Eleições do Sport Lisboa e Benfica de 2020

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Eleições do Benfica de 2020
  2016 ← 500px-SL Benfica logo svg.png → 2024
28 de outubro de 2020
Luis Filipe Vieira.jpg JNL2020 3.jpg Nopic.jpg
Candidato Luís Filipe Vieira João Noronha Lopes Rui Gomes da Silva
Partido Lista A Lista B Lista D
Votos 471.660 (22.787 sócios) 261.574 (14.337 sócios) 12.341 (603 sócios)
Porcentagem 62,59% 34,71% 1,64%

A Assembleia Eleitoral de 2020 do Sport Lisboa e Benfica ocorreu em 25 locais de voto espalhados por Portugal Continental e eletronicamente para residentes nas ilhas e estrangeiro.[1] Estas eleições serviram para determinar quem seriam os Órgãos Sociais do clube para o mandato de 2020-2024.[1][2]

Nestas eleições foi batido o recorde de votantes em eleições do Benfica. Votaram neste dia 38.102 sócios, ultrapassando largamente o recorde de votantes que datava de 2012 (22.676).[2][3]

Segundo os resultados anunciados pela Mesa da Assembleia Geral do clube, Luís Filipe Vieira foi reeleito como Presidente do Sport Lisboa e Benfica, tendo a sua lista vencido com 62,59% dos votos.[4][5]

Enquadramento[editar | editar código-fonte]

Estando o mundo a passar pela pandemia de COVID-19, mesmo antes de ser iniciada a campanha e apresentadas as candidaturas, estas eleições foram também marcadas pela mesma, havendo a necessidade de descentralizar a votação em 25 locais de voto de forma a evitar ajuntamentos. Houve diversas ações de campanha canceladas, passando os meios digitais a ser muito utilizados.[6][7] Devido à pandemia houve mesmo sócios impedidos de votar.[8]

Desde fevereiro de 2020, o clube viu-se afundado numa série de maus resultados que levaram à perda do campeonato português e da Taça de Portugal para o Futebol Clube do Porto.[9][10] Devido a isto, a contestação à equipa e à Direção começou a crescer, levando a diversas manifestações dos adeptos.[11][12][13]

Um dos principais sinais de descontentamento com a Direção mostrou-se a 26 de junho de 2020, quando os sócios chumbaram o Orçamento proposto por esta em Assembleia Geral.[14][15]

O descontentamento mostrado ao longo dos meses pelos adeptos levou Luís Filipe Vieira a contratar Jorge Jesus[16][17] e a investir quase 100 milhões de euros em contratações de jogadores.[18][19]

Listas concorrentes[editar | editar código-fonte]

Candidaturas formalizadas[editar | editar código-fonte]

Lista Logo Lema Candidato a Presidente da Direção Candidato a Presidente da Mesa da Assembleia Geral Candidato a Presidente do Conselho Fiscal Formalização Ref.
A Lista A Uma História Com Futuro.svg Uma História Com Futuro Luís Filipe Vieira Rui Pereira Fernando Santos 14 de outubro de 2020 [20][21]
B Lista B A Glória É Agora-Um Benfica Que Voa + Alto.svg A Glória É Agora / Um Benfica Que Voa + Alto João Noronha Lopes Francisco Benitez José Theotónio 16 de outubro de 2020 [20][22]
C Lista C Todos Plo Benfica.svg Todos P'lo Benfica[nota 1] Luís Miguel David[nota 2] José Barão das Neves Pedro Martins 20 de outubro de 2020 [26][27]
D Lista D O Benfica É Nosso.svg O Benfica é Nosso! Rui Gomes da Silva António Lourenço João Antunes 20 de outubro de 2020 [20][28]

Candidaturas não formalizadas[editar | editar código-fonte]

Lema Logo Candidato a Presidente da Direção Candidato a Presidente da Mesa da Assembleia Geral Candidato a Presidente do Conselho Fiscal Data de desistência Notas Ref.
Servir o Benfica Movimento Servir o Benfica.svg Francisco Benitez João Pinheiro Nuno Leite 13 de outubro de 2020 Candidatura retirada de forma a apoiar Noronha Lopes [29][30][31]

Sondagens[editar | editar código-fonte]

A tabela abaixo lista a evolução das intenções de voto nas diferentes listas.

Instituto Data de Realização Amostra Margem
de erro
JNL2020 3.jpg Nopic.jpg Nopic.jpg Nopic.jpg Outros / Não sabe Ref.
Luís Filipe Vieira
Lista A
João Noronha Lopes
Lista B
Bruno Costa Carvalho / Luís Miguel David
Lista C
Rui Gomes da Silva
Lista D
Francisco Benitez
Intercampus 6 - 11 ago 2020 601 ± 4,00% 38,9% 10,6% 4,5% 7,3% 2,7% 35,9% [32]
Aximage 12 - 15 set 2020 603 4,00% 81,2% 2,7%   3,3%   12,8% [33]
Intercampus 6 - 11 out 2020 601 ± 4,00% 53,4% 4,8% 2,3% 2,0% 0,8% 36,8% [34]

Debates[editar | editar código-fonte]

Não existiram quaisquer debates entre os candidatos neste ato eleitoral.[4] Isto deveu-se ao facto do Presidente em funções, o candidato da Lista A, Luís Filipe Vieira, se recusar a debater com os seus oponentes, apesar de desafiado por estes para o efeito.[35][36] A televisão do clube, a BTV, também não promoveu qualquer debate entre os candidatos.[37]

Dia da votação[editar | editar código-fonte]

Originalmente marcada para dia 30 de outubro de 2020, a data da eleição foi antecipada para 28 de outubro devido às restrições de livre circulação de cidadãos entre concelhos, anunciadas pelo Conselho de Ministros.[38][39][40]

Devido à grande afluência e às regras estipuladas pela Direção-Geral da Saúde (resultantes da pandemia de COVID-19), chegaram a haver filas superiores a 4 horas.[7][41] Tendo as urnas encerrado às 22h00, devido às filas existentes a votação só terminou perto das 02h00.[41][42]

Polémicas[editar | editar código-fonte]

Estas eleições foram marcadas por diversas polémicas. Uma das principais foi o recurso ao voto eletrónico por um sistema não auditado por entidades externas. Houve mesmo relatos de que o sistema permitiu a não sócios aceder aos boletins.[2][43][44][45][46]

A Comissão de Honra de Luís Filipe Vieira viu-se envolvida em polémica devido à presença de diversos políticos em funções, tais como o Primeiro-Ministro de Portugal, António Costa, e o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina.[47][48][49] Após a polémica, Luís FIlipe Vieira retirou todos os nomes de políticos no ativo da Comissão.[50] Houve ainda personalidades incluídas na Comissão que negaram ter dado o seu consentimento para tal.[51]

Também polémica foi a não disponibilização de cadernos eleitorais às listas concorrentes. Esta não disponibilização foi justificada pela Mesa da Assembleia Geral pelo facto de existir a possibilidade de qualquer sócio regularizar as quotas no dia da eleição.[52][53]

O facto de os boletins físicos não terem sido contados também causou polémica entre os votantes. Uma vez que o sistema de voto eletrónico gerou desconfiança entre alguns votantes, estes consideravam a contagem dos boletins em papel essencial.[46][3] Todavia, a poucas horas do fecho das urnas, o Presidente da Assembleia Geral em funções, Virgílio Duque Vieira, recusou a contagem destes boletins, criando ainda mais suspeita entre os associados do clube.[54]

A esta negação da contagem de votos, acresceu a forma como as urnas foram levadas dos locais de voto, havendo relatos de urnas seladas com fita adesiva e transportadas em carros descaracterizados, para local desconhecido.[55][56][57][58]

Após o dia da votação, houve vários pedidos de contagem dos votos físicos.[59][60] Porém, todos foram negados.[61]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Lista Resultado[62][63][64]

28 de outubro de 2020[5]

Sócios Votos
Lista A (Luís Filipe Vieira) 22.787 (59,8%) 471.660 (62,59%)
Lista B (João Noronha Lopes) 14.337 (37,6%) 261.574 (34,71%)
Lista D (Rui Gomes da Silva) 603 (1,5%) 12.341 (1,64%)
→ Votos em branco 375 (1,1%) 8.003 (1,06%)
→ Votos nulos 3
Total de votos 38.102 753.578
Abstenções Não revelado[52]
Total de inscritos Não revelado[52]

Votação por local de voto[editar | editar código-fonte]

Votação Presencial
Norte[65]
Local Nº de Sócios
Braga 960
Bragança 157
Paredes 745
Porto 926
Viana do Castelo 418
Vila Nova de Famalicão 716
Vila Nova de Gaia 798
Vila Real 397
Total 5.117
Centro[65]
Local Nº de Sócios
Castelo Branco 560
Coimbra 1.018
Guarda 303
Leiria 1.107
Oliveira de Azeméis 787
Viseu 707
Total 4.482
Lisboa e Vale do Tejo[65]
Local Nº de Sócios
Estádio da Luz (Pavilhão nº 2) 13.922
Algueirão - Mem Martins 1.791
Montijo 1.558
Santarém 1.187
Seixal 1.469
Total 19.927
Alentejo[65]
Local Nº de Sócios
Beja 373
Évora 730
Grândola 470
Portalegre 313
Total 1.886
Algarve[65]
Local Nº de Sócios
Albufeira 644
Faro 756
Total 1.400
Votação Online
Ilhas[65]
Local Nº de Sócios
Açores 694
Madeira 417
Total 1.111
Resto do Mundo[65]
Local Nº de Sócios
África 171
América do Norte 281
América do Sul 43
Ásia 89
Europa 3.708
Oceânia 30
Total 4.322
TOTAL 38.245

Votação por faixa etária[editar | editar código-fonte]

Faixa Etária[65] Nº de Sócios
18 - 24 anos 4.019
25 - 34 anos 7.011
35 - 44 anos 8.659
45 - 54 anos 6.193
55 - 64 anos 5.401
65 ou mais anos 6.690
Total 37.973

Votação por categoria de sócio[editar | editar código-fonte]

Categoria[65] Nº de Sócios
Casas / Filiais / Delegações 130
Correspondente 18.504
De Mérito 7
Efetivo 18.172
Maior 1.072
Vitalício 217
Total 38.102

Votação por género[editar | editar código-fonte]

Género[65] Nº de Sócios
Masculino 33.585
Feminino 4.517
Total 38.102

Repercussões[editar | editar código-fonte]

Tendo em conta os acontecimentos do dia da eleição, em dezembro de 2020, o Movimento Servir o Benfica lançou um requerimento com vista à recolha de assinaturas necessárias para a realização de uma Assembleia Geral Extraordinária com objetivo de auditar o ato eleitoral e aprovar um regulamento eleitoral de forma a evitar polémicas semelhantes às do ato eleitoral de 2020.[66]

A 6 de abril de 2021, após a recolha de assinaturas correspondentes a mais de 10.000 votos de associados, o requerimento foi entregue ao clube, pedindo que a Assembleia Geral Extraordinária seja marcada a um fim de semana, após o término da época desportiva.[67][68]

A 10 de junho de 2021, um sócio do Sport Lisboa e Benfica, Jorge Mattamouros, interpôs, uma ação cível contra Luís Filipe Vieira por violação dos estatutos do clube. Alegou ainda, que o ato eleitoral de 2020 decorreu repleto de irregularidades, existindo fraude no voto eletrónico, defendendo assim que estas eleições devem ser anuladas.[69][70][71]

A 11 de junho de 2021, o Movimento Servir o Benfica comunica que a Assembleia Geral Extraordinária será marcada para o dia 3 de julho, nas condições anteriormente requeridas. [72]

Notas

  1. Candidatura retirada a 27 de outubro de 2020.[23]
  2. Em substituição de Bruno Costa Carvalho.[24][25]

Referências

  1. a b Sport Lisboa e Benfica. «Eleições 2020: Informação aos Sócios do SL Benfica». Consultado em 3 de janeiro de 2021 
  2. a b c Público (28 de outubro de 2020). «Eleições no Benfica: a maior votação de sempre entre críticas ao voto electrónico». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  3. a b António Tadeia (28 de outubro de 2020). «Eleições recorde e com polémica». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  4. a b Correio da Manhã (29 de outubro de 2020). «Vieira reeleito presidente do Benfica com 62,59% dos votos». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  5. a b Sport Lisboa e Benfica. «Assembleia Eleitoral 2020». Consultado em 2 de janeiro de 2021. Cópia arquivada em 1 de novembro de 2020 
  6. Observador (26 de outubro de 2020). «Isaías, Zoom, a Roulote e um verdadeiro negócio da China. Um dia com João Noronha Lopes, candidato à presidência do Benfica». Bruno Roseiro, João Porfírio. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  7. a b SAPO (25 de outubro de 2020). «Covid-19: Mesa da Assembleia-Geral do Benfica garante cumprimento das regras nas eleições». MadreMedia / Lusa. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  8. Para Eles (26 de outubro de 2020). «Ricardo Araújo Pereira falha eleições do Benfica por causa da pandemia». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  9. Jornal de Notícias (9 de junho de 2020). «Benfica 'afundado' na pior série de resultados desde 2007/08». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  10. Zerozero (1 de agosto de 2020). «Dragões sobem a Monumentais!». Luís Rocha Rodrigues. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  11. Record (21 de julho de 2020). «Tarjas na A1 mostraram descontentamento dos adeptos do Benfica». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  12. Correio da Manhã (27 de outubro de 2020). «Benfica e Luís Filipe Vieira, o fim anunciado ou um projeto com futuro». Iúri Martins. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  13. Diário de Notícias (30 de junho de 2020). «Crise no futebol faz cair Lage e deixa Vieira a pensar no futuro». Carlos Nogueira. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  14. Observador (26 de junho de 2020). «Sócios chumbam Orçamento do Benfica em Assembleia Geral com 48,28% de votos contra». Bruno Roseiro. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  15. Expresso (26 de junho de 2020). «Orçamento do Benfica chumbado em Assembleia Geral». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  16. Público (17 de julho de 2020). «Oficial: Benfica contrata Jorge Jesus». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  17. Diário de Notícias (17 de julho de 2020). «Benfica oficializa contratação de Jorge Jesus na CMVM». Isaura Almeida. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  18. Diário de Notícias (7 de outubro de 2020). «Benfica gasta quase 100 milhões no mercado. Mais do dobro que FC Porto e Sporting juntos». Carlos Nogueira. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  19. Record (12 de julho de 2020). «Revolução em marcha no Benfica: Vieira investe 100 milhões de euros». Luís Avelãs, Nuno Martins. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  20. a b c «Listas Candidatas». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  21. SAPO (14 de outubro de 2020). «Luís Filipe Vieira formaliza candidatura a um sexto mandato na presidência do Benfica». Sportinforma / Lusa. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  22. Expresso (16 de outubro de 2020). «Noronha Lopes formaliza candidatura à presidência do Benfica». Tiago Petinga. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  23. Jornal de Negócios (27 de outubro de 2020). «Lista de Bruno Costa Carvalho retira-se da corrida às eleições do Benfica». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  24. Record (22 de outubro de 2020). «Luís Miguel David avança como candidato a presidente da Direção na lista de Bruno Costa Carvalho». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  25. SAPO (22 de outubro de 2020). «Luís Miguel David substitui Bruno Costa Carvalho na lista para as eleições do Benfica». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  26. Sport Lisboa e Benfica (23 de outubro de 2020). «CANDIDATURA ÀS ELEIÇÕES PARA OS ÓRGÃOS SOCIAIS DO SPORT LISBOA E BENFICA PARA O QUADRIÉNIO 2020/2024». Consultado em 1 de janeiro de 2021. Cópia arquivada em 24 de outubro de 2020 
  27. MaisFutebol (20 de outubro de 2020). «Eleições Benfica: Bruno Costa Carvalho também formalizou candidatura». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  28. TSF (20 de outubro de 2020). «Candidatura de Rui Gomes da Silva às eleições do Benfica formalizada na Luz». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  29. Movimento Servir o Benfica. «Candidatos». Consultado em 2 de janeiro de 2021. Cópia arquivada em 7 de setembro de 2020 
  30. RTP (4 de agosto de 2020). «Eleições. Francisco Benitez apresenta candidatura pelo movimento "Servir o Benfica"». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  31. A Bola (13 de outubro de 2020). «Servir O Benfica' Junta-se à Candidatura de João Noronha Lopes». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  32. Jornal de Negócios (16 de agosto de 2020). «Vieira é o candidato preferido para a presidência do Benfica, revela sondagem». Pedro Curvelo. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  33. TSF (19 de setembro de 2020). «Luís Filipe Vieira deve ganhar de forma clara as eleições do Benfica, revela sondagem». António Botelho. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  34. Correio da Manhã. «Sondagem realizada pela Intercampus». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  35. A Bola (8 de outubro de 2020). «Vieira Explica Recusa a Debates e Revela Vantagem Sobre os Outros Candidatos». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  36. A Bola (15 de outubro de 2020). ««Imagine-Se Que Nas Próximas Eleições Presidenciais Marcelo Rebelo De Sousa Dizia Que Não Vai A Debates»». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  37. Record (24 de junho de 2020). «Eleições à presidência do Benfica sem debates na BTV». Flávio Miguel Silva. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  38. Público (2 de outubro de 2020). «Eleições no Benfica marcadas para 30 de Outubro». Consultado em 10 de janeiro de 2021 
  39. SIC Notícias (2 de outubro de 2020). «Já há data para as eleições no Benfica». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  40. Sport Lisboa e Benfica (23 de outubro de 2020). «Eleições 2020 antecipadas para 28 de outubro». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  41. a b Record (29 de outubro de 2020). «O fenómeno Casa do Benfica do Seixal: 'invasão' oriunda da Margem Norte provocou enchente». Consultado em 3 de janeiro de 2021 
  42. A Bola (29 de outubro de 2020). «Recorde o Dia do Histórico Ato Eleitoral no Benfica». Consultado em 3 de janeiro de 2021 
  43. SAPO (28 de outubro de 2020). «Eleições no Benfica: Vítor Paneira lança suspeitas sobre sistema de voto eletrónico». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  44. Expresso (28 de outubro de 2020). «Eleições Benfica: sistema de votação eletrónica permite a não sócios aceder aos boletins». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  45. SAPO (27 de outubro de 2020). «Rui Pinto 'ataca' voto eletrónico nas eleições do Benfica: "É isto o Benfica de Vieira"». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  46. a b SAPO (28 de outubro de 2020). «Eleições no Benfica: Problemas de segurança ensombram processo de votação eletrónica». António Moura dos Santos. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  47. Notícias ao Minuto (17 de setembro de 2020). «Apoio de Costa a LFV? "É claramente um erro político", diz Ferreira Leite». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  48. Notícias Magazine (24 de setembro de 2020). «Ligações perigosas na Comissão de Honra de Luís Filipe Vieira». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  49. Record (19 de setembro de 2020). «Presidente da República forçou António Costa a sair da Comissão de Honra de Vieira». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  50. Correio da Manhã (17 de setembro de 2020). «Luís Filipe Vieira retira António Costa e Fernando Medina da Comissão de Honra». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  51. Sábado (9 de outubro de 2020). «Vieira inclui José Cid na sua Comissão de Honra. Cantor fala em "usurpação" do seu nome». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  52. a b c Record (25 de setembro de 2020). «Cadernos eleitorais não serão uma realidade antes das eleições». Flávio Miguel Silva. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  53. O Jogo (8 de setembro de 2020). «Noronha Lopes pede reunião com presidente da MAG do Benfica». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  54. Jornal de Notícias (28 de outubro de 2020). «Presidente da AG do Benfica rejeita contagem dos votos em urna». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  55. Domínio de Bola (20 de novembro de 2020). «Transporte dos votos das eleições do Benfica ainda é polémica». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  56. O Jogo (16 de novembro de 2020). «Fecho de urna das eleições do Benfica gera polémica». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  57. Correio da Manhã (17 de novembro de 2020). «Urna selada com fita adesiva gera confusão nas eleições do Benfica». João Moniz. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  58. Jornal de Notícias (29 de outubro de 2020). «Alegado transporte de urnas do Benfica em carros descaracterizados gera polémica». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  59. Jornal de Notícias (29 de outubro de 2020). «Adeptos do Benfica pedem para contar os votos». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  60. Record (10 de dezembro de 2020). «Movimento 'Servir o Benfica' lança requerimento para realização de AG extraordinária». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  61. Observador (21 de novembro de 2020). «Benfica rejeita requerimento para contagem dos votos em papel das últimas eleições». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  62. SAPO (29 de outubro de 2020). «Os números exatos da reeleição de Vieira no Benfica: Vitória em toda a linha, com mais votos e mais votantes em todos os escalões». Sportinforma / Lusa. Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  63. Record (29 de outubro de 2020). «Os resultados finais das eleições do Benfica: Vieira reeleito na votação mais renhida em 20 anos». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  64. A Bola (29 de outubro de 2020). «Os Números da Histórica Votação Que Reconduziu Vieira na Presidência». Consultado em 2 de janeiro de 2021 
  65. a b c d e f g h i j Sport Lisboa e Benfica. «Acompanhar votação por região». Consultado em 3 de janeiro de 2021. Cópia arquivada em 1 de novembro de 2020 
  66. Record (10 de dezembro de 2020). «Movimento 'Servir o Benfica' lança requerimento para realização de AG extraordinária». Consultado em 11 de junho de 2021 
  67. A Bola (6 de abril de 2021). «Movimento 'Servir o Benfica' Entregou Requerimento Para AG Extraordinária». Consultado em 11 de junho de 2021 
  68. TVI24 (7 de abril de 2021). «Benfica: Requerimento Para AG Extraordinária Foi Aceite». Consultado em 11 de junho de 2021 
  69. TVI24 (10 de junho de 2021). «Notícia TVI: Sócio do Benfica Avança com Ação contra Vieira». Consultado em 11 de junho de 2021 
  70. Record (10 de junho de 2021). «Luís Filipe Vieira enfrenta ação judicial que visa a sua destituição». Consultado em 11 de junho de 2021 
  71. Público (10 de junho de 2021). «Acção cível para destituir Vieira por misturar "negócios pessoais" com "dinheiros do clube"». Miguel Dantas. Consultado em 11 de junho de 2021 
  72. A Bola (11 de junho de 2021). «Assembleia-Geral Extraordinária a 3 de julho». Consultado em 11 de junho de 2021