Eleições estaduais em Rondônia em 2014

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
‹ 2010 Brasil 2018
Eleições estaduais em  Rondônia em 2014
26 de outubro de 2014
(Candidatos a governador)[a]
Confucio moura.jpg ExpeditoJunior2008.jpg
Candidato Confúcio Moura Expedito Júnior
Partido PMDB PSDB
Natural de Dianópolis, TO Guararapes, SP
Vice Daniel Pereira (PSB) Neodi Carlos (PSDC)
Votos 419.928 366.072
Porcentagem 53,43% 46,57%


BrasaoRondonia.jpg
Governador de Rondônia

As eleições estaduais em Rondônia, em 2014, foram realizadas em 05 de outubro (1º turno) e 26 de outubro (2º turno), como parte das eleições gerais no Brasil. Os eleitores aptos a votar elegerão o Presidente da República, Governador do Estado e um Senador da República, além de 8 Deputados Federais e 24 Deputados Estaduais. Se nenhum dos candidatos a governador obtiver mais da metade dos votos válidos, um segundo turno será realizado. Os principais candidatos a governador são Expedito Júnior (PSDB), Confúcio Moura (PMDB), Jaqueline Cassol (PR) e Padre Ton (PT). Para o Senado os principais candidatos são Moreira Mendes (PSD), Acir Gurgacz (PDT) e Ivone Cassol (PP).

Regras[editar | editar código-fonte]

Governador e Vice-governador[editar | editar código-fonte]

No geral, as regras para as eleições presidenciais também se aplicam às estaduais. Isto é, as eleições possuem dois turnos e se nenhum dos candidatos alcança maioria absoluta dos votos válidos, um segundo turno entre os dois mais votados acontece. Todos os candidatos com cargos executivos devem renunciar até 5 de abril, para poderem disputar.

Senador[editar | editar código-fonte]

Conforme rodízio previsto para as eleições ao Senado, em 2014, será disputada apenas uma vaga por estado com mandato de 8 anos. O candidato mais votado é eleito, não havendo segundo turno para as eleições legislativas.

Candidatos a governador [1][editar | editar código-fonte]

Confúcio Moura (PMDB)[2]: O PMDB confirmou a candidatura de Confúcio Moura ao governo de Rondônia. O político já é governador do estado desde 2011 e concorrerá à reeleição, no pleito de outubro deste ano. O candidato a vice-governador será Daniel Pereira, do PSB. Os nomes foram definidos durante convenção partidária, em Porto Velho. A legenda anunciou também a coligação com o PDT, PSB, PTB, PCdoB, PRTB, PSL, PRP e PTN.

Expedito Júnior (PSDB)[3]: O PSDB de Rondônia anunciou em sua convenção partidária o candidato ao governo, Expedito Júnior, presidente do partido em Rondônia. O vice de Expedito é o deputado estadual Neodi Carlos, indicado pelo PSDC, um dos 11 partidos que formam coligação com o partido. O partido anunciou ainda a coligação com os seguintes partidos: PSDC, PSD, PEN, PHS, PSC, PMN, PTdoB, PRB e DEM.

Jaqueline Cassol (PR)[4]: O PR lançou a candidatura de Jaqueline Cassol ao governo de Rondônia. Em convenção partidária, a legenda escolheu o nome, por 78 votos a 23. No evento, foi confirmada também a coligação com o PP, PPS, PROS, PTC, SD e com o PV. O deputado federal Carlos Magno, do PP, concorrerá a vice-governador pela coligação.

Padre Ton (PT)[5]: O deputado federal Padre Ton é o candidato ao governo de Rondônia pelo Partido dos Trabalhadores (PT). A candidatura ao governo foi confirmada pelo próprio deputado. O candidato a vice será Maria de Fátima Rosilho.

Pimenta de Rondônia (PSOL)[6]: No PSOL, a corrida para o governo do estado foi definida por unanimidade. Pimenta de Rondônia disputará a vaga de governador e terá como candidata a vice a professora Antônia Araújo, de Jacy-Paraná. O concorrente do partido à chefia do Executivo já disputou outras eleições. Nascido no Paraná, Pimenta está em Rondônia desde 1970 e, atualmente, é dirigente e presidente regional do PSOL. O escolhido do PSOL é pastor, professor e psicólogo e já disputou três eleições: uma para deputado, uma para prefeito e outra para senador, em 2010, quando obteve cerca de 44 mil votos.

Candidato a governador Candidato a vice-governador Número Eleitoral Coligação Número de Votos

(1° TURNO)

Número de Votos (2° TURNO)
ExpeditoJunior2008.jpg
Expedito Júnior
PSDB
Neodi Carlos
PSDC
45
Frente Muda Rondônia
PSDB, PSDC, PSD, PEN, PHS, PSC, PMN, PTdoB, PRB e DEM

284.663

(35,42 %)

366.072

(46,57 %)

Confucio moura.jpg
Confúcio Moura
PMDB
Daniel Pereira
PSB
15
Rondônia no caminho certo
PMDB, PSB, PDT, PTB, PCdoB, PRTB, PSL, PRP e PTN

288.228

(35,86 %)

419.928

(53,43 %)

Jaqueline Cassol
PR
Carlos Magno
PP
22
O Respeito está de volta
PR, PP, PPS,SD, PV, PTC e PROS

121.406

(15,11 %)

Padre Ton
PT
Mª de Fátima Rosilho
PT
13
PT

101.612

(12,64 %)

Pimenta de Rondônia
PSOL
Régia Ribeiro
PSOL
50
Frente de Esquerda PSOL/PSTU
PSOL e PSTU

7.757

(0,97 %)

Candidatos a senador[editar | editar código-fonte]

Moreira Mendes (PSD): O ex-senador e atualmente deputado federal Moreira Mendes tentará retornar ao Senado Federal. Compõe da chapa de Expedito Júnior (PSDB).

Acir Gurgacz (PDT) : O atual senador Acir Gurgacz será candidato a reeleição na chapa de Confúcio Moura (PMDB).

Ivone Cassol (PP): A empresária e ex-primeira dama Ivone Cassol será candidata ao senado na chapa de Jaqueline Cassol (PR).

Pastor Aluízio Vidal (PSOL): Novamente candidato ao senado, o Pastor Aluízio Vidal compõe a chapa de Pimenta de Rondônia (PSOL).

Candidato a Senador 1º Suplente 2º Suplente Coligação Número de Votos
Acir Gurgacz
PDT
Gilberto Piselo (PDT) Pastor Valadares Neto (PDT)
123
Rondônia no caminho certo
PMDB, PSB, PDT, PTB, PCdoB, PRTB, PSL, PRP e PTN

312.614

(41,98 %)

Moreira Mendes
PSD
Lindomar Carreiro (PSDB) Júnior Dall Agnol (PSD)
555
Frente Muda Rondônia
PSDB, PSDC, PSD, PEN, PHS, PSC, PMN, PTdoB, PRB e DEM

193.184

(25,94 %)

Ivone Cassol
PP
Jânio Alencar Torres (PP) Ilário Bodanese (PP)
111
O Respeito está de volta
PR, PP, PPS, SD, PROS, PV e PTC

160.964

(21,62 %)

Pastor Aluízio Vidal
PSOL
Luiz Augusto Porto (PSTU) Ramiro Luís (PSOL)
500
Frente de Esquerda PSOL/PSTU
PSOL e PSTU

77.865

(10,46 %)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências