Eleições estaduais no Maranhão em 2022

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
2018 Brasil 2026
Eleições estaduais no Maranhão em 2022
2 de outubro de 2022
(Turno único)
Carlos Brandão.jpg Lahesio-bonfim.jpg
Candidato Carlos Brandão Lahesio Bonfim
Partido PSB PSC
Natural de Colinas, MA Marcos Parente, PI
Vice Felipe Camarão
PT
Dr. Gutemberg
PSC
Votos 1.769.187 857.744
Porcentagem 51,29% 24,87%
MA 2022.svg
Candidato mais votado por município (217):
  Carlos Brandão (178)
  Lahesio Bonfim (15)

Eleito
Carlos Brandão
PSB

As eleições estaduais no Maranhão em 2022 foram realizadas em 2 de outubro, como parte das eleições gerais brasileiras no Distrito Federal e em 26 estados, para eleger um governador e vice-governador, um senador e dois suplentes de senador, 18 deputados federais e 42 estaduais.[1] Na eleição para o executivo, o então governador Carlos Brandão (PSB) foi reeleito no primeiro turno com 51,29% dos votos, enquanto Lahesio Bonfim (PSC) ficou em segundo lugar com 24,87% dos votos, sendo esta a quarta eleição seguida para governador do Maranhão a ser decidida ainda no primeiro turno.[2] Pela Constituição, o governador foi eleito para um mandato de quatro anos a se iniciar em 1.º de janeiro de 2023,[3] e com a aprovação da Emenda Constitucional nº 111, terá seu término em 6 de janeiro de 2027.[4]

Na eleição para o Senado Federal, onde houve renovação de um terço das 81 cadeiras, o ex-governador Flávio Dino (PSB) foi eleito com 62,41% dos votos, herdando a vaga do seu oponente Roberto Rocha (PTB), que ficou em segundo lugar com 35,56% dos votos.[5]

Candidatos a governador[editar | editar código-fonte]

  • Carlos Brandão (PSB): Candidato a reeleição e natural de Colinas, Carlos Brandão é formado em medicina veterinária pela UEMA, tendo atuado como empresário do setor de agronegócio e comunicações. Na década de 1990, foi assessor, secretário-adjunto e chefe de gabinete em várias pastas da administração pública estadual, além de secretário de estado de Meio Ambiente no governo Roseana Sarney e secretário-chefe da Casa Civil e de Gabinete do Governador nos anos seguintes. Foi eleito deputado federal por dois mandatos seguidos em 2006 e 2010, e em 2014 e 2018, foi eleito vice-governador do Maranhão na chapa de Flávio Dino, assumindo definitivamente o cargo após a renúncia do titular para a disputa do Senado em 2022. Seu vice é o professor universitário e procurador federal Felipe Camarão (PT), secretário estadual de Educação de 2016 a 2022. O PSB lançou a candidatura de Carlos Brandão em convenção realizada em 30 de julho;[6]
  • Edivaldo Holanda Júnior (PSD): Natural de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior é formado em direito pela Universidade Ceuma, tendo atuado como advogado. Filho do deputado estadual Edivaldo Holanda, foi eleito vereador de São Luís em 2004 e 2008, e em 2010, foi eleito deputado federal. Em 2012, concorreu à prefeitura de São Luís, vencendo o candidato a reeleição João Castelo no segundo turno, e em 2016, foi reeleito na disputa contra Eduardo Braide, também no segundo turno. Sua vice é a pedagoga Andrea Heringer. O PSD lançou a candidatura de Edivaldo Holanda Júnior em convenção realizada em 30 de julho;[7]
  • Enilton Rodrigues (PSOL): Natural de Arame, Enilton Rodrigues é formado em engenharia florestal pela UnB, tendo atuado como conselheiro de órgãos colegiados da instituição. Em 2020, foi candidato a vereador pelo município de Arame, não conseguindo ser eleito. Sua vice é a pedagoga Pedra Celestina. O PSOL lançou a candidatura de Enilton Rodrigues em convenção realizada em 5 de julho;[8]
  • Frankle Costa (PCB): Natural de Imperatriz, Frankle Costa é servidor público municipal. Em 2020, foi candidato a vice-prefeito de Imperatriz na chapa de Sandro Ricardo, ficando em último lugar. Seu vice é o fotógrafo e militante político José Pereira Barbosa, o Zé JK. O PCB lançou a candidatura de Frankle Costa em convenção realizada em 26 de julho;[9]
  • Hertz Dias (PSTU): Natural de São José de Ribamar, Hertz Dias é formado em história, sendo professor da rede pública municipal e estadual de ensino, além de co-fundador dos movimentos Hip-Hop Quilombo Urbano e Hip-Hop Quilombo Brasil. Em 2018, foi candidato a vice-presidente da república na chapa de Vera Lúcia Salgado, ficando em 11.º lugar, e em 2020, concorreu a prefeitura de São Luís, ficando em último lugar. Seu vice é o operador portuário Jayro Mesquita. O PSTU lançou a candidatura de Hertz Dias em convenção realizada em 26 de julho;[10]
  • Lahesio Bonfim (PSC): Natural de Marcos Parente, Piauí, Lahesio Bonfim é formado em medicina pela UEPI, tendo exercido funções de médico concursado do IFMA e do município de Balsas. Em 2008, concorreu a prefeito da sua cidade natal, não conseguindo ser eleito. Em 2016, foi eleito prefeito de São Pedro dos Crentes, concorrendo contra Wanessa Arruda, e foi reeleito em 2020, concorrendo contra Leila Coutinho. Seu vice é o médico e professor universitário Gutemberg Araújo, vereador do município de São Luís por cinco mandatos consecutivos desde 2005. O PSC lançou a candidatura de Lahesio Bonfim em convenção realizada em 31 de julho;[11]
  • Professor Joás Moraes (DC): Natural de Imperatriz, Joás Moraes é formado em letras pela UEMA, atuando como professor auxiliar da UEMASUL e assessor técnico de gestão pública. Em 2006, foi candidato a deputado estadual, não conseguindo se eleger. Seu vice é o empresário Ricardo Medeiros, ex-secretário adjunto de Obras e Serviços Públicos de São Luís. O DC lançou a candidatura de Joás Moraes em convenção realizada em 5 de julho;[12]
  • Simplício Araújo (Solidariedade): Natural de Bacabal, Simplício Araújo é formado em análise de sistemas, além de ter exercido funções de radialista e empresário. Em 2010, foi eleito deputado federal, não conseguindo se reeleger em 2014. Entre 2015 e 2021, foi secretário estadual de Indústria e Comércio no governo Flávio Dino, e em 2018, ao concorrer novamente para deputado federal, ficou na suplência. Sua vice é a nutricionista Marly Tavares, vereadora do munícipio de Pedreiras. O Solidariedade lançou a candidatura de Simplício Araújo em convenção realizada em 27 de julho;[13]
  • Weverton Rocha (PDT): Natural de Imperatriz, Weverton Rocha é formado em administração pela Faculdade São Luís, tendo atuado como militante estudantil e vice-presidente regional da UNE no Maranhão. Foi assessor especial da prefeitura de São Luís entre 2000 e 2006, durante as gestões de Jackson Lago e Tadeu Palácio. Entre 2007 e 2008, foi secretário estadual de Juventude, e entre 2008 e 2009, secretário estadual de Esporte e Juventude no governo Jackson Lago, e posteriormente, assessor especial do Ministério do Trabalho e Emprego entre 2009 e 2011. Concorreu à Câmara dos Deputados em 2010, ficando na suplência, e em 2014, foi eleito definitivamente. Em 2018, foi eleito senador na chapa de Flávio Dino, com quem rompeu posteriormente. Seu vice é Hélio Soares (PL), deputado estadual por cinco mandatos seguidos desde 1999. O PDT lançou a candidatura de Weverton Rocha em convenção realizada em 29 de julho.[14]
Candidato a governador Candidato(a) a vice-governador(a) Coligação/Partido/Federação Tempo de
horário eleitoral
Male portrait placeholder cropped.jpg Enilton Rodrigues
PSOL
Pedra Celestina
PSOL
50 Federação PSOL REDE
PSOL, REDE
0:24
Senador Weverton.jpg Weverton Rocha
PDT
Hélio Soares
PL
12 Juntos pelo Trabalho
PDT, PL, PTB, Republicanos, Agir, PROS
2:35
Lahesio-bonfim.jpg Lahesio Bonfim
PSC
Dr. Gutemberg
PSC
20 Coragem pra Mudar o Maranhão
PSC, PMN
0:19
Edivaldo Holanda Júnior (cropped).jpg Edivaldo Holanda Júnior
PSD
Professora Andrea Heringer
PSD
55 Um Maranhão Melhor Para Todos
PSD, PRTB
0:57
Carlos Brandão.jpg Carlos Brandão
PSB
Felipe Camarão
PT
40 Para o Bem do Maranhão
PSB, FE Brasil (PT, PCdoB, PV), Federação PSDB Cidadania (PSDB, Cidadania), MDB, Patriota, PP, PODE
5:16
Male portrait placeholder cropped.jpg Simplício Araújo
Solidariedade
Dra. Marly
Solidariedade
77 Solidariedade
Solidariedade
0:27
Male portrait placeholder cropped.jpg Professor Joás Moraes
DC
Ricardo Medeiros
DC
27 Democracia Cristã
DC
Não possui
Hertz Dias PSTU (cropped).jpg Hertz Dias
PSTU
Jayro Mesquita
PSTU
16 Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado
PSTU
Não possui
Male portrait placeholder cropped.jpg Frankle Costa
PCB
Zé JK
PCB
21 Partido Comunista Brasileiro
PCB
Não possui
Apresentação de acordo com a ordem da propaganda eleitoral e representação partidária[15] Sobras:
0:02
  Eleito(a)

Pré-candidatos[editar | editar código-fonte]

  • Josimar Maranhãozinho (PL): Prefeito de Maranhãozinho entre 2005 e 2012, deputado estadual entre 2015 e 2018 e deputado federal eleito em 2019, Josimar Cunha Rodrigues retirou sua pré-candidatura em 23 de maio, optando por concorrer à reeleição para a Câmara dos Deputados. Após votação com correligionários do partido, declarou apoio à candidatura de Weverton Rocha, indicando o vice da sua chapa.[16]

Candidatos a senador[editar | editar código-fonte]

Candidato(a) a senador(a) Candidatos a suplente Coligação/Partido/Federação Tempo de
horário eleitoral
Female portrait placeholder cropped.jpg Antônia Cariongo
PSOL
1º: Professor Antônio Alves (PSOL)
2º: Deco (PSOL)
500 Federação PSOL REDE
PSOL, REDE
0:18
Plenário do Senado (16974242090).jpg Roberto Rocha
PTB
1º: Ildemar Gonçalves (PL)
2º: Pastor Bel (Agir)
145 Juntos pelo Trabalho
PDT, PL, PTB, Republicanos, Agir, PROS
1:34
Governador Flávio Dino (MA) (cropped).jpg Flávio Dino
PSB
1º: Ana Paula Lobato (PSB)
2º: Lourdinha (PCdoB)
400 Para o Bem do Maranhão
PSB, FE Brasil (PT, PCdoB, PV), Federação PSDB Cidadania (PSDB, Cidadania), MDB, Patriota, PP, PODE
3:07
Male portrait placeholder cropped.jpg Pastor Ivo Nogueira
DC
1º: Ana Lúcia (DC)
2º: Celso Raposo (DC)
277 Democracia Cristã
DC
Não possui
Male portrait placeholder cropped.jpg Saulo Arcangeli
PSTU
1º: Wagner Silva (PSTU)
2º: Hernando Cunha (PSTU)
161 Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado
PSTU
Não possui
Apresentação de acordo com a ordem da propaganda eleitoral e representação partidária[15] Sobras:
0:01
  Eleito(a)

Plano de mídia[editar | editar código-fonte]

A audiência pública do plano de mídia da eleição estadual ocorreu em 19 de agosto de 2022, na sede do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão, em São Luís. Após votação entre os representantes dos partidos e federações partidárias (11-7), ficou definido que o Grupo Mirante seria encarregado de gerar a propaganda na televisão, através da TV Mirante, e por receber menos votos, o Sistema Difusora de Comunicação seria encarregado de gerar a propaganda no rádio, através da Difusora FM. A cláusula de barreira aprovada em 2017 excluiu os candidatos da DC, PSTU e PCB, uma vez que os seus partidos não possuem representantes o suficiente na Câmara para ter direito a propaganda eleitoral.[15]

Pesquisas[editar | editar código-fonte]

Para governador[editar | editar código-fonte]

Período Instituto Amostragem Brandão
(PSB)
Weverton
(PDT)
Edivaldo
(PSD)
Enilton
(PSOL)
Lahesio
(PSC)
Simplício
(Sol.)
Joás
(DC)
Hertz
(PSTU)
Frankle
(PCB)
B/N NS/NR Vantagem
10-13/08 Data Ilha
MA-05654/2022
2 031 27,4% 18,1% 9,7% 0,7% 16,3% 2% 0,4% 0,9% 0,6% 12,9% 10,8% 9,3%
11-15/08 Econométrica
MA-01087/2022
1 503 40,7% 21,4% 7,5% 0,1% 20,5% 0,3% 1,1% 0,1% 1 3,8% 4,6% 19,3%
07-12/08 Exata
MA-02051/2022
1 469 30% 29% 10% 1% 16% 1% 1% 0% 0% 4% 8% 1%
20-23/08 IPEC
MA-06254/2022
800 28% 16% 14% 1% 10% 1% 2% 0% 1% 9% 19% 12%
05-09/09 Econométrica
MA-06547/2022
1 490 44,6% 22,4% 3,5% 0,2% 20,1% 0,3% 0,1% 0,1% 0,1% 6,3% 2,1% 22,2%
06-10/09 Exata
MA-00511/2022
1 436 34% 30% 8% 0% 16% 1% 1% 0% 0% 3% 7% 4%
09-12/09 Data Ilha
MA-06939/2022
2 000 35,9% 19,9% 7,2% 0,2% 16,5% 0,7% 0,8% 0,1% 0,1% 7,7% 11,3% 16%
17-19/09 IPEC
MA-04923/2022
800 41% 20% 7% 1% 16% 1% 1% 0% 1% 5% 8% 21%
19-25/09 Escutec
MA-04989/2022
2 000 44% 21% 9% +1%2 19% 1% +1%2 +1%2 +1%2 2% 3% 23%
16-20/09 Econométrica
MA-04251/2022
1 500 47,4% 18,2% 4,3% 0,2% 21,9% 0,1% 0,1% 0,1% 0% 4,5% 3,3% 25,5%
23-27/09 Exata
MA-08199/2022
1 450 39% 28% 4% 0% 19% 1% 1% 0% 0% 4% 4% 11%
23-27/09 Econométrica
MA-01620/2022
1 500 47,4% 19,9% 3,1% 0% 20,6% 0,1% 0,2% 0,1% 0,1% 5,3% 3,1% 26,8%
28-30/09 IPEC
MA-03514/2022
800 45% 20% 5% 0% 22% 1% 1% 0% 0% 3% 4% 23%
↑1 - O nome do candidato não foi incluído na pesquisa
↑2 - Os candidatos somaram juntos 1% das intenções de voto

Para senador[editar | editar código-fonte]

Período Instituto Amostragem Dino
(PSB)
Rocha
(PTB)
Antônia
(PSOL)
Ivo
(DC)
Saulo
(PSTU)
B/N NS/NR Vantagem
11-15/08 Econométrica1
MA-01087/2022
1 503 52,4% 28,3% 0,9% 0,8% 0,3% 7,7% 8,8% 24,1%
07-12/08 Exata
MA-02051/2022
1 469 54% 28% 2% 3% 2% 6% 5% 26%
20-23/08 IPEC
MA-06254/2022
800 50% 21% 1% 4% 2% 8% 15% 29%
05-09/09 Econométrica
MA-06547/2022
1 490 55% 27% 0,9% 2,3% 0,3% 5,4% 9% 28%
06-10/09 Exata
MA-00511/2022
1 436 57% 23% 2% 5% 1% 6% 6% 34%
09-12/09 Data Ilha
MA-06939/2022
2 000 55,1% 23,4% 0,9% 4,2% 1,3% 10,7% 4,5% 31,7%
17-19/09 IPEC
MA-04923/2022
800 59% 21% 2% 4% 2% 5% 8% 38%
19-25/09 Escutec
MA-04989/2022
2 000 57% 25% 1% 4% 2% 4% 7% 32%
16-20/09 Econométrica
MA-04251/2022
1 500 56,1% 27,6% 0,5% 2,9% 0,3% 4,8% 7,9% 28,5%
23-27/09 Exata
MA-08199/2022
1 450 56% 26% 1% 4% 1% 6% 6% 30%
23-27/09 Econométrica
MA-01620/2022
1 500 57,3% 28,9% 0,3% 2,1% 0,2% 4,9% 6,4% 28,4%
28-30/09 IPEC
MA-03514/2022
800 58% 28% 2% 3% 1% 4% 4% 30%
↑1 - A pesquisa incluiu ainda o nome de Ricardo Medeiros (DC) como candidato, com 0,8% das intenções de voto

Debates televisionados[editar | editar código-fonte]

Para governador[editar | editar código-fonte]

Dentre as organizadoras de debates para governador, apenas a TV Difusora, TV Guará e o portal Imperatriz Online convidaram todos os concorrentes. Imirante.com e TV Cidade chamaram apenas os 7 candidatos mais bem colocados nas pesquisas eleitorais,[17] e a TV Mirante convidou os candidatos com a representação mínima na Câmara dos Deputados exigida pela legislação.[18] A TV Guará cancelou o seu debate depois que os candidatos Brandão, Lahesio e Edivaldo, que ocupavam as primeiras posições nas pesquisas de intenção de voto, não confirmaram as suas presenças, e o debate que a TV Difusora havia marcado para o dia 23 de setembro foi cancelado devido à incompatibilidade do horário para o qual havia sido marcado com a grade da sua rede, o SBT, e o horário eleitoral.

O candidato Brandão faltou ao debate promovido pela TV Difusora em 18 de agosto, por considerar que a emissora "não é neutra" em sua linha editorial,[19] e aos debates da TV Cidade e do Imperatriz Online, preferindo cumprir outros atos de campanha.[20] Edivaldo se ausentou dos debates do Imirante.com e do Imperatriz Online para cumprir outros atos de campanha,[17] e do debate da TV Cidade após ser internado para tratar de cálculos renais.[21] Lahesio faltou ao debate do Imperatriz Online para cumprir outros atos de campanha. Joás faltou ao debate da TV Difusora em 18 de agosto após problemas em seu deslocamento para São Luís, que inviabilizaram sua participação.[22]

Data Organizadores Mediador Brandão
(PSB)
Weverton
(PDT)
Edivaldo
(PSD)
Enilton
(PSOL)
Lahesio
(PSC)
Simplício
(Sol.)
Joás
(DC)
Hertz
(PSTU)
Frankle
(PCB)
18/08, 12h[23] Rede Difusora, Difusora FM, Difusora On Adalberto Melo Ausente Presente Presente Presente Presente Presente Ausente Presente Presente
01/09, 20h30[17] Imirante.com Clóvis Cabalau Presente Presente Ausente Presente Presente Presente Presente Não convidado Não convidado
14/09, 18h[24] TV Cidade, SuaCidade.com Patrícia Costa Ausente Presente Ausente Presente Presente Presente Presente Não convidado Não convidado
18/09, 21h[25] Imperatriz Online, Difusora FM, Nativa FM Monica Brandão Ausente Presente Ausente Presente Ausente Presente Presente Presente Presente
22/09, 22h[26] TV Guará, Rádio Guará, Massa FM, Portal Guará Cancelado pela emissora
23/09, 19h20[23] Rede Difusora, Difusora FM, Difusora On Cancelado pela emissora
27/09, 22h30[18] Rede Mirante, G1 Paulo Renato Soares Presente Presente Presente Presente Presente Presente Não convidado Não convidado Não convidado

Para senador[editar | editar código-fonte]

Dentre as organizadoras de debates para senador, a TV Cidade foi a única a estabelecer critérios para convidar os candidatos, optando por chamar apenas aqueles com pontuação superior a 3% nas pesquisas. A candidata Antônia se opôs a este critério, uma vez que o PSOL possuía representação suficiente na Câmara, e entrou com uma liminar no TRE-MA. Após receber a liminar com o debate já em andamento, a TV Cidade autorizou a entrada da candidata, que no entanto, aproveitou seu momento de fala para se retirar em protesto.[27] O candidato Dino se ausentou de todos os debates realizados, optando por cumprir outros atos de campanha.

Data Organizadores Mediador Dino
(PSB)
Rocha
(PTB)
Antônia
(PSOL)
Ivo
(DC)
Saulo
(PSTU)
25/08, 12h[23] Rede Difusora, Difusora FM, Difusora On Adalberto Melo Ausente Presente Presente Presente Presente
01/09, 22h[28] TV Guará, Rádio Guará, Portal Guará Hugo Reis Ausente Presente Presente Presente Presente
13/09, 18h[24] TV Cidade, SuaCidade.com Patrícia Costa Ausente Presente Retirou-se Presente Não convidado
15/09, 20h30[29] Imirante.com Carla Lima Ausente Presente Presente Presente Presente

Resultados[editar | editar código-fonte]

Governador[editar | editar código-fonte]

Candidato Vice Turno único
2 de outubro de 2022[30]
Total Percentagem
Carlos Brandão (PSB) Felipe Camarão (PT) 1.769.187 51,29%
Lahesio Bonfim (PSC) Dr. Gutemberg (PSC) 857.744 24,87%
Weverton Rocha (PDT) Hélio Soares (PL) 714.352 20,71%
Edivaldo Holanda Júnior (PSD) Professora Andrea Heringer (PSD) 86.573 2,51%
Enilton Rodrigues (PSOL) Pedra Celestina (PSOL) 7.135 0,21%
Hertz Dias (PSTU) Jayro Mesquita (PSTU) 5.191 0,15%
Simplício Araújo (Solidariedade) Dra. Marly (Solidariedade) 5.009 0,15%
Professor Joás Moraes (DC) Ricardo Medeiros (DC) 2.310 0,07%
Frankle Costa (PCB) Zé JK (PCB) 1.889 0,05%
→ Total de votos válidos 3.449.390 88,03%
→ Votos em branco 120.774 3,09%
→ Votos nulos 348.048 8,88%
Total 3.918.212 77,79%
Abstenções 1.118.518 22,21%
Eleitorado apto 5.036.730
Gráfico em barra
Turno único (02/10/2022)
Partido Candidato Votos Votos (%)
  PSB Brandão 1 769 187
 
51,29%
  PSC Lahesio 857 744
 
24,87%
  PDT Weverton 714 352
 
20,71%
  PSD Edivaldo 86 573
 
2,51%
  PSOL Enilton 7 135
 
0,21%
  PSTU Hertz 5 191
 
0,15%
  Solidariedade Simplício 5 009
 
0,15%
  DC Joás 2 310
 
0,07%
  PCB Frankle 1 889
 
0,05%
Totais 3 449 390  
Fonte: [30]

Senador[editar | editar código-fonte]

Deputados federais eleitos[editar | editar código-fonte]

O Maranhão teve 318 candidatos aptos para concorrer a 18 das 513 cadeiras de deputado federal na Câmara dos Deputados do Brasil. Com a reforma política ocorrida em 2017, não houve coligações proporcionais, ou seja, os candidatos representaram unicamente suas siglas e elas elegeram suas bancadas individualmente.[31]

Candidato(a) Partido Votos Cidade de origem Unidade federativa
Detinha PL 161.206 Cariús  Ceará
Pedro Lucas Fernandes UNIÃO 159.786 São Luís  Maranhão
Josimar Maranhãozinho PL 158.360 Várzea Alegre  Ceará
Juscelino Filho UNIÃO 142.419 São Luís  Maranhão
André Fufuca PP 135.078 Santa Inês  Maranhão
Aluísio Mendes PSC 126.577 Belo Horizonte  Minas Gerais
Júnior Marreca Filho Patriota 116.246 São Luís  Maranhão
Duarte Júnior PSB 111.019 Rio de Janeiro  Rio de Janeiro
Amanda Gentil PP 108.699 Caxias  Maranhão
Márcio Jerry PCdoB (FE Brasil) 106.143 Colinas  Maranhão
Roseana Sarney MDB 97.008 São Luís  Maranhão
Fábio Macedo PODE 95.270 Dom Pedro  Maranhão
Júnior Lourenço PL 93.123 São Luís  Maranhão
Rubens Pereira Júnior PT (FE Brasil) 91.872 São Luís  Maranhão
Josivaldo JP PSD 79.699 Jacundá Pará Pará
Cléber Verde Republicanos 70.275 Santa Luzia  Maranhão
Pastor Gil PL 69.530 Monção  Maranhão
Márcio Honaiser PDT 54.547 Carazinho  Rio Grande do Sul
  Reeleito
  Eleito(a) por quociente eleitoral

Resultados por partido[editar | editar código-fonte]

Partido Votos populares Vagas ±
Votos %
22 Partido Liberal (PL) 626.039 16,87% 4 Aumento 1
44 União Brasil (União) 374.204 10,09% 2 Estável
11 Progressistas (PP) 304.434 8,21% 2 Aumento 1
15 Movimento Democrático Brasileiro (MDB) 301.583 8,13% 1 Baixa 1
40 Partido Socialista Brasileiro (PSB) 277.012 7,47% 1 Estável
20 Partido Social Cristão (PSC) 235.561 6,35% 1 Estável
51 Patriota 231.636 6,24% 1 Estável
55 Partido Social Democrático (PSD) 230.912 6,22% 1 Baixa 1
13 Partido dos Trabalhadores (PT) 224.298 6,05% 1 Baixa 1
19 Podemos (PODE) 222.975 6,01% 1 Aumento 1
10 Republicanos 189.824 5,12% 1 Baixa 1
12 Partido Democrático Trabalhista (PDT) 183.387 4,94% 1 Aumento 1
65 Partido Comunista do Brasil (PCdoB) 178.248 4,80% 1 Estável
23 Cidadania 63.066 1,70% 0
70 Avante 8.162 0,22% 0
90 Partido Republicano da Ordem Social (PROS) 8.069 0,22% 0
36 Agir 7.531 0,20% 0
30 Partido Novo (NOVO) 6.755 0,18% 0
50 Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) 5.817 0,16% 0
43 Partido Verde (PV) 4.806 0,13% 0
14 Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) 4.697 0,13% 0
45 Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) 3.449 0,09% 0
16 Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) 2.819 0,08% 0
27 Democracia Cristã (DC) 2.315 0,06% 0
77 Solidariedade 2.197 0,06% 0
28 Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) 2.023 0,05% 0
35 Partido da Mulher Brasileira (PMB) 1.691 0,05% 0
18 Rede Sustentabilidade (REDE) 1.593 0,04% 0
21 Partido Comunista Brasileiro (PCB) 1.182 0,03% 0
29 Partido da Causa Operária (PCO) 213 0,01% 0
Total de votos válidos 3.710.277 94,69% 18
→ Votos em branco 132.888 3,39%
→ Votos nulos 75.047 1,92%
Total de votos 3.918.212 77,79%
Abstenções 1.118.518 22,21%
Eleitorado apto 5.036.730
Fonte: [30]

Deputados estaduais eleitos[editar | editar código-fonte]

O Maranhão teve 523 candidatos aptos para concorrer a 42 cadeiras de deputado estadual na Assembleia Legislativa do Maranhão. Da mesma forma que nas eleições para deputados federais, não houve coligações proporcionais.[32]

Candidato(a) Partido Votos Cidade de origem Unidade federativa
Iracema Vale PSB 104.729 São Luís  Maranhão
Othelino Neto PCdoB (FE Brasil) 84.815 São Luís  Maranhão
Carlos Lula PSB 80.828 São Luís  Maranhão
Davi Brandão PSB 67.392 Bacabal  Maranhão
Florêncio Neto PSB 56.100 Bacabal  Maranhão
Fabiana Vilar PL 55.314 Várzea Alegre  Ceará
Solange Almeida PL 55.193 Monção  Maranhão
Francisco Nagib PSB 53.125 Codó  Maranhão
Mical Damasceno PSD 52.123 Anajatuba  Maranhão
Neto Evangelista UNIÃO 50.923 São Luís  Maranhão
Aluizio Santos PL 50.770 Chapadinha  Maranhão
Osmar Filho PDT 50.117 São Luís  Maranhão
Rafael Leitoa PSB 49.798 Teresina  Piauí
Dra. Vivianne PDT 49.202 Uruçuí  Piauí
Andreia Rezende PSB 48.186 São Luís  Maranhão
Rildo Amaral PP 48.090 Imperatriz  Maranhão
Abigail PL 48.025 São Francisco  Minas Gerais
Daniella PSB 47.277 Presidente Dutra  Maranhão
Edna Silva Patriota 46.248 Santa Luzia  Maranhão
Glalbert Cutrim PDT 45.134 São Luís  Maranhão
Guilherme Paz Patriota 44.844 Codó  Maranhão
Rodrigo Lago PCdoB (FE Brasil) 43.292 São Luís  Maranhão
Fernando Braide PSC 42.506 São Luís  Maranhão
Ricardo Arruda MDB 42.056 Santos Dumont  Minas Gerais
Dr. Yglésio PSB 42.009 São Luís  Maranhão
Eric Costa PSD 40.629 Barra do Corda  Maranhão
Ariston Ribeiro PSB 40.236 Pastos Bons  Maranhão
Arnaldo Melo PP 39.546 Codó  Maranhão
Claudio Cunha PL 39.104 Apicum-Açu  Maranhão
Janaina Ramos Republicanos 38.927 Imperatriz  Maranhão
Antônio Pereira PSB 38.329 Teixeira  Paraíba
Hemetério Weba PP 37.709 Santa Helena  Maranhão
Cláudia Coutinho PDT 37.435 Caxias  Maranhão
Júnior França PP 35.820 Santa Inês  Maranhão
Juscelino Marreca Patriota 35.567 Santa Luzia  Maranhão
Roberto Costa MDB 34.156 Recife  Pernambuco
Ricardo Rios PCdoB (FE Brasil) 29.304 São Luís  Maranhão
Júlio Mendonça PCdoB (FE Brasil) 29.028 Viana  Maranhão
Ana do Gás PCdoB (FE Brasil) 27.425 São Luís  Maranhão
Leandro Bello PODE 25.064 Timon  Maranhão
Júnior Cascaria PODE 24.910 Poção de Pedras  Maranhão
Wellington do Curso PSC 24.800 Teresina  Piauí
  Reeleito(a)
  Eleito(a) por quociente eleitoral

Resultados por partido[editar | editar código-fonte]

Partido Votos populares Vagas ±
Votos %
40 Partido Socialista Brasileiro (PSB) 861.799 23,28% 10 Estável
22 Partido Liberal (PL) 381.909 10,32% 5 Aumento 1
11 Progressistas (PP) 341.747 9,23% 4 Baixa 2
12 Partido Democrático Trabalhista (PDT) 333.171 9,00% 4 Baixa 1
65 Partido Comunista do Brasil (PCdoB) 244.045 6,59% 5 Estável
51 Patriota 232.583 6,28% 3 Aumento 3
55 Partido Social Democrático (PSD) 207.320 5,60% 2 Baixa 2
15 Movimento Democrático Brasileiro (MDB) 202.326 5,47% 2 Estável
19 Podemos (PODE) 175.894 4,75% 2 Aumento 1
20 Partido Social Cristão (PSC) 144.517 3,90% 2 Aumento 1
13 Partido dos Trabalhadores (PT) 128.413 3,47% 0 Baixa 1
10 Republicanos 91.045 2,46% 1 Aumento 1
44 União Brasil (União) 72.612 1,96% 1 Estável
45 Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) 57.346 1,55% 0
90 Partido Republicano da Ordem Social (PROS) 54.123 1,46% 0
43 Partido Verde (PV) 49.872 1,35% 0 Baixa 2
14 Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) 28.868 0,78% 0
36 Agir 28.587 0,77% 0
28 Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) 25.476 0,69% 0
23 Cidadania 8.203 0,22% 0
50 Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) 7.798 0,21% 0
35 Partido da Mulher Brasileira (PMB) 5.516 0,15% 0
16 Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU) 3.185 0,09% 0
27 Democracia Cristã (DC) 3.104 0,08% 0
18 Rede Sustentabilidade (REDE) 1.400 0,04% 0
29 Partido da Causa Operária (PCO) 177 0,00% 0
Total de votos válidos 3.701.453 94,97% 42
→ Votos em branco 136.366 3,48%
→ Votos nulos 80.393 2,05%
Total de votos 3.918.212 77,79%
Abstenções 1.118.518 22,21%
Eleitorado apto 5.036.730
Fonte: [30]

Referências

  1. «TSE aprova calendário para eleições 2022; propaganda na TV começa em agosto». UOL. 16 de dezembro de 2021. Consultado em 7 de agosto de 2022 
  2. «Carlos Brandão, do PSB, é reeleito governador do Maranhão». G1. 2 de outubro de 2022. Consultado em 3 de outubro de 2022 
  3. «Constituição da República Federativa do Brasil de 1988». Planalto. Consultado em 7 de agosto de 2022 
  4. «Promulgada emenda constitucional da reforma eleitoral». Senado Notícias. 28 de setembro de 2021. Consultado em 20 de agosto de 2022 
  5. «Maranhão elege Flávio Dino (PSB) para o Senado Federal». G1. 2 de outubro de 2022. Consultado em 3 de outubro de 2022 
  6. «Carlos Brandão é confirmado pelo PSB como candidato ao governo do Maranhão». G1. 30 de julho de 2022. Consultado em 7 de agosto de 2022 
  7. «PSD oficializa Edivaldo Holanda Junior como candidato ao governo do Maranhão». G1. 30 de julho de 2022. Consultado em 30 de julho de 2022 
  8. «PSOL oficializa Enilton Rodrigues como candidato ao governo do Maranhão». G1. 5 de agosto de 2022. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  9. Léda, Gilberto (28 de julho de 2022). «PCB também lança candidato a governador do Maranhão». Imirante.com. Consultado em 7 de agosto de 2022 
  10. «PSTU confirma Hertz Dias como candidato a governador do Maranhão». G1. 26 de julho de 2022. Consultado em 29 de julho de 2022 
  11. «PSC confirma Lahesio Bonfim como candidato ao governo do Maranhão». G1. 31 de julho de 2022. Consultado em 31 de julho de 2022 
  12. «Democracia Cristã oficializa Professor Joás Moraes como candidato ao governo do Maranhão». G1. 5 de agosto de 2022. Consultado em 7 de agosto de 2022 
  13. «Solidariedade confirma Simplício Araújo como candidato ao governo do Maranhão». G1. 27 de julho de 2022. Consultado em 29 de julho de 2022 
  14. «PDT confirma Weverton Rocha como candidato ao governo do Maranhão». G1. 29 de julho de 2022. Consultado em 7 de agosto de 2022 
  15. a b c «Ata da reunião para sorteio da escolha da ordem de veiculação da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão de cada partido ou coligação com vistas às eleições de 02 de outubro de 2022.» (PDF). TRE-MA. 19 de agosto de 2022. Consultado em 19 de agosto de 2022 
  16. Iensen, Geraldo (24 de maio de 2022). «Deputado Josimar de Maranhãozinho declara apoio à candidatura de Weverton Rocha». Portal Guará. Consultado em 8 de julho de 2022 
  17. a b c «Debate Imirante é marcado por embates Lahesio x Weverton e Simplício x Brandão». imirante.com. 29 de agosto de 2022. Consultado em 1 de setembro de 2022 
  18. a b «Candidatos ao governo do Maranhão participam de debate na TV Mirante». G1. 28 de setembro de 2022. Consultado em 29 de setembro de 2022 
  19. Matos, Daniel (18 de agosto de 2022). «Brandão justifica ausência em debate da TV Difusora: "vamos debater em espaços imparciais"». O Estado do Maranhão. Consultado em 18 de agosto de 2022 
  20. «Eleições 2022: TV Cidade realiza debate entre candidatos ao Governo do MA». SuaCidade.com. 15 de setembro de 2022. Consultado em 15 de setembro de 2022 
  21. «Edivaldo Holanda Júnior é internado no Hospital UDI e tem agenda de campanha suspensa». O Imparcial. 14 de setembro de 2022. Consultado em 14 de setembro de 2022 
  22. «Candidatos ao Governo do Estado marcam presença em Debate da Difusora». Difusora On. 18 de agosto de 2022. Consultado em 18 de agosto de 2022 
  23. a b c Durans, Camilo (11 de agosto de 2022). «Confira programação completa da TV Difusora nas Eleições 2022». Difusora On. Consultado em 14 de agosto de 2022 
  24. a b «TV Cidade realiza debates entre candidatos ao Senado e Governo do MA». SuaCidade.com. 13 de setembro de 2022. Consultado em 13 de setembro de 2022 
  25. Costa, Nathalie da (18 de setembro de 2022). «Debate de Ferro com candidatos ao Governo do Maranhão». Imperatriz Online. Consultado em 19 de setembro de 2022 
  26. «3 candidatos ao Governo do Maranhão desistem e debate da TV Guará é cancelado». Portal Guará. 22 de setembro de 2022. Consultado em 22 de setembro de 2022 
  27. «Eleições 2022: TV Cidade realiza debate entre candidatos ao Senado». SuaCidade.com. 14 de setembro de 2022. Consultado em 14 de setembro de 2022 
  28. «TV Guará define regras de debates e datas de entrevistas e sabatinas com candidatos a governador e senador do Maranhão». Portal Guará. 9 de agosto de 2022. Consultado em 9 de agosto de 2022 
  29. Lima, Carla (15 de setembro de 2022). «Debate Imirante: candidatos miram gestão Flávio Dino». Imirante.com. Consultado em 15 de setembro de 2022 
  30. a b c d e f «Eleição 2022 Maranhão: Siga Apuração do 1º Turno e Resultados». UOL. 2 de outubro de 2022. Consultado em 5 de outubro de 2022 
  31. «Deputados federais eleitos no MA; veja a lista». G1. 3 de outubro de 2022. Consultado em 3 de outubro de 2022 
  32. «Deputados estaduais eleitos no MA; veja a lista». G1. 3 de outubro de 2022. Consultado em 3 de outubro de 2022 

Ver também[editar | editar código-fonte]