Eleição municipal de Porto Velho em 2012

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
‹ 2008 Brasil 2016
Eleição municipal de Porto Velho em 2012 Bandeira de Porto Velho
28 de outubro de 2012
Segundo turno
Replace this image male.png Replace this image male.png
Candidato Dr. Mauro Nazif Lindomar Garçon
Partido PSB PV
Natural de Barra do Pirai, RJ Rondonópolis MT
Vice Dalton Di Franco Reinaldo Rosa
Votos 142 937 83 828
Porcentagem 63,03% 36,97%


Brasão Porto Velho
Prefeito de Porto Velho

A eleição municipal de Porto Velho em 2012 ocorreu em 7 de outubro e 28 de outubro (segundo turno para prefeito) de 2012 para eleger um prefeito, um vice-prefeito e 21 vereadores para a administração da cidade. O prefeito anterior, Roberto Sobrinho, do PT, terminou seu mandato em 31 de dezembro de 2012 e não concorreu à reeleição. O prefeito eleito foi Dr. Mauro Nazif do PSB, com 63,03% dos votos válidos, enquanto Lindomar Garçon do PV foi derrotado com 36,97% dos votos válidos.

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

Na eleição municipal de 2008, Roberto Sobrinho (PT) derrotou o candidato do PV, Lindomar Garçon em uma vitória esmagadora, ficando com 58% dos votos válidos (119.896 votos), enquanto seu concorrente ficou na segunda colocação com 18% (37.224 votos). David Chiquilito (PCdoB) fica em terceiro lugar com 8% dos votos válidos (17.106 votos) e o futuro prefeito eleito em 2012 Dr. Mauro Nazif fica com 8% (16.993 votos).

Tanto Nazif quanto Garçon disputariam novamente as eleições em 2012.

Eleitorado[editar | editar código-fonte]

Vista aérea de Porto Velho, em 2007

Na eleição de 2012, estiveram aptos a votar 278.410 portovelhenses[1], o que correspondia a 64,9% da população da cidade.

Candidatos[editar | editar código-fonte]

Foram nove candidatos à prefeitura em 2012: Aluizio Vidal do PSOL, Dr. Mauro Nazif do PSB, Dr. José Augusto do PMDB, Fatima Cleide do PT, Lindomar Garçon do PV, Mariana Carvalho do PSDB, Mário Português da Coimbra do PPS, Mario Sergio do PMN e Waltério Rocha do PSTU.[2]

O ex-prefeito Roberto Sobrinho não tentou reeleição, tendo Fatima Cleide assumindo pelo PT.

Candidato Partido Vice Coligação
bgcolor="#ED040E" 50 Aluizio Vidal PSOL Prof Marto (PSOL) Partido Socialismo e Liberdade (PSOL)
bgcolor="#FFBF00" 40 Dr. Mauro Nazif PSB Dalton di Franco (PDT) "Porto Velho, a Hora É Agora"

Partido Socialista Brasileiro (PSB)
Partido Democrático Trabalhista (PDT)

bgcolor="#2E8B57" 15 Dr. José Augusto PMDB Marco Antonio (PMDB) Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB)
bgcolor="#DA1208" 13 Fatima Cleide PT Miguel de Souza (PR) "Juntos para fazer Mais"

Partido dos Trabalhadores (PT)
Partido da República (PR)
Partido Pátria Livre (PPL)

bgcolor="#006600" 43 Lindomar Garçon PV Reinaldo Rosa (PHS) "Por Amor a Porto Velho"
Partido Verde (PV)
Partido Humanista da Solidariedade (PHS)
Partido Social Liberal (PSL)
Partido Trabalhista Cristão (PTC)
Partido Republicano Progressista (PRP)
bgcolor="#084B8A" 45 Mariana Carvalho PSDB Guilherme Erse (PSD) "Para uma Porto Velho Mais Humana"

Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB)
Partido Social Democrático (PSD)

bgcolor="#B43104" 23 Mário Português da Coimbra PPS Ailton (DEM) "A Mudança é Agora"

Partido Progressista (PP)
Partido Trabalhista Nacional (PTN)
Partido Social Cristão (PSC)
Partido Popular Socialista (PPS)
Democratas (DEM)
Partido Social Democrata Cristão (PSDC)

bgcolor="#DA010A" 33 Mario Sergio PMN Israel Borges (PTB) "Porto Velho É a Gente que Faz!"

Partido Republicano Brasileiro (PRB)
Partido Trabalhista Brasileiro (PTB)
Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB)
Partido da Mobilização Nacional (PMN)
Partido Comunista do Brasil (PCdoB)
Partido Trabalhista do Brasil (PTdoB)

bgcolor="#FF0000" 16 Waltério Rocha PSTU Irmão Wagner (PSTU) Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU)

Campanha[editar | editar código-fonte]

A campanha do Dr. Mauro Nazif foi baseada em uma série de propostas. Entre elas, Nazif prometeu a implantação de um sistema integral de ensino, a criação do viveiro municipal e uma valorização dos servidores públicos do município. Sobre a saúde, Nazif visa uma reestruturação do Pronto Socorro João Paulo II, através da contratação de novos profissionais da área e de uma parceria com a Polícia Comunitária.

Além das promessas, Nazif afirmou também que já esperava que sua disputa o levasse ao segundo turno.[3]

Pesquisas[editar | editar código-fonte]

Candidatos (1º turno)[editar | editar código-fonte]

1º turno - pesquisa estimulada[editar | editar código-fonte]

Em pesquisa do Ibope, divulgada em 21 de Agosto de 2012, Lindomar Garçon apareceu na liderança com 27% das intenções de voto, enquanto Nazif ficou atrás com 22%.[4]

O Ibope liberou resultados de uma nova pesquisa, em 26 de Setembro de 2012, que traziam novamente Garçon na liderança, dessa vez com 29%, enquanto Nazif caía para 16%, ficando atrás também de Mário Português da Coimbra, com 17% dos eleitores.[5]

A pesquisa final do Ibope foi divulgada em 5 de Outubro de 2012, com Garçon novamente na liderança, agora com 33%. Já Nazif recuperava a segunda colocação ao ficar com 17% dos votos válidos, empatando com Coimbra, também com 17%.[6]

Data Instituto Aluizio Vidal
(PSOL)
Dr. Mauro Nazif
(PSB)
Dr. José Augusto
(PMDB)
Fatima Cleide
(PT)
Lindomar Garçon
(PV)
Mariana Carvalho
(PSDB)
Mário Português da Coimbra
(PPS)
Mário Sérgio
(PMN)
Waltério Rocha
(PSTU)
Brancos/nulos Não sabem
21/08/2012 [a] Ibope 1% 22% 2% 12% 27% 11% 7% 2% 0% 6% 11%
26/09/2012 [b] Ibope 2% 16% 3% 12% 29% 15% 17% 1% 0% 3% 2%
05/10/2012 [c] Ibope 2% 17% 3% 12% 33% 17% 15% 1% 0% 2% 2%

Candidatos (2º turno)[editar | editar código-fonte]

2º turno - pesquisa estimulada[editar | editar código-fonte]

No 2º turno, o Ibope trouxe o Dr. Mauro Nazif na liderança nas duas datas de pesquisa, em 23 de Outubro de 2012 e 26 de Outubro de 2012, a alguns votos de distância do segundo candidato, Lindomar Garçon.[7]

Data Instituto Dr. Mauro Nazif
(PSB)
Lindomar Garçon
(PV)
Brancos/nulos Não sabem
23/10/2012 Ibope 48% 46% 4% 2%
26/10/2012 Ibope 55% 39% 4% 2%

Debates na TV[editar | editar código-fonte]

1º Turno[editar | editar código-fonte]

Os candidatos Lindomar Garçon (PV), Mário Português da Coimbra (PPS), Dr. Mauro Nazif (PSB), Mariana Carvalho (PSDB) e Fátima Cleide (PT) participaram do debate realizado na TV Rondônia no dia 4 de outubro de 2012.

O debate de ideias e projetos durou cerca de 1h35 e foi divido em quatro blocos - dois com tema de livre escolha dos políticos e dois com temas determinados em sorteio. A discussão foi mediada jornalista e apresentadora Maríndia Moura[8]

2º Turno[editar | editar código-fonte]

Os candidatos Lindomar Garçon (PV) e Dr. Mauro Nazif (PSB) participaram do debate realizado pela TV Rondônia no dia 27 de outubro de 2012.

O debate teve duração de 50 minutos, e foi dividido em três blocos. Sob a mediação da jornalista Marindia Moura, os candidatos fizeram perguntas entre si sobre os temas de sua escolha.[9]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Prefeito - 1º Turno[editar | editar código-fonte]

Resultado do 1º turno da eleição para prefeito, em ordem alfabética dos candidatos.[10]>

1º Turno
7 de outubro de 2012
Candidato(a) Vice Votação
Porcentagem Total
Aluizio Vidal (PSOL) Prof Marto (PSOL) 5,29% 12.330
Dr. Mauro Nazif (PSB) Dalton Di Franco (PDT) 18,99% 44.259
Dr José Augusto (PMDB) Marco Antonio (PMDB) 2,65% 6.169
Fatima Cleide (PT) Miguel de Souza (PR) 12,69% 29.564
Lindomar Garçon (PV) Reinaldo Rosa (PHS) 24,76% 57.698
Mariana Carvalho (PSDB) Guilherme Erse (PSD) 17,88% 41.673
Mário Português da Coimbra (PPS) Ailton (DEM) 16,16% 37.652
Mario Sergio (PMN) Israel Borges (PTB) 1,42% 3.307
Waltério Rocha (PSTU) Irmão Wagner (PSTU) 0,15% 354
Total de votos válidos 93,68% 233.006
Votos em branco 2,53% 6.304
Votos nulos 3,77% 9.397
Votos apurados 81,52% 7.026.448
Abstenções 6,32% 29.703
Total de eleitores 100,00% 29.703
  Segundo Turno

Prefeito - 2º Turno[editar | editar código-fonte]

Resultado do 2º turno da eleição para prefeito, em ordem alfabética dos candidatos (apenas votos válidos).[11]>

2º Turno
28 de outubro de 2012
Candidato(a) Vice Votação
Porcentagem Total
Dr. Mauro Nazif (PSB) Dalton Di Franco (PDT) 63,03% 142.937
Lindomar Garçon (PV) Reinaldo Rosa (PHS) 36,97% 83.828
Total de votos válidos 94,56% 226.765
Votos em branco 1,98% 4.765
Votos nulos 3,44% 8.273
Votos apurados 94,56% 239.803
Abstenções 5,44% 38.607
Total de eleitores 100,00% 278.410
  Eleito(a)

Vereadores[editar | editar código-fonte]

Candidato(a) Partido Votação
Porcentagem Total
Marcelo Reis PV 1,97% 4.537
Edvilson Negreiros PR 1,35% 3.097
Eduardo Rodrigues PV 1,33% 3.051
Dimdim PSL 1,25% 2.881
Ellis Regina do Sindeprof PCdoB 1,23% 2.824
Claudio da Padaria PCdoB 1,21% 2.785
Aelcio TV PP 1,16% 2.662
Pastor Delso Moreira PRB 1,16% 2.659
Alan Queiroz PSDB 1,13% 2.594
Fatinha PT 1,13% 2.593
Ana Negreiros PMDB 1,01% 2.323
Cabo Anjos PDT 1,00% 2.300
Leo Moraes PTB 1,00% 2.299
Bengala PT 0,93% 2.138
Sid Orleans PT 0,92% 2.125
Jose Wildes PT 0,91% 2.102
Dr. Macário PSB 0,87% 1.996
Márcio Miranda PMN 0,86% 1.985
Edemilson Lemos PSDB 0,86% 1.968
Fogaça do Site Observador Partido Trabalhista Brasileiro 0,82% 1.897
Jair Montes PTC 0,82% 1.890
[Marcio do Sitetuperon]] PSB 0,81% 1.874
Rosangela Donadon PMDB 0,81% 1.856
Chiquinho do Sintax PT 0,72% 1.806
Bené PT 0,78% 1.799
Da Silva do Sinttrar PT 0,76% 1.740
Elias Silva PR 0,75% 1.735
João Bosco PTB 0,73% 1.688
Paulo Tico PT 0,72% 1.662
Rafael Carlos PCdoB 0,72% 1.660
Edinei Lima PSL 0,71% 1.631
Felipe PTB 0,70% 1.611
Samir Damião do Piedade PSL 0,70% 1.610
Valter Canuto PSB 0,70% 1.602
Chico Lata PP 0,68% 1.563
  Eleito(a)
Votos válidos 230.136 92,53%
Votos nulos 8.104 3,26%
Votos em branco 10.467 4,21%
Total 248.707 100%

Análise[editar | editar código-fonte]

A vitória de Mauro Nazif é notável, considerando sua derrota nas eleições de 2008 e a virada impressionante do 1º turno, que colocava Garçon como favorito, que acabou elegendo-o ao cargo após atuar como vereador, deputado estadual e deputado federal.[12]

Tomou posse em 2013, mas sofreu a emissão de quatro pedidos de impeachment via abaixos-assinados até o ano de 2016, sob a acusão de "improbidade administrativa ao conceder ao consórcio de empresas SIM o direito de explorar o transporte público de Porto Velho, ferindo o artigo 7º da lei Orgânica do Município que proíbe a prestação de serviços de transporte urbano de passageiros no município de Porto Velho por meio de consórcio e monopólio entre as empresas prestadoras de serviço."[13]

Referências

  1. «Mauro Nazif é eleito prefeito de Porto Velho». Eleições 2012 em Rondônia. 28 de outubro de 2012. Consultado em 14 de junho de 2016 
  2. «Candidatos a Prefeito Porto Velho - RO». Eleições 2012. Consultado em 14 de junho de 2016 
  3. «Mauro Nazif é eleito prefeito de Porto Velho». Eleições 2012 em Rondônia. 28 de outubro de 2012. Consultado em 14 de junho de 2016 
  4. «Ibope divulga primeiros números da corrida eleitoral em Porto Velho». Eleições 2012 em Rondônia. 21 de agosto de 2012. Consultado em 14 de junho de 2016 
  5. «Garçon tem 29%, Mario Português 17% e Mauro Nazif 16%, diz Ibope». Eleições 2012 em Rondônia. 26 de setembro de 2012. Consultado em 14 de junho de 2016 
  6. «Garçon tem 33% dos votos válidos em Porto Velho, diz Ibope». Eleições 2012 em Rondônia. 5 de outubro de 2012. Consultado em 14 de junho de 2016 
  7. «Pesquisa realizada antes do último debate mostra ampliação da vantagem de Mauro Nazif, que deve ser eleito em Porto Velho». IBOPEELEICOES. Consultado em 14 de junho de 2016 
  8. G1 (3 de outubro de 2012). «Candidatos de Porto Velho participam de debate da TV RO nesta quinta-feira». Consultado em 8 de junho de 2016 
  9. G1 (27 de outubro de 2012). «Candidatos a prefeito de Porto Velho chegam para debate do 2º turno». Consultado em 8 de junho de 2016 
  10. Terra (7 de outubro de 2012). «Resultado 1º turno». Consultado em 8 de junho de 2016 
  11. Terra (28 de outubro de 2012). «Resultado 2º turno». Consultado em 8 de junho de 2016 
  12. «RO: Mauro Nazif é eleito prefeito de Porto Velho». Terra. Consultado em 14 de junho de 2016 
  13. «Rondonotícias- Câmara analisa hoje mais um pedido de impeachment de Mauro Nazif». www.rondonoticias.com.br. Consultado em 14 de junho de 2016