Elefante-da-savana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Como ler uma caixa taxonómicaLoxodonta africana
African Bush Elephant.jpg

Estado de conservação
Status iucn3.1 VU pt.svg
Vulnerável (IUCN 3.1)
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Proboscidea
Família: Elephantidae
Género: Loxodonta
Espécie: Loxodonta africana
Nome binomial
Loxodonta africana
(Blumenbach, 1797)

O elefante-da-savana (Loxodonta africana) é a maior das duas espécies de elefante-africano. Tanto ele quanto o elefante-da-floresta têm sido geralmente classificados como uma única espécie, conhecida simplesmente como o elefante-africano. Algumas autoridades consideram ainda que as evidências atualmente disponíveis são insuficientes para dividir o elefante-africano em duas espécies.

Descrição[editar | editar código-fonte]

O elefante-da-savana é a maior espécie de elefante-africano, sendo portanto o maior animal terrestre vivo, atingindo de 6 a 7,3 metros de comprimento e 3,5 a 4 metros de altura na cabeça, e pesando de 6 a 7,5 toneladas.

O maior elefante já registrado, baleado em Angola, em 1965, pesava 12.274 kg (12 toneladas e 274 quilos), em pé tinha 4,2 metros de altura. O corpo dele está montado na rotunda do Museu Nacional de História Natural, em Washington, D.C. O elefante-da-savana normalmente se move a uma velocidade de 10 km/h, mas pode atingir velocidade máxima de 40 km/h quando assustado ou chateado.


Translation arrow.svg
Este artigo ou secção, resulta, no todo ou em parte, de uma tradução. Do artigo «African Bush Elephant» na Wikipédia em inglês , na versão original. Você pode incluir conceitos culturais lusófonos de fontes em português com referências e inseri-las corretamente no texto ou no rodapé. Também pode continuar traduzindo ou colaborar em outras traduções. Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)