorporado no eialete de Moçul como sanjaco Kirkuk .
1541 1686 Eialete da Silístria Silistre Depois por vezes chamado Ochakiv (Özi); Primeiro beilerbei foi o cã do Canato da Crimeia
1548 1864 Eialete de Vã Van
1551 1663 Eialete de Alhaça Lahsa Raras vezes gobernou diretamente
1551 1864 Eialete de Tripolitânia (Trípoli no Oeste) Trablus-ı Garb (Trablusgarp)
1552 1716 Eialete de Temeşvar Tımışvar (Temeşvar)
1554 1867 Eialete da Abissínia Habeş Incluía áreas de ambos os lados do mar Vermelho. Também chamado "Meca e Medina"
1567 1569 Eialete de Saná San'a Divisão temporal de Yemen
1567 1569 Eialete de Zabide Zebit Divisão temporal de Yemen
1568 1774 Eialete de Kefe (Teodósia) Kefe
1570 1864 Eialete de Trípoli (Trípoli no Leste) Trablus-ı Şam (Trablusşam)
1574 antes de 1609 Lazistão
1578 1604 Eialete de Xirvam Şirvan Supervisionado por um serdar [chefe] em lugar de um beilerbei
1578 1586 Eialete de Tbilisi Tiflis Talvez substituído por Gori após 1586
1578 antes de 1609 Eialete da Abecásia Abhazya Também chamado Sucumi [Sohumkale] ou Geórgia [Gurcistão] e incluía Mingrélia e Imerícia beo como a moderna Abecásia – nominalmente anexada mas nunca completamente conquistada
1578 antes de 1609 Eialete de Dagestão Dağıstan Também chamado Demirkapı – atribuído a um serdar [chefe] mais que um beiberlei
1578 antes de 1609 Eialete da Cachétia Kaheti O rei cachetiano foi designado bei hereditário
1578 1845 Eialete de Mesquécia Çıldır Também chamado Mesquécia, depois possivelmente coextensivo com o eialete de Akhaltsikhe (Ahıska). A maioria do eialete passou para a Rússia em 1829. As partes restantes do eialete foram incorporadas em Erzurum em 1845.
1579 antes de 1609 Eialete de Poti Faş Pode ter sido outro nome para Trebizonda
1580 1604 Eialete de Cars Kars Fundido com o Eialete de Mesquécia em 1604. Finalmente incorporado no Eialete de Erzurum em 1845.
1583 1583 Eialete de Shemakha Şamahı Pode ter sido outro nome para Xirvam
1583 1604 Eialete de Erevã Erivan Por vezes também incluía Vã
1584 antes de 1609 Eialete de Dmanisi Tumanis
1584 antes de 1609 Eialete de Lorri Lori
1585 1603 Eialete de Tabriz Tebriz
1588 1604 Eialete de Ganja Gence
1588 antes de 1609 Eialete de Gori Gori Provavelmente substituiu Tbilisi após 1586
1594 1598 Eialete de Győr Yanık
1594 1864 Eialete de Raca Rakka
1595 1595 Eialete da Moldávia Boğdan No resto do tempo a Moldávia foi uma província autónoma separada
1595 1595 Eialete da Valáquia Eflak No resto do tempo a Valáquia foi uma província autónoma separada
1596 1600 Eialete de Szigetvár Zigetvar Depois transferido para Kanizsa
1596 1661 Eialete de Eger اكر Egir (Eğri)
1600 1686 Eialete de Kanizsa Kanije
1603 antes de 1609 Eialete de Akhaltsikhe Ahıska Tanto separado de o coextensivo con Mesquécia
1603 1603 Naquichevão Nahçivan Possiblemente nunca separada de Erevã
1608 1865 Eialete de Adana آضنه Ażana (Adana)
1571
1745
1660
-748
Eialete de Chipre قبرص Ḳıbrıṣ (Kıbrıs)
1620
1715
1687
1829
Eialete de Moreia Mora Originalmente parte de la provincia Archipiélago Egeo
1660 1841 Eialete de Sidom Sayda
1661 1692 Eialete de Varad Varad
1663 1685 Eialete de Uyvar Uyvar
1669 1867 Eialete de Creta Girid
1672 1699 Eialete de Podólia Podolya Supervisado por vários serdares (marechais) em vez dos beilerbeis (governadores)
1826 1864 Eialete de Adrianópolis Edirne Transformado no Valiato de Edirne
1826 1864 Eialete de Monastir Monastir
1826 1864 Eialete de Salónica Selanik
1826 1864 Eialete de Aidim Aydın
1827 1864 Eialete de Ancara Ankara
1827 1864 Eialete de Kastamonu Kastamonu
1833 1851 Eialete da Herzegovina Hersek
1841 1867 Eialete de Hüdavendigâr Hüdavendigâr
1845 1847 Eialete de Karasi Karesi
1846 1864 Eialete de Niš Niş
1846 1864 Eialete de Vidin Vidin

Mapa[editar | editar código-fonte]


Referências

  1. a b c d A handbook of Asia Minor. Publicado em 1919 por Naval staff, Intelligence dept. in London, p. 203
  2. a b c Forbes, A. Gruar. The empires and cities of Asia (1873). General Books, 2010. ISBN 1152452428, p. 188
  3. Çelebi, Evliya. Trad. de von Hammer, Joseph. Narrative of travels in Europe, Asia, and Africa in the seventeenth century, Vol. 1, p. 90 ff. Parbury, Allen, & Co. (Londresn), 1834.

Fontes:

  • Colin Imber. The Ottoman Empire, 1300-1650: The structure of Power. (Houndmills, Basingstoke, Hampshire, UK: Palgrave Macmillan, 2002.)
  • Halil Inalcik. The Ottoman Empire: The Classical Age 1300–1600. Trans. Norman Itzkowitz and Colin Imber. (London: Weidenfeld & Nicolson, 1973.)
  • Donald Edgar Pitcher. An Historical Geography of the Ottoman Empire (Leiden, Netherlands: E.J.Brill,1972.)