Eleições estaduais em Minas Gerais em 2014

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde março de 2014).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
2010 Brasil 2018
Eleições estaduais do  Minas Gerais em 2014
5 de outubro de 2014
(Decisão em primeiro turno)
Fernando pimentel 2011.jpg Pimenta da Veiga, 2014.jpg
Candidato Fernando Pimentel Pimenta da Veiga
Partido PT PSDB
Natural de Belo Horizonte, MG Belo Horizonte, MG
Vice Antônio Andrade Dinis Pinheiro
Votos 5.362.870 4.240.706
Porcentagem 52,98% 41,89%
Resultados da eleição para governador de Minas Gerais em 2014 por cidades.png
Resultado da eleição para governador no primeiro turno por cidades.
  Cidades onde Pimentel obteve maior votação

  Cidades onde Pimenta obteve maior votação



Governador de Minas Gerais


2010 Brasil 2018
Eleições estaduais do  Minas Gerais em 2014
5 de outubro de 2014
(Turno único)
Antonio Anastasia.jpg Replace this image male.svg Silver - replace this image male.svg
Líder Antônio Anastasia Josué Alencar Margarida Vieira
Partido PSDB PMDB PSB
Natural de Belo Horizonte, MG Ubá, MG Belo Horizonte, MG
Votos 5.102.987 3.614.720 192.649
Porcentagem 56,73% 40,18% 2,14%


Coat of arms of Brazil.svg
Senador de Minas Gerais

Titular(es)
Clésio Andrade
PMDB

As eleições estaduais de Minas Gerais em 2014 serão realizadas em 5 de outubro (1º turno) e 26 de outubro (2º turno), como parte das eleições gerais no Brasil. Os eleitores aptos a votar elegerão o Presidente da República, Governador do Estado e um Senador da República, além de 53 Deputados Federais e 77 Deputados Estaduais. Se nenhum dos candidatos a governador obtiver mais da metade dos votos válidos, um segundo turno será realizado.

Os candidatos ao Governo Mineiro são Pimenta da Veiga (PSDB), Fernando Pimentel (PT), Raymundo Tarcisio Delgado (PSB), André Alves (PHS), Fidélis (PSOL), Eduardo Ferreira (PSDC), Túlio Lopes (PCB) e Cleide Donária (PCO).

Com 52,98% dos votos válidos, o atual Ministro do Desenvolvimento Fernando Pimentel, do PT, foi eleito Governador no primeiro turno, contra 41,89% do candidato Pimenta da Veiga, do PSDB e 3,90% do candidato Tarcísio Delgado, do PSB. O ex-governador Antônio Anastasia, do PSDB, foi eleito senador com 56,73% dos votos válidos contra 40,18% do candidato Josué Alencar, do PMDB e 2,90% da candidata Margarida Vieira, do PSB.

Regras[editar | editar código-fonte]

Governador e Vice-governador[editar | editar código-fonte]

No geral, as regras para as eleições presidenciais também se aplicam às estaduais. Isto é, as eleições possuem dois turnos e se nenhum dos candidatos alcança maioria absoluta dos votos válidos, um segundo turno entre os dois mais votados acontece. Todos os candidatos com cargos executivos devem renunciar até 5 de abril, para poderem disputar.

Senador[editar | editar código-fonte]

Para o Senado, conforme rodízio previsto para as eleições ao Senado, em 2014, será disputada apenas uma vaga por estado com mandato de 8 anos. O candidato mais votado é eleito, não havendo segundo turno para as eleições legislativas.

Candidatos a governador[editar | editar código-fonte]

Pimenta da Veiga (PSDB): No governo mineiro desde 2003, o partido lança a candidatura do advogado, ex-prefeito de Belo Horizonte e ex-ministro Pimenta da Veiga.

Fernando Pimentel (PT): O PT lança a candidatura do ex-prefeito de Belo Horizonte por dois mandatos e atual ministro do desenvolvimento, Fernando Pimentel.

Tarcisio Delgado (PSB): Partido que comanda a prefeitura de Belo Horizonte há 5 anos lançou o nome do ex-prefeito de Juiz de Fora, Tarcísio Delgado.

Fidélis (PSOL): O PSOL lança o nome do comunicólogo Fidélis Oliveira.

Eduardo Ferreira (PSDC): O candidato do PSDC é Eduardo Ferreira.

Túlio Lopes (PCB): Em candidatura própria, o partido lança o nome do professor Túlio Lopes.

Cleide Donária (PCO): O partido lança o nome da servidora pública Cleide Donária.

André Alves (PHS): O PHS lançou o nome do advogado André Alves para a corrida ao Palácio Tiradentes, porém ainda em agosto, André renunciou a candidatura.

Candidato a governador Candidato a vice-governador Número Eleitoral Coligação Tempo de horário eleitoral
Pimenta da Veiga, 2014.jpg
Pimenta da Veiga
PSDB
Silver - replace this image male.svg
Dinis Pinheiro
PP
45
Todos por Minas
PSDB, PP, DEM, PV, PPS, PTB, PSD, PTN, PR, PMN, SD, PDT, PTC, PSL, PSC
8'18
Fernando pimentel 2011.jpg
Fernando Pimentel
PT
Antonio Andrade 2013.jpg
Antônio Andrade
PMDB
13
Minas Pra Você
PT, PMDB, PCdoB, PRB, PROS
6'03
Raimundo Tarcísio Delgado.jpg
Tarcísio Delgado
PSB
Silver - replace this image male.svg
Síliva Reis
PRTB
40
Minas quer mudança
PSB, PRTB, PPL
1'44
Silver - replace this image male.svg
Fidélis Alcântara
PSOL
Silver - replace this image male.svg
Victória Mello
PSTU
50
Frente de Esquerda Socialista
PSOL, PSTU
1'01
Silver - replace this image male.svg
Eduardo Ferreira
PSDC
Silver - replace this image male.svg
Raimundo Nonato
PSDC
27
Partido Social Democrata Cristão
PSDC
1'02
Silver - replace this image male.svg
Professor Túlio Lopes
PCB
Silver - replace this image male.svg
Roberto Auad
PCB
21
Partido Comunista Brasileiro
PCB
1'02
Silver - replace this image male.svg
Cleide Donária
PCO
Silver - replace this image male.svg
Fabinho
PCO
29
Partido da Causa Operária
PCO
1'02

Candidatos ao Senado[editar | editar código-fonte]

Candidato a Senador 1º Suplente 2º Suplente Número Eleitoral Coligação Tempo de horário eleitoral
Antonio Anastasia.jpg
Antônio Anastasia
PSDB
Alexandre Silveira (PSD) Lael Varela (DEM)
456
Todos Por Minas
4'02
Silver - replace this image male.svg
Josué Alencar
PMDB
Professora Maria Inês (PROS) Sebastião Riera (PMDB)
150
Minas Pra Você
2'56
Silver - replace this image male.svg
Margarida Vieira
PSB
Alexandro de Souza (PPL) Igor Versiani (PSB)
400
Minas Quer Mudança
0'48
Silver - replace this image male.svg
Geraldo Batata
PSTU
Andrea Carla (PSTU) Erafim Moura (PSTU)
161
Frente de Esquerda Socialista
0'27
Silver - replace this image male.svg
Tarcísio
PSDC
Adelcio Neves (PSDC) Roney Faria (PSDC)
270
Partido Social Democrata Cristão
PSDC
0'25
Silver - replace this image male.svg
Pablo Lima
PCB
Neres (PCB) Cledimarcio Kojak (PCB)
210
Partido Comunista Brasileiro
PCB
0'25
Silver - replace this image male.svg
Graça
PCO
Adilson Povão (PCO) Sérgio (PCO)
290
Partido da Causa Operária
PCO
0'25
Silver - replace this image male.svg
Edilson Nascimento
PTdoB
Major Juares Ferreira (PTdoB) Alexandre Santos (PTdoB)
700
+Minas
0'30

Resultado (1º Turno)[editar | editar código-fonte]

Candidato Partido Votos %
Fernando Pimentel PT 5.362.870 52,98%
Pimenta da Veiga PSDB 4.240.706 41,89%
Tarcísio Delgado PSB 395.039  3,90%
Fidélis Alcântara PSOL 67.785 0,67%
Eduardo Ferreira PSDC 23.017 0,23%
Professor Túlio Lopes PCB 26.023 0,26%
Cleide Donária PCO 7.590 0,07%
Ordem Tipo Votos %
Votos válidos Nenhum 0 0
Votos brancos Nenhum 0 0
Votos nulos Nenhum 0 0
Total Nenhum 0 0
Fonte: []

Programa eleitoral[editar | editar código-fonte]

De acordo com a lei eleitoral, todas as redes de acesso gratuito de televisão e rádio devem reservar dois programas de 50 minutos por dia. O tempo reservado a cada um dos candidatos é determinado com base no número de assentos ocupados pelos partidos que correspondem a sua coligação na Câmara dos Deputados.[1] Os programas eleitorais são considerados uma ferramenta-chave de campanha no Brasil, onde a televisão e o rádio são as principais fontes de informação para muitos eleitores. O horário eleitoral gratuito também inclui candidatos concorrendo a cargos como Governador, Deputados Estadual e Federal, e Senador.[1]

Primeiro turno[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d "Cálculo do tempo de propaganda no rádio e na televisão e o peso dos partidos para coligação" Gurgel, Mônica. Jus Navigandi. Maio de 2014. Página acessada em 04 de junho de 2014.