Eleição municipal de Jaú em 2012

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
2008 Brasil 2016
Eleição municipal de Jaú em 2012 Bandeira de Jaú (Atualizada).jpg
7 de outubro de 2012
Primeiro turno
Red - replace this image male.svg Green - replace this image male.svg Yellow - replace this image male.svg
Candidato Rafael Agostini Dr. Osvaldo Carlos Ramos
Partido PT PV PPL
Natural de Jaú Jaú Jaú
Vice Sigefredo Griso Ana Maria Sachetto Antenor Zago
Votos 42 982 12 915 8 734
Porcentagem 59,31% 17,82% 12,05%
Blue - replace this image male.svg Red - replace this image male.svg
Candidato Zuca Prof. Lauro
Partido PSDB PSOL
Natural de Jaú Jaú
Vice Dr. Jamil Luana
Votos 7 468 372
Porcentagem 10,30% 0,51%


Brasão Jaú.jpg
Prefeito de Jaú

Titular
Dr. Osvaldo
PV

A eleição municipal de Jaú em 2012 ocorreu no dia 7 de outubro de 2012 elegendo assim um prefeito, um vice-prefeito e 17 vereadores no município de Jaú[2], que apresenta hoje cerca de 141.703 habitantes no Estado de São Paulo[3], no Brasil. As 18:45 do dia 7 de outubro de 2012, Rafael Agostini, do PT, foi eleito com 59,31% dos votos válidos, disputando com Dr. Osvaldo (PV), Carlos Ramos (PPL), Zuca (PSDB) e Professor Lauro (PSOL). O vice prefeito de Rafael Agostini é Sigefredo Griso, que antes de se tornar político era engenheiro (PMDB).[4] O pleito em Jaú foi parte das eleições municipais nas unidades federativas do Brasil. O PT, elegeu no ano de 2012 cerca de 635 prefeitos em todo o país, ganhando assim 77 prefeituras comparado ao ano de 2008[5] Os 17 vereadores eleitos do Município de Jaú disputaram com 231 candidatos ao cargo. O vereador mais votado foi Fernando Frederico, que conseguiu 3.414 votos (4,83% dos votos válidos).[6]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Na eleição municipal de 2008, o candidato Rafael Agostini, do PT, perdeu as eleições para prefeito para o candidato do PV, Dr. Osvaldo, em turno único. A vantagem de votos do primeiro para o segundo colocado foi somente de 282 votos, dando indícios de uma vitória no ano de 2012.[7] O prefeitável do PV foi eleito no ano de 2008 com 37,20% dos votos computados. Antes de se candidatar a prefeito de Jaú, Osvaldo era cirurgião geral na Santa Casa.[8]

Eleitorado[editar | editar código-fonte]

Vista panorâmica de Jaú, em 2011.

Na eleição de 2012, o número de jauenses que concluíram seus votos foram 79.827,[9] o que correspondia a 67,14% da população da cidade.

Candidatos[editar | editar código-fonte]

Cinco candidatos concorreram à prefeitura de Jaú em 2012: Rafael Agostini do PT, Dr. Osvaldo do PV, Carlos Ramos do PPL, Zuca do PSDB e Professor Lauro do PSOL.[9] Sheila, do PMN, renunciou à candidatura.

Candidato(a) Vice Partido Coligação
Rafael AgostinI Sigefredo Griso PT "O futuro é agora"
(PRB/PP/PDT/PT/PMDB/PSL/PSC/PR/PHS/PSD/PCdoB)
Dr. Osvaldo Ana Maria Sachetto PV "Jaú sustentável"
(PTB/PTN/DEM/PRTB/PTC/PV/PTdoB)
Carlos Ramos Antenor Zago PPL "Jaú merece mais"
(PSB/PPL)
Zuca Dr. Jamil PSDB "Renovação com experiência"
(PPS/PSDB)
Professor Lauro Luana PSOL "PSOL"

Campanha[editar | editar código-fonte]

Na campanha de Rafael Agostini, o petista criticou principalmente a até então administração do prefeito Dr. Osvaldo nos postos de saúde do município de Jaú. A crítica se deve ao contrato de serviços médicos da cidade de Ribeirão Preto, por cerca de 2 milhões de reais. A principal campanha de Rafael Agostini para as eleições de 2012 foi voltada à saúde de Jaú. O atual prefeito contou com o apoio do ex-presidente da república Luiz Inácio Lula da Silva em seu vídeo de campanha. O prefeito assumiu a prefeitura com um déficit de 86 milhões de reais e com cerca de 3 mil funcionários públicos sem receber.[10]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Prefeito[editar | editar código-fonte]

No dia 7 de outubro, Rafael Agostini foi eleito com 59,31% dos votos válidos.[11]

Candidato(a) Vice 1º Turno
7 de outubro de 2012
Votação
Total Porcentagem
Rafael Agostini (PT) Sigefredo Griso (PMDB) 42.982 59,31%
Dr. Osvaldo (PV) Ana Maria Sachetto (PTB) 12.915 17,82%
Carlos Ramos (PPL) Antenor Zago (PPL) 8.734 12,05%
Zuca (PSDB) Dr. Jamil (PPS) 7.468 10,30%
Prof. Lauro (PSOL) Luana (PSOL) 372 0,51%
Total de votos válidos 72.471 90,79%
Votos em branco 3.170 3,97%
Votos nulos 4.186 5,24%
Total 79,827 100%
Abstenções 15.833 16,55%
Votos apurados 79,827 100%
Total de eleitores 95.660 100%
  Eleito(a)

Vereador[editar | editar código-fonte]

Dezessete (17) vereadores foram eleitos no ano de 2012 em Jaú, (10) pertenciam à coligação de Rafael Agostini.[12] Dos (17) eleitos a vereador, somente 1 é mulher. O vereador que mais recebeu votos foi Fernando Frederico (PMDB), que teve 3.414 votos.[13] Hoje no Brasil, o partido que mais tem vereadores é o PMDB, com 7943 vereadores, seguido de PSDB (5250) e PT (5181).[14]

Resultado da eleição para a Câmara Municipal de Jaú em 2012 por candidato[15]
Candidato Número Partido Votos Porcentagem
Fernando Frederico 15000 PMDB 3.414 4,83%
Fernando Barbieri 13123 PT 1.771 2,51%
João Carlos Toledo 13666 PT 1.694 2,40%
Tito Coló 45456 PSDB 1.674 2,37%
Paulo Gambarini 45611 PSDB 1658 2,35%
Lampião 43333 PV 1.640 2,32%
Dr. Segura 14444 PTB 1.610 2,28%
Gilberto Vicente 11234 PP 1.521 2,15%
Vanucci 13111 PT 1.431 2,02%
Lucas Flores 13000 PT 1.303 1,84%
Fábio do Sus 45123 PSDB 1.232 1,74%
Fernandão 13222 PT 1.121 1,59%
Cléo Furquim 15555 PMDB 1.108 1,57%
Ronaldo Formigão 25555 DEM 940 1,33%
Wagner Brasil Pupu 25222 DEM 924 1,31%
Marcio Cesarino 20123 PSC 872 1,23%
Professor Charles Sartori 15777 PMDB 836 1,18%
  Eleito(a)
Votos nominais 63.335 91,75%
Votos em legenda 5.961 8,25%
Votos válidos 70.669 88,53%
Votos nulos 4.695 5,88%
Votos em branco 4.463 5,59%
Total 79.853 100%

Análises[editar | editar código-fonte]

A vitória de Rafael Agostini, foi a primeira vitória do PT na cidade de Jaú. Quando Rafael ganhou, os integrantes do PT comemoraram muito na Rua Quintino Bocaiuva em Jaú. O discurso foi rápido e deu a entender que o atual prefeito tinha planos para conter a crise em seu mandato. Em seu discurso também, o atual prefeito lembrou de quando perder por 200 votos para o ex-prefeito Dr. Osvaldo. Rafael ainda respondeu à vaias em sua comemoração: "Não quero que façam a ninguém o que fizeram com a gente".[16]

Referências

  1. Jaunews (7 de outubro de 2012). «Rafael é confirmado candidato do PT com Grisso como vice». Consultado em 3 de junho de 2016 
  2. G1 (7 de outubro de 2012). «Eleições 2012 Apuração». Consultado em 5 de junho de 2016 
  3. Comércio do Jahu (29 de outubro de 2014). «Número de habitantes em Jaú chega a 141.703». Consultado em 5 de junho de 2016 
  4. Eleições 2012 (7 de outubro de 2012). «Informações sobre Sigefredo Griso». Consultado em 5 de junho de 2016 
  5. uol (7 de outubro de 2012). «Raio X das eleições». Consultado em 5 de junho de 2016 
  6. uol (7 de outubro de 2012). «, SP». Consultado em 05 de junho de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  7. SEADE (26 de outubro de 2008). «Informações eleitorais». Consultado em 05 de junho de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  8. Doctoralia (5 de junho de 2012). «Dr. Osvaldo contato». Consultado em 5 de junho de 2016 
  9. a b G1 (7 de outubro de 2012). «Apuração das eleições de 2012». Consultado em 05 de junho de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  10. G1 (8 de janeiro de 2013). «Prefeito de Jaú, Rafael Agostini, é entrevistado pelo Tem Notícias». Consultado em 05 de junho de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  11. G1 (7 de outubro de 2012). «Apuração eleições municipais de Jaú». Consultado em 05 de junho de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  12. JCNET (7 de outubro de 2012). «Confira 17 eleitos para a câmara de Jaú». Consultado em 05 de junho de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  13. G1 (7 de outubro de 2012). «Apuração eleições 2012 Jau». Consultado em 05 de junho de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  14. Uol (8 de outubro de 2012). «Raio X das eleições». Consultado em 05 de junho de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  15. site G1 (7 de junho de 2012). «Apuração das eleições». Consultado em 07 de junho de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  16. Jaumais (7 de outubro de 2012). «Rafael Agostini é eleito prefeito de Jaú». Consultado em 05 de junho de 2016  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]