Ela Sonhou que Eu Morri

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda nos WikiProjetos Cinema e Brasil.
Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição. Este artigo está para revisão desde julho de 2012.
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde julho de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo (desde julho de 2012).
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Ela Sonhou que Eu Morri
 Brasil
2011 •  cor •  
Direção Matias Mariani
Roteiro Matias Mariani
Idioma Não disponível
Página no IMDb (em inglês)

Ela Sonhou que Eu Morri é um filme é sobre a experiência de presas e presos estrangeiros no Brasil, um filme sobre “ser diferente” e “estar igual”. Sobre pessoas de origem cultural muito diversa (chineses, peruanos, norte americanos, senegaleses, australianos, franceses, entre outros) que vivem hoje o mesmo cenário social.

Dirigido por Matias Mariani e Maíra Bühler, o documentário é uma obra brasileira em longa-metragem e foi filmado no Estado São Paulo.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Um comerciante líbio descobre durante uma viagem de férias que sua m ulher está com câncer, um mercenário sul africano narra sua participação em guerras africanas, um jovem eslovaco conta como se viciou em jogo, um bibliotecário espanhol conta suas desventuras amorosas, uma mãe húngara lembra como aceitou transportar cocaína por solidariedade. Esses são pedaços das 8 histórias narradas neste documentário, uma colagem de fragmentos dramáticos da vida de pessoas de origens e culturas diversas que por inexorabilidade de suas vidas estão reunidas forçosamente no mesmo espaço, uma cadeia brasileira.

Ficha Técnica[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.