Eino Viljami Panula

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Eino Viljami Panula
Nome completo Eino Viljami Panula
Nascimento 10 de março de 1911
Ylihärmä, Ostrobótnia do Sul, Finlândia
Morte 15 de abril de 1912 (1 ano)
Oceano Atlântico
Progenitores Mãe: Maria Emilia Ojala
Pai: Juha Panula Sr.

Eino Viljami Panula (10 de março de 1911 – 15 de abril de 1912) foi um jovem garoto finlandês que morreu durante o naufrágio do RMS Titanic. De 2002 até 2007, se acreditava que ele seria "A Criança Desconhecida" (ou "The Unknown Child" em inglês), o nome dado ao corpo de um pequeno garoto recuperado após o desastre.

RMS Titanic[editar | editar código-fonte]

Eino estava viajando com sua mãe, Maria Emilia Panula (nascida Maija Emelia Ketola-Ojala) e quatro irmãos mais velhos: Ernesti Arvid (nascido em 18 de maio de 1895), Jaakko Arnold (nascido em 8 de fevereiro de 1897), Juha Niilo (nascido em 1º de setembro de 1904) e Urho Abraham (nascido em 25 de abril de 1909). Três outras crianças morreram antes da viagem: Juho Eemeli (23 de outubro de 1892 – 23 de dezembro de 1892), Emma Iida (24 de fevereiro de 1901 – 8 de abril de 1910) e Lyydia (17 de junho de 1903 – 23 de dezembro de 1903).[1][2]

A família seguia para Coal Center, Pensilvânia, para se juntar ao pai da família, Juha. Todos os seis membros pereceram no desastre.

A série da TV americana PBS Secrets of the Dead desempenhou um papel fundamental na identificação inicial em 2002 de Panula descrita como a "Criança Desconhecida" quando apresentaram a história da vítima desconhecida do Titanic em um dos episódios e rastreou o DNA da criança até uma mulher finlandesa com o nome de Magda Schleifer, cuja irmã de sua avó era Maria Emilia Panula. Outro parente da família Panula, Hildur Panula-Heinonen, escreveu diversos e extensos artigos relacionados à família.

Em 1º de agosto de 2007 foi relatado que um teste no HVS1 da criança, um tipo de molécula de DNA mitocondrial, não correspondia à família Panula.[3] O teste de DNA original foi considerado incorreto e os pesquisadores da Lakehead University em Thunder Bay, Ontário identificaram o garoto como uma criança inglesa de 19 meses de vida, Sidney Leslie Goodwin, que estava viajando no Titanic com sua família em busca de uma nova vida na América.

O corpo de Eino Panula nunca foi recuperado.

Referências

  1. «Mrs Maija Emelia Abrahamintytar Panula». Encyclopedia Titanica. Consultado em 8 de novembro de 2011 
  2. «Answer to Quiz #81». Forensic Genealogy Book. 15 de outubro de 2006. Consultado em 8 de novembro de 2011 
  3. «Titanic baby given new identity». BBC News. 1º de agosto de 2007. Consultado em 7 de agosto de 2008 
  • Geller, Judith B. Titanic: Women and Children First. 1st ed. W. W. Norton & Company, 1998.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]