Eleição municipal de Itapetininga em 2012

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
2008 Brasil 2016
Eleição municipal de Itapetininga em 2012 Bandeira Itapetininga.jpg
7 de outubro de 2012
Primeiro turno
Yellow - replace this image male.svg Blue - replace this image male.svg Green - replace this image male.svg
Candidato Luis Di Fiori Ércio Giriboni Vitor Oliveira
Partido PSDB PV PSOL
Natural de Canavieiras Itapetininga Itapetininga
Vice Hiram Jr Dr. Heleno Egídio Vinicius Valio
Votos 153 788 23 093 9 977
Porcentagem 48,29% 39,47% 6,52%
Red - replace this image male.svg
Candidato Mario Carneiro


Partido PTB


Vice Marcos Nanini
Votos 677
Porcentagem 5,72%


Brasão Itapetininga.jpg
Prefeito de Itapetininga

Eleito
Di Fiori
PSDB

A eleição municipal de Itapetininga em 2012 aconteceu no dia 7 de outubro de 2012 para eleger um prefeito, um vice-prefeito e 19 vereadores no município de Itapetininga, no Estado de São Paulo, no Brasil. O prefeito eleito pelos itapetininguenses foi Di Fiori, do PSDB, com 48,29% dos votos válidos, sendo vitorioso no primeiro turno. A disputa da prefeitura ocorreu com outros três adversários, sendo eles: Ércio Giriboni (PV - 39,47% dos votos), Vitor Oliveira (PSOL - 6,52% do votos) e Mario Carneiro (PTB - 5,72% dos votos). [2]O vice-prefeito eleito, Hiram Jr (PSDB), assumiu o cargo após o falecimento de Di Fiori em 12 de novembro de 2015, por conta de um câncer no pâncreas. [3] O candidato a vereador mais votado foi Fernandinho Rosa (PSDB - 3,42% (2.609) dos votos).

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Di Fiori entrou para substituir o prefeito vencedor de duas eleições (2004/2008) Roberto Ramalho Tavares (PMDB). Roberto foi reeleito com 56,20% dos votos válidos, vencendo Luis Antonio Fiores Costa (41,85%) e Gumercindo de Campos Jr (1,95%). [4]

Praça de Itapetininga

Eleitorado[editar | editar código-fonte]

Na eleição de 2012, o eleitorado de Itapetininga era composto por 101.901 eleitores, cerca de 82,55% da população total da cidade. [5]

Candidatos[editar | editar código-fonte]

Quatro candidatos concorreram à prefeitura em 2012: Luis Di Fiori do PSDB, Ércio Giriboni do PV, Vitor Oliveira do PSOL e Mario Carneiro do PTB. [6]

Candidato(a) Vice Partido Coligação
Luis Di Fiori Hiram Jr PSDB "Futuro melhor para Itapetininga"
(PP/PSL/DEM/PSB/PSDB/PSD)
Ércio Giriboni Dr. Heleno Egídio PV "Juntos por Itapetininga"
(PDT/PT/PPS/PC do B/PRP/PV/PR/PSC)
Vitor Oliveira Vinicius Valio PSOL "PSOL"
Mario Carneiro Marco Nanini PTB "Itapetininga saudável, pensando em você"(PRB/PTB/PMDB/PHS/PMN/PPL)

[7]

Campanha[editar | editar código-fonte]

Em seu jingle de campanha, Luis Di Fiori cita alguma das áreas em que fará mudança, como saúde e educação. Segundo o próprio jingle, ele é o prefeito da renovação. As principais mudanças que desejava fazer era na área da saúde e atrair grandes empresas para a região. [8]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Prefeito[editar | editar código-fonte]

No dia 7 de outubro, Luis Di Fiori foi eleito com 48% dos votos válidos.

Candidato(a) Vice 1º Turno
7 de outubro de 2012
Votação
Total Porcentagem
Luis Di Fiori (PSDB) Hiram Jr (DEM) 36.994 48,29%
Ércio Giriboni (PV) Dr. Heleno Egídio (PV) 30.233 39,47%
Vitor Oliveira (PSOL) Vinicius Valio (PSOL) 4.993 6,52%
Mario Carneiro (PTB) Marco Nanini (PMDB) 4.385 5,72%
Total de votos válidos 76.605 91,93%
Votos em branco 2.832 3,40%
Votos nulos 3.894 4,67%
Total 83.331 100%
Abstenções 18.570 18,22%
Votos apurados 83.331 100%
Total de eleitores 101.901 100%
  Eleito(a)

Vereador[editar | editar código-fonte]

No ano de 2012, 206 candidatos disputaram 19 vagas para o cargo de vereador. Entre os eleitos, 15 vereadores eram debutantes no cargo: Adilson Ramos, Fernandinho Rosa, Selma, Marcus Tadeu, Bispo Andre Bueno, Toninho Marconi, Geraldo Macedo, Etson Brun, Milton Nery, Sid do Rechã, Miguel Turmeiro, Dra. Maria Lucia Haidar, Jair Sene, Itamar e Davino Policial. Os 4 vereadores reeleitos foram: Fuad Abrão Issac, Antônio Polyceno, Marcelo Nanini Franci e Dr. Mauri Delegado. O PSDB e o PV foram os partidos com mais vereadores eleitos, com quatro cada. Entre vereadores eleitos, apenas 7 faziam parte da coligação do prefeito Luis Di Fiori (PSDB/PP/DEM/PSL/PSB/PSD). [9]

[10]

Análises[editar | editar código-fonte]

Após a morte de Di Fiori, o presidente do PSDB na cidade, Jean Nunes disse que "Em três anos de mandato, foi uma administração sem irregularidades. O partido levará o legado do mandato dele à população". Já para Itamar Martins, vereador opositor do PMDB, faltou comunicação do prefeito com todos, desde vereadores que o apoiavam passando pelos opositores até a população. [11]

Referências

  1. «Apuração das Eleições 2012». 7 de outubro de 2012. Consultado em 6 de junho de 2016 
  2. UOL (7 de outubro de 2012). «Apuração 1ø turno». Consultado em 1 de junho de 2016 
  3. G1 (12 de novembro de 2015). «Prefeito de Itapetininga, Luis Di Fiori morre nesta quinta-feira». Consultado em 1 de junho de 2016 
  4. «Seade». Consultado em 6 de junho de 2016 
  5. «Infos 2012». Consultado em 6 de junho de 2016 
  6. «Infos 2012». Consultado em 6 de junho de 2016 
  7. «Candidatos». Consultado em 6 de junho de 2016 
  8. «'Trabalhou até o último minuto', diz vice-prefeito sobre Luis Di Fiori». 12 de novembro de 2015. Consultado em 8 de junho de 2016 
  9. g1. «Confira a composição da Câmara Municipal de Itapetininga,SP». Consultado em 8 de junho de 2016 
  10. «Placar UOL». Consultado em 8 de junho de 2016 
  11. «'Di Fiori foi perseguido desde sua vitória', diz líder municipal do PSDB». 13 de novembro de 2015. Consultado em 8 de junho de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]