Eiji Yoshikawa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Eiji Yoshikawa
吉川 英治
Nascimento 11 de agosto de 1892
Kanagawa, Japão Império do Japão
Morte 07 de setembro de 1962 (70 anos)
Tóquio, Japão Japão
Género literário Romance histórico
Serviço militar
País Japão japonesa

Eiji Yoshikawa (Kanagawa, 11 de agosto de 1892 - 7 de setembro de 1962) foi um autor de romances históricos japonês. Yoshikawa iniciou sua carreira literária aos 22 anos, quando, paralelamente à sua carreira de jornalista, que inclusive o levaria a ser correspondente de guerra, começou a escrever contos e romances históricos, muitas vezes publicados nos jornais de maior tiragem do Japão. No ano de sua morte, em 1962, era um dos mais conhecidos e populares escritores do país.[1]

Com Musashi, publicado inicialmente no Asahi Shimbun entre 1935 e 1939 em 1 013 episódios, Yoshikawa ficaria nacionalmente famoso e alcançaria depois tiragens absolutamente inéditas na história do Japão, ultrapassando com esta obra a marca dos cem milhões de exemplares vendidos no início da década de 80. A tradução desta obra para o português, considerada a única integral no Ocidente, teve tiragem superior a 100 000 exemplares no Brasil.[2]

Trabalhos impressos em japonês[editar | editar código-fonte]

A editora japonesa Kodansha publica atualmente uma série de 80 volumes: Yoshikawa Eiji Rekishi Jidai Bunko (吉川英治歴史時代文庫), ou Ficção histórica de Eiji Yoshikawa em brochura. Kodansha numera as séries de 1 a 80.

  • 1 -剣 難 女 難(Kennan Jonan) - Problema de espada, Problema de mulher
  • 2–4 (em três volumes) -鳴 門 秘 帖 (Naruto Hitcho) - Registro Secreto de Naruto
  • 5–7 (em três volumes) -江 戸 三國 志 (Edo Sangoku-shi) - Os Três Reinos de Edo
  • 8 -か ん か ん 虫 は 唄 う(Kankan Mushi wa Utau) - "O rustbeater (estivador que remove a ferrugem de navios a vapor, caldeiras, etc.) canta" e outras histórias
  • 9 -牢獄 の 花嫁 (Rougoku no Hanayome) - A noiva da prisão
  • 10 -松 の 露 八 (Matsu no Rohachi) - Rohachi dos Pinheiros
  • 11–13 (em três volumes) -親 鸞 (Shinran)
  • 14–21 (em oito volumes) -宮本 武 蔵 (Miyamoto Musashi)
  • 22–32 (em onze volumes) -新書 太 閣 記 (Shinsho Taiko ki) - brochura Life of the Taiko
  • 33–40 (em oito volumes) -三國 志(Sangoku shi) - Romance dos Três Reinos
  • 41–42 (em dois volumes) -源 頼 朝 (Minamoto no Yoritomo)
  • 43 -上杉 謙信 (Uesugi Kenshin)
  • 44 -黒 田 如水 (Kuroda Josui)
  • 45 -大 岡 越 前 (Ooka Echizen)
  • 46 -平 の 将 門 (Taira no Masakado)
  • 47–62 (em dezesseis volumes) -新 平 家 物語 (Shin Heike monogatari) - Novo Conto de Heike
  • 63–70 (em oito volumes) -私 本 太平 記 (Shihon Taihei ki) - Registro Privado da Guerra do Pacífico
  • 71–74 (em quatro volumes) -新 水滸 伝 (Shin Suikoden) - Novos contos da margem da água
  • 75 -治 朗吉 格子 (Jirokichi Goshi) - "Jirokichi Goshi" e outras histórias
  • 76 -柳生 月 影 抄 (Yagyu Tsukikage sho) - "Os papéis de Yagyu Tsukikage" e outras histórias
  • 77 -忘 れ 残 り の 記 (Wasurenokori no ki) - Registro de coisas que não foram esquecidas
  • 78-80 (em três volumes) -神州 天馬 侠 (Shinshu Tenma Kyo)

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. «Yoshikawa Eiji | Japanese novelist». Encyclopedia Britannica (em inglês). Consultado em 5 de agosto de 2021 
  2. «O eterno sucesso das aventuras do samurai Musashi - Cultura». Estadão. Consultado em 5 de agosto de 2021