Eleição municipal de São Paulo em 1992

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
1988 Brasil 1996
Eleição municipal de São Paulo em 1992
3 de outubro de 1992 (Primeiro turno)
15 de novembro de 1992 (Segundo turno)
Paulo Maluf.jpg Eduardo suplicy senado 2010.jpg
Candidato Paulo Maluf Eduardo Suplicy
Partido PDS PT
Natural de São Paulo São Paulo São Paulo São Paulo
Vice Sólon Borges dos Reis (PTB) Gumercindo Milhomem (PT)
Votos 2.805.201 2.024.957
Porcentagem 58,08% 41,92%


Brasão da cidade de São Paulo.svg
Prefeito de São Paulo

Titular
Luiza Erundina
PT

Eleito
Paulo Maluf
PDS

As eleições municipais de São Paulo no ano de 1992 foram realizadas no dia 3 de outubro de 1992 para a eleição do prefeito e seu vice, além de 55 vereadores para a administração da cidade. O vencedor foi Paulo Maluf, do PDS, que voltaria ao cargo 22 anos depois, derrotando o senador Eduardo Suplicy, em um novo escrutínio no dia 15 de novembro de 1992 (Maluf não alcançara a maioria absoluta dos votos no primeiro turno). O prefeito e o vice-prefeito eleitos assumirão os cargos no dia 1 de janeiro de 1993 e seus mandatos terminarão em dia 31 de dezembro de 1996.

Os principais concorrentes de Maluf na disputa eleitoral foram Eduardo Suplicy (PT) e Aloysio Nunes (PMDB).[1]

Foram as últimas eleições municipais disputadas por PDS, PST (refundado em 1996), PCDN, PDC (fundiu-se com o PDS em 1993), PTR, PCN e PCB, além de ser a primeira participação do PPS e das únicas eleições disputadas pelos partidos Parlamentarista Nacional (PPN), Trabalhista Comunitário (PTC) e Municipalista Republicano (PMR).

Candidatos[editar | editar código-fonte]

Candidato(a) a prefeito Candidato(a) a vice-prefeito Coligação
11
Paulo Maluf.jpg
Paulo Maluf (PDS)
Paulo Salim Maluf
Silver - replace this image male.svg
Sólon Borges dos Reis (PTB)
Sólon Borges dos Reis
"Boa Sorte São Paulo"
13
Eduardo suplicy senado 2010.jpg
Eduardo Suplicy (PT)
Eduardo Matarazzo Suplicy
Silver - replace this image male.svg
Gumercindo Milhomem (PT)
Gumercindo de Sousa Milhomem Neto
"Partidos do Povo"
15
Aloysio Nunes Ferreira FIlho1.jpg
Aloysio Nunes (PMDB)
Aloysio Nunes Ferreira Filho
Silver - replace this image male.svg
Airton Soares (PDT)
Airton Estevens Soares
"São Paulo Melhor"
17
José Maria Eymael (4764807212).jpg
José Maria Eymael (PDC)
José Maria Eymael
Silver - replace this image male.svg
Celso Kassab (PDC)
Celso Kassab
"Não disponível"
25
Arnaldo Faria de Sá ABr.jpg
Arnaldo Faria de Sá (PFL)
Arnaldo Faria de Sá
Silver - replace this image male.svg
Não disponível
?
"Não disponível"
36
Silver - replace this image male.svg
Valmor Bolan (PRN)
Valmor Bolan
Silver - replace this image male.svg
Sérgio Bueno (PSC)
Sérgio Bueno
"Viva São Paulo"
45
Silver - replace this image male.svg
Fábio Feldmann (PSDB)
Fábio José Feldmann
Silver - replace this image male.svg
Walter Feldman (PSDB)
Walter Feldman
"Tudo por São Paulo"
52
Silver - replace this image male.svg
Marcílio Duarte (PST)
Marcílio Duarte Lima
Silver - replace this image male.svg
José Fernando Rocha (PTC)
José Fernando Rocha
"Coligação Trabalhista Social"
78
Silver - replace this image male.svg
Antônio Belini (PCDN)
Antônio Carlos Belini Amorim
Silver - replace this image male.svg
Celso Skrabe (PCDN)
Celso Skrabe
"Não disponível"
83
Silver - replace this image male.svg
José Vieira (PMR)
José Vieira
Silver - replace this image male.svg
José Santiago (PMR)
José Santiago
"Não disponível"

Resultados[editar | editar código-fonte]

Prefeito - primeiro turno[editar | editar código-fonte]

[discussão] – [editar]
Candidatos Votos
(1º turno)
%
Paulo Maluf (PDS)
2.036.776 48,85
Eduardo Suplicy (PT)
1.279.231 30,69
Aloysio Nunes Ferreira (PMDB) 537.930 12,91
Fabio Feldmann (PSDB) 243.097 5,83
José Maria Eymael (PDC) 27.627 0,67
Valmor Bolan (PRN) 16.245 0,38
Marcílio Duarte (PST) 12.680 0,30
Antônio Carlos Belini (PCDN) 8.859 0,21
José Vieira (PMR) 7.035 0,16
Arnaldo Faria de Sá (PFL) 0[nota 3] 0
Total 5.655.338 100
Fonte: Acervo Estadão

Em verde estão os candidatos que vão para o segundo turno.


1.º turno
Prefeito
Partido Candidato Votos Votos (%)
  PDS Paulo Maluf 2 036 776
 
48,85%
  PT Suplicy 1 279 231
 
30,68%
  PMDB Aloysio Nunes 537 930
 
12,9%
  PSDB Fábio Feldman 243 097
 
5,83%
  PDC Eymael 27 627
 
0,66%
  PRN Valmor Bolan 16 245
 
0,39%
  PST Marcílio Duarte 12 680
 
0,3%
  PCDN Antonio Carlos Belini 8 859
 
0,21%
  PMR José Vieira 7 035
 
0,17%
  PFL Arnaldo Faria de Sá 0
 
0%
Totais 4 169 480  

Prefeito - segundo turno[editar | editar código-fonte]

[discussão] – [editar]
Candidatos Votos
(1º turno)
%
Paulo Maluf (PDS)
2.805.201 58,08
Eduardo Suplicy (PT) 2.024.957 41,92


2.º turno
Prefeito
Partido Candidato Votos Votos (%)
  PDS Maluf 2 805 201
 
58,08%
  PT Suplicy 2 024 957
 
41,92%
Totais 4 830 158  

Candidato Eleito[editar | editar código-fonte]

Paulo Maluf venceu o segundo turno com 58,08% dos votos e conseguiu eleger-se Prefeito de São Paulo em 1992. Nascido em São Paulo no dia 3 de setembro de 1931, além de político, é engenheiro e empresário. Antes de se tornar prefeito, já havia sido governador de São Paulo de 1979 até 1982, depois prefeito no ano de 1969 até 1971. No ano de 1985 candidatou-se para presidente do país, mas perdeu a eleição para Tancredo Neves.

Durante seu mandato inaugurou obras públicas nas Marginais Tietê e Pinheiros, o Elevado Presidente João Goulart e o Túnel Ayrton Senna.

Sua carreira foi marcada também por acusações de corrupção, até que em 2017 foi condenado pelo STF por lavagem de dinheiro, fazendo com que o deputado ficasse impossibilitado de continuar disputando eleições.

Links[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Atual Partido Trabalhista Cristão.
  2. Partido que disputou apenas a eleição de 1992 e encerrou suas atividades no mesmo ano.
  3. A candidatura de Arnaldo Faria de Sá foi indeferida pelo TRE de São Paulo.

Referências

  1. «Cópia arquivada». Consultado em 17 de março de 2015. Arquivado do original em 15 de outubro de 2012