Eleições estaduais em Roraima em 2002

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
‹ 1998 Brasil 2006
Eleições estaduais em  Roraima em 2002
6 de outubro de 2002
(Primeiro turno)
27 de outubro de 2002
(Segundo turno)
Replace this image male.png Ottomar06032007.jpg
Candidato Flamarion Portela Ottomar Pinto
Partido PSL PTB
Natural de Coreaú, CE Petrolina, PE
Vice Salomão Cruz Erci de Moraes
Votos 87.036 75.675
Porcentagem 53,49% 46,51%


Brasão de Roraima.svg

Governador de Roraima

As eleições estaduais em Roraima em 2002 foram realizadas à 6 de outubro como parte das eleições gerais no Distrito Federal e em 26 estados. Foram eleitos o governador Flamarion Portela, o vice-governador Salomão Cruz, os senadores Romero Jucá e Augusto Botelho, além de oito deputados federais e vinte e quatro estaduais. Como nenhum dos candidatos a governador obteve metade mais um dos votos válidos, um segundo turno aconteceu em 27 de outubro[1] e segundo a Constituição, o governador seria eleito para um mandato de quatro anos a começar em 1º de janeiro de 2003[2] sendo que o pleito transcorreu sob a luz da reeleição para cargos executivos conforme descrito na Emenda Constitucional nº 16 de 4 de junho de 1997, que beneficiava o presidente da República, governadores e prefeitos que se achassem no exercício do mandato.

Nas urnas prevaleceu a candidatura de Flamarion Portela, cearense natural de Coreaú. Eleito vereador de Boa Vista pelo PTR em 1992, licenciou-se do mandato para ocupar a Secretaria Municipal de Obras na administração da prefeita Teresa Surita e em 1994 foi eleito deputado estadual pelo PPR.[3] Criado o PPB ingressou no partido e foi eleito vice-governador à chapa de Neudo Campos em 1998 sendo efetivado governador com a renúncia do titular para disputar um mandato de senador em 2002. Posto à frente do Palácio Senador Hélio Campos, o engenheiro eletricista Flamarion Portela tornou-se o segundo governador reeleito na história de Roraima.

O resultado, entretanto, foi contestado na Justiça Eleitoral pelo Brigadeiro Ottomar Pinto, candidato derrotado no segundo turno, e após demorada batalha judicial o Tribunal Superior Eleitoral determinou sua posse no cargo de governador em 10 de novembro de 2004[4] tendo Erci de Moraes como seu vice.

Natural de Petrolina, Ottomar Pinto ingressou na vida militar ao concluir o Curso de Formação de Oficiais da Escola de Aeronáutica Campo dos Afonsos no Rio de Janeiro e formou-se Médico e Engenheiro Civil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.[5] Após morar algum tempo nos Estados Unidos, retornou ao Brasil e trabalhou em órgãos subordinados ao Ministério da Aeronáutica até aposentar-se como Brigadeiro.[5] Em 1979 foi nomeado governador de Roraima pelo presidente João Figueiredo e manteve o cargo até 1983, sendo que nesse período migrou da ARENA para o PDS. Após a Nova República migrou para o PTB e embora perdendo as eleições para prefeito de Boa Vista em 1985 e 1988, elegeu-se deputado federal[6] em 1986 e participou da Assembleia Nacional Constituinte que redigiu a Nova Constituição. Com a passagem de Roraima a estado, Ottomar Pinto foi eleito governador em 1990 e depois prefeito de Boa Vista em 1996.[6]

Chamou atenção nas eleições legislativas a derrota do ex-governador Neudo Campos na disputa para senador visto que os eleitos foram Romero Jucá e Augusto Botelho.

Resultados do primeiro turno[editar | editar código-fonte]

Com informações extraídas do Tribunal Superior Eleitoral.[6]

Presidência da República[editar | editar código-fonte]

Candidatos a presidente da República
Candidatos a vice-presidente Número Coligação Votação Percentual
Luiz Inácio Lula da Silva
PT
José Alencar
PL
13
Lula Presidente
(PT, PL, PCdoB, PMN, PCB)
71.952
44,96%
Anthony Garotinho
PSB
José Antônio Almeida
PSB
40
Brasil Esperança
(PSB, PTC, PGT)
39.974
24,98%
Ciro Gomes
PPS
Paulo Pereira da Silva
PTB
23
Frente Trabalhista
(PPS, PTB, PDT)
28.063
17,54%
José Serra
PSDB
Rita Camata
PMDB
45
Grande Aliança
(PSDB, PMDB)
19.195
12,00%
José Maria de Almeida
PSTU
Dayse de Oliveira
PSTU
16
PSTU (sem coligação)
693
0,43%
Rui Pimenta
PCO
Pedro Paulo de Abreu
PCO
29
PCO (sem coligação)
140
0,09%
  Segundo Turno

Governo estadual[editar | editar código-fonte]

Candidatos a governador do estado
Candidatos a vice-governador Número Coligação Votação Percentual
Ottomar Pinto
PTB
Erci de Morais
PPS
14
Frente Trabalhista
(PTB, PPS, PDT, PL, PPB)
76.358
49,25%
Flamarion Portela
PSL
Salomão Cruz
PFL
17
Roraima de todos nós
(PSL, PFL, PT, PCdoB, PST, PTN, PSDC, PRP, PRONA, PHS, PMN, PAN, PTdoB)
75.435
48,66%
Petrônio Araújo
PGT
Rubens Ribeiro Filho
PGT
30
PGT (sem coligação)
2.349
1,51%
Leopoldo Júnior
PCO
Maria das Graças Paulo
PCO
29
PCO (sem coligação)
512
0,33%
Carlos Levischi
PRTB
Aldrin Quadros
PRTB
28
PRTB (sem coligação)
388
0,25%
  Segundo Turno

Senado Federal[editar | editar código-fonte]

Candidatos a senador da República
Candidatos a 1º suplente de senador Número Coligação Votação Percentual
Romero Jucá
PSDB
Wirlande da Luz
PSDB
456
Grande Aliança
(PSDB, PMDB)
94.679
30,83%
Augusto Botelho
PDT
Neides Batista
PDT
121
Frente Trabalhista
(PTB, PPS, PDT, PL, PPB)
77.635
25,28%
Marluce Pinto
PMDB
José Evandro Moreira
PMDB
151
Grande Aliança
(PSDB, PMDB)
56.296
18,33%
Neudo Campos
PFL
Dorival Maranhão
PFL
251
Roraima de todos nós
(PSL, PFL, PT, PCdoB, PSDB, PST, PTN, PSDC, PRP, PRONA, PHS, PMN, PAN, PTdoB)
33.382
10,87%
Getúlio Cruz
PT
Flávio Bezerra da Silva
PT
133
Roraima de todos nós
(PSL, PFL, PT, PCdoB, PST, PTN, PSDC, PRP, PRONA, PHS, PMN, PAN, PTdoB)
31.672
10,31%
Elair Morais
PL
Francisco Nogueira
PL
222
Frente Trabalhista
(PTB, PPS, PDT, PL, PPB)
6.000
1,95%
Irmão Eli
PSD
Everton Campos
PSD
411
Muda Roraima
(PSD, PSB, PSC, PTC)
3.352
1,09%
Josué dos Santos Filho
PSB
Amazonas Araújo
PSB
401
Muda Roraima
(PSD, PSB, PSC, PTC)
1.443
0,47%
João Salazar
PRP
Carlos Augusto Nunes
PRP
445
PRP (sem coligação)
1.212
0,39%
Hely de Deus
PRONA
Manoel Luz
PRONA
566
PRONA (sem coligação)
888
0,29%
Francisco Monteiro
PCO
Junio Menezes
PCO
291
PCO (sem coligação)
574
0,19%
  Eleito(a)

Deputados federais eleitos[editar | editar código-fonte]

São relacionados a seguir os candidatos eleitos com informações complementares da Câmara dos Deputados.[7]

Deputado federal eleito Partido Votação Percentual Cidade onde nasceu Unidade federativa
Maria Helena Rodrigues PST 15.620 9,24% Santo Ângelo  Rio Grande do Sul
Chico Rodrigues PFL 15.475 9,16% Recife  Pernambuco
Luciano Castro PFL 14.138 8,37% Fortaleza  Ceará
Alceste Almeida PL 9.436 5,58% Manaus  Amazonas
Pastor Frankenbergen PPB 9.198 5,44% Boa Vista  Roraima
Suely Campos PFL 7.280 4,31% Boa Vista  Roraima
Moises Lipnik[8] PDT 6.664 3,94% Cáli  Colômbia
Rodolfo Pereira PDT 6.488 3,84% Boa Vista  Roraima

Deputados estaduais eleitos[editar | editar código-fonte]

  • Nota: Em itálico, os deputados eleitos por média.
Deputados estaduais eleitos Partido Votação Percentual Cidade onde nasceu Unidade federativa
Mecias de Jesus PSL 4.516 2,64% Graça Aranha  Maranhão
Berinho PSL 3.144 1,84% Boa Vista  Roraima
Jalser PFL 3.139 1,83% Boa Vista  Roraima
Chico Guerra PFL 3.010 1,76% Caracaraí  Roraima
Cascavel PPS 2.921 1,70% Capanema  Paraná
Edio Lopes PST 2.632 1,54% Presidente Epitácio  São Paulo
Dr. Célio Wanderley PSL 2.449 1,33% Boa Vista  Roraima
Marcos da Byte PSDB 2.113 1,23% Fortaleza  Ceará
Raul Prudente de Moraes PSDB 2.071 1,21% Rio de Janeiro  Rio de Janeiro
Raul Lima PSDB 2.006 1,17% Boa Vista  Roraima
Gute PSB 1.879 1,09% Curitiba  Paraná
Presbítero Nazareno PPB 1.878 1,09% Benjamin Constant  Amazonas
Dra. Marília PTB 1.731 1,01% Rio de Janeiro  Rio de Janeiro
Lúcia Peixoto PMDB 1.728 1,01% Porto de Moz Pará Pará
Naldo da Loteria PTN 1.710 1% Pesqueira  Pernambuco
Sérgio Ferreira PDT 1.708 0,99% Boa Vista  Roraima
Tião Portella PTB 1.505 0,88% Caçador  Santa Catarina
Elizeu PST 1.476 0,86% Pocrane  Minas Gerais
Flávio Chaves PTN 1.455 0,85% Boa Vista  Roraima
Titonho PT 1.230 0,72% Crateús  Ceará
Vantan Praxedes PSD 1.205 0,70% Caraúbas  Rio Grande do Norte
Braga PSD 1.178 0,68% Autazes  Amazonas
Malu PAN 1.144 0,66% Alenquer Pará Pará
Chico das Verduras PRP 972 0,56% Pio XII  Maranhão

Resultados do segundo turno[editar | editar código-fonte]

Com informações extraídas do Tribunal Superior Eleitoral.[6]

Presidência da República[editar | editar código-fonte]

Candidatos a presidente da República
Candidatos a vice-presidente Número Coligação Votação Percentual
Luiz Inácio Lula da Silva
PT
José Alencar
PL
13
Lula Presidente
(PT, PL, PCdoB, PMN, PCB)
104.087
65,56%
José Serra
PSDB
Rita Camata
PMDB
45
Grande Aliança
(PSDB, PMDB)
54.692
34,44%
  Eleito(a)

Governo estadual[editar | editar código-fonte]

Candidatos a governador do estado
Candidatos a vice-governador Número Coligação Votação Percentual
Flamarion Portela
PSL
Salomão Cruz
PFL
17
Roraima de todos nós
(PSL, PFL, PT, PCdoB, PST, PTN, PSDC, PRP, PRONA, PHS, PMN, PAN, PTdoB)
87.036
53,49%
Ottomar Pinto
PTB
Erci de Morais
PPS
14
Frente Trabalhista
(PTB, PPS, PDT, PL, PPB)
75.675
46,51%
  Eleito(a)

Referências

  1. «Presidência da República: Lei nº 9.504 de 30/09/1997». Consultado em 19 de maio de 2014 
  2. O Art. 28 da Carta Magna fixou essa data para a posse de seu governador.
  3. «Assembleia Legislativa de Roraima». Consultado em 19 de maio de 2014. Arquivado do original em 29 de maio de 2014 
  4. Justiça cassa Flamarion; adversário assume (online). Folha de S. Paulo, 11/11/2004. Página visitada em 20 de maio de 2014.
  5. a b «Câmara dos Deputados do Brasil: deputado Ottomar Pinto». Consultado em 20 de maio de 2014 
  6. a b c d «Banco de dados do Tribunal Superior Eleitoral». Consultado em 20 de maio de 2014 
  7. «Câmara dos Deputados do Brasil». Consultado em 20 de maio de 2014. Arquivado do original em 2 de outubro de 2013 
  8. Faleceu em Brasília em 17/06/2003 vítima de infarto sendo efetivado Almir Sá.
Ícone de esboço Este artigo sobre política ou um cientista político é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.