Eleições estaduais no Pará em 2022

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outras eleições, veja Eleições gerais no Brasil em 2022.
2018 Brasil 2026
Eleições estaduais no Pará em 2022
2 de outubro de 2022
(primeiro turno)
Helder Barbalho em junho de 2019 (2; recorte).jpg Zequinha marinho oficial.jpg Major-Marcony.jpg
Candidato Helder Barbalho Zequinha Marinho Leonardo Marcony
Partido MDB PL Solidariedade
Natural de Belém, PA Araguacema, TO Belém, PA
Vice Hana Ghassan
(MDB)
Rosiane Eguchi
(PSC)
Nilo Noronha
(Solidariedade)

Eleito

As eleições estaduais no Pará em 2022 serão realizadas em 2 de outubro (primeiro turno) e 30 de outubro (segundo turno, caso necessário). Os eleitores vão eleger um governador, vice-governador, um senador, 17 deputados para a Câmara dos Deputados e 41 deputados da Assembleia Legislativa. O processo eleitoral de 2022 está marcado pela sucessão para o cargo ocupado pelo atual governador Helder Barbalho, do MDB, que está elegível para um segundo mandato e concorre à reeleição.[1] Para a eleição ao Senado Federal, está em disputa a vaga ocupada por Paulo Rocha, do PT, que não irá disputar a reeleição após anunciar aposentadoria política.[2][3]

O governador e o vice-governador eleitos nesta eleição exercerão um mandato alguns dias mais longo. Isso ocorre devido a Emenda Constitucional n° 111, que alterou a Constituição e estipulou que o mandato dos governadores dos Estados e do Distrito Federal deverá ser iniciado em 06 de janeiro após a eleição. Entretanto, os candidatos eleitos nesta eleição assumem dia 1º de janeiro de 2023 e entregam o cargo no dia 06 de janeiro de 2027.[4]

Calendário eleitoral[editar | editar código-fonte]

Nota: Esta seção apresenta apenas as principais datas do calendário eleitoral de 2022, confira o site oficial do TSE e outras fontes oficiais para informações detalhadas.
Calendário eleitoral
15 de maio Início do financiamento coletivo dos pré-candidatos
20 de julho a 5 de agosto Convenções partidárias para a escolha dos candidatos e das coligações
2 de outubro Primeiro turno das eleições
7 a 28 de outubro Propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão relativa a um eventual segundo turno
30 de outubro Eventual segundo turno das eleições
até 19 de dezembro Diplomação dos eleitos pela Justiça Eleitoral

Candidatos ao governo do estado do Pará[editar | editar código-fonte]

Candidaturas confirmadas[editar | editar código-fonte]

As convenções partidárias iniciaram-se no dia 20 de julho, se estendendo até 5 de agosto. Os seguintes partidos políticos já confirmaram suas candidaturas. Os partidos políticos têm até 15 de agosto de 2022 para registrar formalmente os seus candidatos. [12]

Nota: a tabela a seguir está organizada por ordem alfabética de candidatos, de acordo com o nome registrado na Justiça Eleitoral.

Governador(a)
Cargo político anterior ou profissão
Vice-Governador(a) Coligação/
Federação
Número eleitoral Tempo de horário eleitoral
Imagem Candidato Partido Candidato Partido
Male portrait placeholder cropped.jpg Adolfo Neto[13]   PSOL Professor Vera Rodrigues[14]   PSOL Sem nome
Fed. PSOL Rede[nota 1]
50 31s
Cleber Rabelo discursando afavor da greve da construção civil.png
Cleber Rabelo[9]   PSTU Vereador de Belém
(2013–2016)
Benedita do Amaral[15]   PSTU Nenhuma[16] 16 Não possui
Male portrait placeholder cropped.jpg Felipe Augusto[17]   PRTB Cardiologista Fernando Dourado[18]   PRTB Nenhuma 28 Não possui
Helder Barbalho em junho de 2019 (2; recorte).jpg Helder Barbalho[19]   MDB Governador do Pará
(2019–atualmente)
Hana Ghassan[20]   MDB Pra seguir em frente
MDB, UNIÃO, FE Brasil (PT, PCdoB e PV), Fed. Sempre pra Frente (PSDB e Cidadania), PDT, PP, PSB, PODE, Avante, PSD, Republicanos, PTB, DC[21][nota 2]
15 7min27s
Major-Marcony.jpg Leonardo Marcony[7]   Solidariedade Major do Exército Brasileiro Nilo Noronha[22]   Solidariedade Nenhuma 77 38s
Male portrait placeholder cropped.jpg Paulo Cezar[23]   Agir Engenheiro Murilo Monteiro[24]   Agir Nenhuma 36 Não possui
Female portrait placeholder cropped.jpg Sofia Couto[10]   PMB Coordenadora da Casa do Idoso de Belém
(2019–2020)
Luciano Bombeiro[25]   PMB Nenhuma 35 Não possui
Zequinha marinho oficial.jpg Zequinha Marinho[6]   PL Senador pelo Pará
(2019–atualmente)
Rosiane Eguchi[26]   PSC União do bem pelo Pará
PL, PSC, Patriota
22 1min26s
Apresentação de acordo com a representação partidária Sobras: 0:02

Desistências[editar | editar código-fonte]

  • Willian Fonseca (PRTB) - Prefeito de Oriximiná (2021-presente).[27] Após a decisão do Ministério Público do Pará (MPPA) em manter Fonseca no cargo de Prefeito de Oriximiná, sua candidatura acabou sendo descartada. Além disso, o mesmo não renunciou ao cargo no tempo previsto.[28]
  • José Nery (PSOL) - Senador pelo Pará (2007-2011). Chegou a ser cogitado como candidato ao governo, no entanto, o próprio irá disputar para o cargo de deputado federal.[29]
  • Sílvia Letícia (PSOL) - Professora. Após o partido decidir pela candidatura de Adolfo Neto ao governo, a então candidata optou por se lançar ao cargo de deputada estadual, criando um coletivo com seis nomes.[13]
  • Fernando Carneiro (PSOL) - Vereador de Belém (2013-presente). Com a definição de Adolfo Neto como candidato ao governo do estado, a candidatura acabou sendo descartada.[13]
  • Shirley Alves (PROS) - Professora. Em 18 de agosto, anunciou renúncia atendendo a uma decisão da executiva nacional do partido, uma vez que o comando do PROS foi devolvido a Eurípides Júnior em 5 de agosto, que decidiu pelo apoio ao candidato Luis Inácio Lula da Silva (PT) e pela decisão de não ter candidatos majoritários. Shirley então, optou por se lançar candidata a deputada federal, ficando com uma vaga remanescente pelo TRE.[30] Sua candidatura já enfrentava resistência dentro do próprio partido com uma grande oposição, inclusive de Marcus Holanda, então presidente, chegando a ter sua pré-candidatura rejeitada em 30 de junho[31] e em seguida, se relançando ao cargo em 16 de julho.[32]

Candidatos ao Senado Federal[editar | editar código-fonte]

Os partidos políticos têm até 15 de agosto de 2022 para registrar formalmente os seus candidatos. [12]

Candidaturas confirmadas[editar | editar código-fonte]

Nota: a tabela a seguir está organizada por ordem alfabética de candidatos, de acordo com o nome registrado na Justiça Eleitoral.

Senador(a)
Cargo político anterior ou profissão
Suplentes Coligação/
Federação
Número eleitoral Tempo de horário eleitoral
Imagem Candidato Partido Candidatos Partido
Beto Faro em março de 2015.jpg Beto Faro[33]   PT Deputado federal pelo Pará
(2007–atualmente)
1º suplente:
Josenir
  PT Pra seguir em frente
FE Brasil (PT, PCdoB e PV), Fed. PSOL Rede[13]
131[34] 1min27s
2ª suplente:
Leny Campêlo
  PCdoB
Male portrait placeholder cropped.jpg Elielton Lira[35]   Avante Vereador de Santarém
(2021–atualmente)
1º suplente:
Dr. Ronaldo Lopes
  Avante Nenhuma 700[36] 12s
2º suplente:
José Mira
Foto oficial de Flexa Ribeiro.jpg Flexa Ribeiro[37]   PP Senador pelo Pará
(2005–2019)
1º suplente:
Enric Lauriano
  PP Nenhuma 111[38] 49s
2º suplente:
Leandro Raul
Male portrait placeholder cropped.jpg Gideon Windsor Bush   Agir Mediador voluntário no Tribunal Regional Federal da 1ª Região 1º suplente:
José Eduardo
  Agir Nenhuma 360[23] Não possui
2º suplente:
Nilson Ronaldo
Male portrait placeholder cropped.jpg Jardel Guimarães[39]   PODE Vereador de Santarém
(2017–2020)
1º suplente:
Prof. Pietro Viana
  PODE Nenhuma 190[40] 24s
2º suplente:
Coronel Affonso
Male portrait placeholder cropped.jpg João Santiago[9]   PSTU Professor 1º suplente:
João Orlando
  PSTU Nenhuma 160[41] Não possui
2º suplente:
João Tavares
Deputado Manoel Carlos Antunes.jpg Manoel Pioneiro[42]   PSDB Prefeito de Ananindeua
(1997–2004; 2013–2020)
1º suplente:
João Vicente
  PSDB Sempre pra Frente
Fed. Sempre pra Frente (PSDB e Cidadania), PSB, UNIÃO[43][44]
456[45] 48s
2ª suplente:
Teté Santos
Male portrait placeholder cropped.jpg Márcio Sabbá[10]   PMB Servidor da Polícia Rodoviária Federal 1º suplente:
Dr. Giovanni Vielmond
  PMB Nenhuma 355[46] Não possui
2ª suplente:
Zélia Pamplona
Mario couto senador.JPG Mário Couto[6]   PL Senador pelo Pará
(2007–2014)
1º suplente:
Cassio Marques
  PL União do bem pelo Pará
PL, PSC, Patriota
222[47] 1min2s
2ª suplente:
Fabrícia Barruda
Male portrait placeholder cropped.jpg Paulo Castelo Branco[48]   PROS Jornalista 1º suplente:
Antonio Costa
  PROS Nenhuma 901[49] 13s
2º suplente:
Vanderley Castro
Female portrait placeholder cropped.jpg Renata Fonseca[11]   PRTB Investigadora 1º suplente:
Pastor Max
  PRTB Nenhuma 289[50] Não possui
2º suplente:
Fábio Paixão
Apresentação de acordo com a representação partidária Sobras: 0:05

Candidaturas indeferidas[editar | editar código-fonte]

Senador(a)
Cargo político anterior ou profissão
Suplentes Coligação/
Federação
Número eleitoral Tempo de horário eleitoral
Imagem Candidato Partido Candidatos Partido
Male portrait placeholder cropped.jpg Prado Sá[51]   PV Advogado 1º suplente:
Não informado
  PV Sem Nome
FE Brasil (PT, PCdoB e PV)[nota 3]
430 Não possui
2ª suplente:
Não informado

Desistências[editar | editar código-fonte]

  • Ursula Vidal (MDB) - Secretária de Cultura do Pará (2019–2022). Abriu mão da pré-candidatura ao Senado Federal logo após anunciar a sua desfiliação da REDE, e em seguida se filiou ao MDB, para lançar sua pré-candidatura a deputada federal.[52]
  • Aguinaldo Promissória (UNIÃO) - Vereador de Santarém (2021-2022). Chegou a ser cogitado como pré-candidato ao senado, no entanto, irá disputar a vaga de deputado federal.[2]
  • Simão Jatene (Solidariedade) - Governador do Pará (2003-2006; 2011-2018). Abriu mão da candidatura ao Senado Federal em decorrência do vazamento da notícia pelo próprio partido a um site conhecido, que pretendia lançar seu nome no dia 15 de agosto.[53][54] Além disso, Jatene estaria inelegível até o primeiro turno das eleições em decorrência da reprovação de contas prestadas em seu terceiro mandato e por ter sido condenado em 2017 devido as denúncias de compra de votos, usando o programa "cheque moradia" durante as eleições de 2014, a qual foi reeleito na época.[55][56]


Convenções[editar | editar código-fonte]

As convenções nacionais e estaduais tem como objetivo confirmar as candidaturas presidenciais, estaduais, federais e apoios partidários. Elas podem ocorrer no período de 20 de julho até o dia 5 de agosto de 2022.

Data Partido ou

Federação

Definição da convenção
20 de julho PL Candidatura de Zequinha Marinho (PL) ao governo do estado e Mário Couto (PL) ao senado federal.[47]
PSC Apoio formal à candidatura de Zequinha Marinho (PL) ao governo do estado e indicação de Rosiane Eguchi (PSC) a vice e apoio formal à candidatura de Mário Couto (PL) ao senado federal.[47]
Patriota Apoio formal à candidatura de Zequinha Marinho (PL) ao governo do estado e Mário Couto (PL) ao senado federal.[47]
PSB Apoio formal à candidatura de Helder Barbalho (MDB) ao governo do estado e Manoel Pioneiro (PSDB) ao senado federal.[57]
21 de julho PP Apoio formal à candidatura de Helder Barbalho (MDB) ao governo do estado e candidatura de Flexa Ribeiro (PP) ao senado federal.[37]
26 de julho Republicanos Apoio formal à candidatura de Helder Barbalho (MDB) ao governo do estado.[58]
PSD Apoio formal à candidatura de Helder Barbalho (MDB) ao governo do estado.[59]
UNIÃO Apoio formal à candidatura de Helder Barbalho (MDB) ao governo do estado e Manoel Pioneiro (PSDB) ao senado federal.[44]
PSTU Candidatura de Cleber Rabelo (PSTU) ao governo do estado e João Santiago (PSTU) ao senado federal.[41]
28 de julho Solidariedade Candidatura de Major Marcony (Solidariedade) ao governo do estado.[7]
29 de julho PROS Candidatura de Shirley Alves (PROS) ao governo do estado e Paulo Castelo Branco (PROS) ao senado federal.[48] No entanto, em 18 de agosto, Shirley anunciou desistência, se lançando candidata a deputada federal, atendendo a uma decisão do diretório nacional do partido.[60]
PMB Candidatura de Sofia Couto (PMB) ao governo do estado e Márcio Sabbá (PMB) ao senado federal.[10]
DC Apoio formal à candidatura de Helder Barbalho (MDB) ao governo do estado.[61]
30 de julho Federação Sempre pra Frente (PSDB / Cidadania) Apoio formal à candidatura de Helder Barbalho (MDB) ao governo do estado e candidatura de Manoel Pioneiro (PSDB) ao senado federal.[42]
31 de julho Avante Apoio formal à candidatura de Helder Barbalho (MDB) ao governo do estado e candidatura de Elielton Lira (Avante) ao senado federal.[35]
1.º de agosto Federação Brasil da Esperança (PT / PCdoB / PV) Apoio formal à candidatura de Helder Barbalho (MDB) ao governo do estado e candidatura de Beto Faro (PT) ao senado federal.[33]
2 de agosto PTB Apoio formal à candidatura de Helder Barbalho (MDB) ao governo do estado.[62]
PDT Apoio formal à candidatura de Helder Barbalho (MDB) ao governo do estado.[62]
3 de agosto UP Apoio informal à candidatura Adolfo Neto (PSOL) ao governo do estado.[63]
4 de agosto Federação PSOL REDE Candidatura de Adolfo Neto (PSOL) ao governo do estado e apoio formal à candidatura de Beto Faro (PT) ao senado.[8]
PODE Apoio formal à candidatura de Helder Barbalho (MDB) ao governo do estado e candidatura de Jardel Guimarães ao senado federal.[64]
5 de agosto MDB Candidatura de Helder Barbalho (MDB) ao governo do estado e Hana Ghassan (MDB) a vice-governadora.[5]
Agir Candidatura de Paulo Roseira (Agir) ao governo do estado e Gideon Bush ao senado.[23]
PRTB Candidatura de Felipe Augusto (PRTB) ao governo do estado e Renata Fonseca (PRTB) ao senado federal.[11]
  • Os partidos PMN, PCB, PCO e Novo não apresentaram candidatos e nem definição de apoio as candidaturas ao governo do estado e senado federal.

Assembleia Legislativa[editar | editar código-fonte]

O resultado das últimas eleições estaduais e a situação atual da bancada da Assembleia Legislativa do Pará está abaixo:

Filiação Partidária Membros +/–
Eleitos[65] Atualidade[66]
MDB 7 10 Aumento3
PP 1 5 Aumento4
PSD 3 5 Aumento2
UNIÃO Novo 3 Aumento3
PDT 2 3 Aumento1
PSDB 5 3 Baixa2
PT 3 3 Estável
Republicanos 2 2 Estável
PL 3 1 Baixa2
Cidadania 1 1 Estável
PSOL 1 1 Estável
PSB 1 1 Estável
AVANTE 0 1 Aumento1
PODE 0 1 Aumento1
PSC 2 1 Baixa1
PTB 2 0 Baixa2
DEM 2 0 Baixa2
Patriota 1 0 Baixa1
DC 1 0 Baixa1
PSL 1 0 Baixa1
PMN 1 0 Baixa1
PHS 1 0 Baixa1
Solidariedade 1 0 Baixa1
Total 41

Debates[editar | editar código-fonte]

Os candidatos Cleber Rabelo, Paulo Roseira, Sofia Couto e Felipe Augusto não serão convidados para o debate.

Data Organizadores Mediador Helder
(MDB)
Zequinha
(PL)
Marcony
(Sol.)
Adolfo
(PSOL)
27/09, 22h30[67] TV Liberal, TV Tapajós e G1 A definir
Convidado
Convidado
Convidado
Convidado

Pesquisas de opinião[editar | editar código-fonte]

Governador[editar | editar código-fonte]

Primeiro turno[editar | editar código-fonte]

O primeiro turno está marcado para acontecer em 2 de outubro de 2022. [68]

Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Helder
MDB
Zequinha
PL
Marcony
Solidariedade
Adolfo
PSOL
Sofia
PMB
Cleber
PSTU
Felipe
PRTB
Paulo
Agir
Outros Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Doxa (Estado do Pará) 7–11 de setembro de 2022 2.005 63,6% 8% 2,3% 0,4% 0,4% 2,2% 0,8% 0,4% 0,5%[a] 21,3% 55,6%
Doxa (Castanhal) 1–5 de setembro de 2022 503 54% 8,1% 0,9% 0,6% 0,2% 0,4% 0,6% 0% 35,2% 45,9%
Real Time Big Data 1–2 de setembro de 2022 1.000 67% 11% 2% 2% 0% 1% 1% 0% 16% 56%
Ipec 30 de agosto–1 de setembro de 2022 800 65% 13% 2% 2% 2% 2% 2% 2% 1%[b] 16% 52%
Doxa (Estado do Pará) 26–31 de agosto de 2022 1.200 65,8% 4% 1,3% 0,9% 0,5% 3,4% 0,8% 0,2% 0,3%[c] 22,8% 61,8%
Acertar 26–29 de agosto de 2022 1.200 68,9% 10,2% 0,8% 0,1% 1,1% 0,5% 1,2% 0,8% 16,4% 58,7%
18 de agosto de 2022 Shirley Alves (PROS) desiste da disputa ao Governo do Estado.[60]
Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Helder
MDB
Zequinha
PL
Marcony
Solidariedade
Shirley
PROS
Adolfo
PSOL
Sofia
PMB
Cleber
PSTU
Felipe
PRTB
Paulo
Agir
Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Destak 9–12 de agosto de 2022 1.100 74,2% 7,9% 0,8% 1,7% 0,4% 0,5% 1,9% 1,3% 0% 11,3% 66,3%
Veritate 1–4 de agosto de 2022 1.500 62% 10% 4% 2% 0% 2% 2% 0% 19% 52%
Doxa 26–30 de julho de 2022 2.000 64,4% 5,9% 2,8% 1,8% 0,3% 1,1% 23,7% 58,5%
29 de julho de 2022 Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) decide lançar Adolfo Neto como candidato ao Governo do Estado.[13]
Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Helder
MDB
Zequinha
PL
Marcony
Solidariedade
Fernando
PSOL
Sílvia
PSOL
Shirley
PROS
Cleber
PSTU
Fonseca
PRTB
Outros Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Destak 26–29 de julho de 2022 661 74,7% 7,2% 1,7% 2% 3,2% 10,6% 67,5%
Real Time Big Data 20–21 de julho de 2022 1.500 62% 10% 2% 2% 24% 52%
62% 10% 3% 2% 23% 52%
Doxa 18–26 de julho de 2022 1.300 53,4% 11,9% 4,9% 2,1% 2,1% 2% 23,5% 41,5%
Doxa 9–14 de maio de 2022 2.000 61,4% 6,1% 3,5% 0,8% 2,4% 1,4%[d] 24,4% 55,3%
Real Time Big Data 1516 de abril de 2022 1.200 60% 7% 3% 1% 29% 53%
61% 7% 2% 1% 29% 54%
Abril de 2022 Márcio Miranda deixa o União Brasil (UNIÃO) e filia-se ao Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) para se candidatar a deputado federal.[69]
Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Helder
MDB
Zequinha
PL
Paulo
PT
Miranda
UNIÃO
Jatene
Sem partido
Pioneiro
PSDB
Araceli
PSOL
Ana Júlia
PT
Outros Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Mentor 1721 de fevereiro de 2022 810 62,6% 3,5% 4,1% 6,4% 1,7% 21,7% 59,1%
Phoenix 1418 de fevereiro de 2022 1.351 14,51% 10,58% 8,36% 6,96% 5,92% 5,26% 3,55% 14,32%[e] 27,46% 3,36%

Segundo turno[editar | editar código-fonte]

O segundo turno (caso este seja necessário) está marcado para acontecer em 30 de outubro de 2022. [70]

Helder x Zequinha

Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Helder
MDB
Zequinha
PL
Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Real Time Big Data 1–2 de setembro de 2022 1.000 71% 13% 16% 58%
Real Time Big Data 20–21 de julho de 2022 1.500 68% 14% 18% 54%
Real Time Big Data 1516 de abril de 2022 1.200 67% 13% 20% 54%

Senador[editar | editar código-fonte]

Institutos de opinião Datas de realização Entrevistados Couto
PL
Flexa
PP
Beto
PT
Pioneiro
PSDB
Jardel
PODE
Sabbá
PMB
Elielton
Avante
Outros Abstenções/
Indecisos
Vantagem
Doxa (Estado do Pará) 7–11 de setembro de 2022 2.005 10,2% 9,5% 12,4% 15,8% 4,5% 0,4% 0,4% 3,4%[f] 43,4% 3,4%
Doxa (Castanhal) 1–5 de setembro de 2022 503 12,5% 7,2% 10,3% 3,2% 6,8% 0,4% 1% 1,8%[g] 25,1% 2,2%
Real Time Big Data 1–2 de setembro de 2022 1.000 17% 9% 16% 10% 7% 1% 0% 3%[h] 37% 1%
Ipec 30 de agosto–1 de setembro de 2022 800 15% 9% 12% 7% 8% 2% 0% 7%[i] 41% 3%
Doxa (Estado do Pará) 26–31 de agosto de 2022 1.200 11,5% 8,5% 8,9% 17,1% 9,8% 0,6% 1,2% 1,9% [j] 40,6% 5,6%
Destak 9–12 de agosto de 2022 1.100 12,9% 16,3% 8,9% 4,6% 6,8% 0,6% 1,8% 2,8% [k] 45,3% 3,4%
Veritate 1–4 de agosto de 2022 1.500 19% 9% 10% 9% 0% 2% 0% 5% [l] 46% 9%
Destak 26–29 de julho de 2022 661 20,8% 35,5% 16,6% 0,7% 1% 3,5% 21,8% 14,7%
Doxa 26–30 de julho de 2022 2.000 10,4% 8,8% 8,2% 14,9% 57,9% 4,5%
Real Time Big Data 20–21 de julho de 2022 1.500 18% 18% 14% 11% 39% Empate
Doxa 9–14 de maio de 2022 2.000 7,8% 6,1% 5,7% 5,8% 26,4%[m] 48,2% 18,6%
14,8% 7,3% 12,8% 14% 51,1% 0,8%
Real Time Big Data 1516 de abril de 2022 1.200 18% 14% 14% 12% 42% 4%
Mentor 1721 de fevereiro de 2022 810 10,4% 2,6% 2,8% 9,6% 24,8%[n] 49,7% 14,4%

Notas

  1. Apoio informal: UP
  2. Apesar de fazer parte da Federação Sempre pra Frente, o Cidadania optou por se manter neutro nessas eleições.
  3. Se trata de uma candidatura avulsa, já que o PV faz parte da Federação Brasil da Esperança, que lançou o deputado federal Beto Faro na disputa ao senado.
  1. Shirley Alves (PROS) com 0,5%
  2. Shirley Alves (PROS) com 1%.
  3. Shirley Alves (PROS) com 0,3%
  4. Renata Fonseca (PRTB) com 1,4%
  5. Mário Couto (PL) com 4,89%; Beto Faro (PT) com 4%; Everaldo Eguchi (PL) com 2,4%; Flexa Ribeiro (PP) com 1,85% e Zenaldo Coutinho (PSDB) com 1,18%
  6. Renata Fonseca (PRTB) com 1,3%; João Santiago (PSTU) com 1%; Gideon Bush (Agir) com 0,8%; Paulo Castelo Branco (PROS) com 0,3%; Prado Sá (PV) não pontuou.
  7. Renata Fonseca (PRTB) e João Santiago (PSTU) com 0,6%; Gideon Bush (Agir) e Paulo Castelo Branco (PROS) com 0,4%; Prado Sá (PV) não pontuou.
  8. Renata Fonseca (PRTB) com 2%; João Santiago (PSTU) com 1%; Gideon Bush (Agir), Paulo Castelo Branco (PROS) e Prado Sá (PV) não pontuaram.
  9. Renata Fonseca (PRTB) com 3%; João Santiago (PSTU) com 2%; Gideon Bush (Agir) e Paulo Castelo Branco (PROS) com 1%; Prado Sá (PV) não pontuou.
  10. Renata Fonseca (PRTB) com 1,2%; Paulo Castelo Branco (PROS) com 0,2%; João Santiago (PSTU) com 0,3%; Gideon Bush (Agir) com 0,2%; Prado Sá (PV) não pontuou.
  11. Renata Fonseca (PRTB) com 2,2%; Paulo Castelo Branco (PROS) com 0,6%; João Santiago (PSTU) não pontuou; Gideon Bush (Agir) e Prado Sá (PV) não foram citados na pesquisa
  12. Paulo Castelo Branco (PROS) com 5%; João Santiago (PSTU) e Renata Fonseca (PRTB) não pontuaram; Gideon Bush (Agir) e Prado Sá (PV) não foram citados na pesquisa.
  13. Márcio Miranda (PTB) com 26,4%
  14. Ursula Vidal (MDB) com 24,8%

Referências

  1. «Saiba quem são os pré-candidatos a governador do Pará em 2022». JOTA Info. 8 de abril de 2022. Consultado em 8 de maio de 2022 
  2. a b «Saiba quem deve disputar o Senado pelo Pará». O Liberal. Consultado em 8 de maio de 2022 
  3. «Pará: saiba quem são os pré-candidatos ao governo e ao Senado». CNN Brasil. Consultado em 8 de maio de 2022 
  4. «Promulgada emenda constitucional da reforma eleitoral». Senado Federal. Consultado em 20 de agosto de 2022 
  5. a b «MDB oficializa Helder Barbalho como candidato à reeleição ao governo do Pará». G1. Consultado em 6 de agosto de 2022 
  6. a b c «PL, PSC e Patriota escolhem candidatos ao Governo do Pará e ao Senado». O Liberal. Consultado em 21 de julho de 2022 
  7. a b c «Solidariedade oficializa Major Marcony como candidato a governador do Pará». G1. Consultado em 30 de julho de 2022 
  8. a b «Federação PSOL e Rede oficializa Adolfo Neto como candidato a governador do Pará». G1. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  9. a b c PSTU-PA (20 de junho de 2022). «PA: Cleber Rabelo foi lançado oficialmente como pré-candidato a governador pelo PSTU e pelo Polo Socialista Revolucionário». PSTU. Consultado em 26 de junho de 2022 
  10. a b c d «Eleições 2022: Partido da Mulher Brasileira lança Sofia Couto como candidata ao Governo do Pará». O Liberal. Consultado em 30 de julho de 2022 
  11. a b c Online, DOL-Diário (5 de agosto de 2022). «PRTB lança médico cardiologista ao Governo do Estado». DOL - Diário Online. Consultado em 6 de agosto de 2022 
  12. a b «L9504». www.planalto.gov.br. Consultado em 8 de junho de 2022 
  13. a b c d e «Conferência eleitoral do Psol aprova Adolfo Neto ao governo do Pará». PONTO DE PAUTA - PARÁ. 29 de julho de 2022. Consultado em 30 de julho de 2022 
  14. «Candidata Vera Rodrigues | Eleições 2022». Estadão. Consultado em 3 de setembro de 2022 
  15. «Candidata Benedita Do Amaral | Eleições 2022». Estadão. Consultado em 3 de setembro de 2022 
  16. «PSTU oficializa Cleber Rabelo como candidato a governador do Pará». G1. Consultado em 27 de julho de 2022 
  17. «Dr. Felipe pré-candidato ao Governo do Pará fará frente a Helder e Zequinha no pleito deste ano». TN BRASIL TV. 20 de junho de 2022. Consultado em 26 de junho de 2022 
  18. «Eleições 2022: Conheça os vices nas chapas dos candidatos ao Governo do Pará». O Liberal. Consultado em 3 de setembro de 2022 
  19. «MDB oficializa Helder Barbalho como candidato à reeleição ao governo do Pará». G1. Consultado em 13 de agosto de 2022 
  20. «'Nossos alicerces democráticos estão abalados', afirma Simone Tebet, candidata à Presidência». O Liberal. Consultado em 29 de julho de 2022 
  21. «Ata 26/07/2022 - MDB». Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais - DivulgaCand. 26 de julho de 2022. Consultado em 28 de julho de 2022 
  22. «Ata 28/07/2022 - Solidariedade». Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais - DivulgaCand. 28 de julho de 2022. Consultado em 30 de julho de 2022 
  23. a b c «Ata 05/08/2022 - AGIR». Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais - DivulgaCand. 5 de agosto de 2022. Consultado em 6 de agosto de 2022 
  24. «Diário do Rio Eleições 2022 - Conheça Murilo Monteiro: concorrendo ao cargo de vice-governador em PA pelo AGIR». Diário do Rio de Janeiro. Consultado em 3 de setembro de 2022 
  25. «Candidato Luciano Bombeiro | Eleições 2022». Estadão. Consultado em 3 de setembro de 2022 
  26. «Rosiane Eguchi (PSC) 22: Candidata a Vice-Governadora no PA | Eleições 2022». Tribuna do Paraná. 24 de agosto de 2022. Consultado em 3 de setembro de 2022 
  27. «Delegado e prefeito de Oriximiná lança pré-candidatura ao Governo do Estado do Pará». www.romanews.com.br. Consultado em 8 de maio de 2022 
  28. «MPPA opta por manter Fonseca na Prefeitura de Oriximiná -». Uruá-Tapera. 11 de maio de 2022. Consultado em 26 de junho de 2022 
  29. «'Estou triste por abrir mão do melhor emprego do mundo', afirma Boris Johnson». O Liberal. Consultado em 21 de julho de 2022 
  30. «Renúncia: candidata ao Governo do Pará anuncia que está fora da disputa ao Executivo». O Liberal. Consultado em 18 de agosto de 2022 
  31. «Direção nacional do Pros afirma que não deverá ter candidatura ao Governo do Pará». O Liberal. Consultado em 2 de julho de 2022 
  32. Belém.com.br; Belém.com.br (18 de julho de 2022). «PROS lança Shirley Alves como pré-candidata a Governo do Estado». Belém.com.br. Consultado em 22 de julho de 2022 
  33. a b «PT no Pará lança candidaturas ao Senado, Câmara dos Deputados e Alepa». G1. Consultado em 2 de agosto de 2022 
  34. «Ata 01/08/2022 - Federação Brasil da Esperança - FE BRASIL». Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais - DivulgaCand. 31 de julho de 2022. Consultado em 2 de agosto de 2022 
  35. a b «Partido Avante faz convenção e oficializa candidatura de Elielton Lira ao Senado». https://www.portalsantarem.com.br/. Consultado em 2 de agosto de 2022 
  36. «Ata 31/07/2022 - Avante». Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais - DivulgaCand. 31 de julho de 2022. Consultado em 2 de agosto de 2022 
  37. a b Online, DOL-Diário (21 de julho de 2022). «PP oficializa Flexa ao Senado e apoio a Helder ao Estado». DOL - Diário Online. Consultado em 22 de julho de 2022 
  38. «Ata 04/08/2022 - PP». Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais - DivulgaCand. 4 de agosto de 2022. Consultado em 6 de agosto de 2022 
  39. Disner, Elton; Carneiro, Jeso (3 de agosto de 2022). «Podemos anuncia nesta 5ª candidatura do Delegado Jardel ao Senado». Jeso Carneiro. Consultado em 6 de agosto de 2022 
  40. «Ata 04/08/2022 - PODE». Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais - DivulgaCand. 4 de agosto de 2022. Consultado em 6 de agosto de 2022 
  41. a b «Ata 26/07/2022 - PSTU». Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais - DivulgaCand. 26 de julho de 2022. Consultado em 30 de julho de 2022 
  42. a b «PSDB realiza convenção em Belém e lança candidatos ao Senado, à Alepa e Câmara Federal». G1. Consultado em 31 de julho de 2022 
  43. «Com a presença de Jader Filho e Pioneiro, PSB-PA realiza lança candidatos para as eleições de outubro». 21 de julho de 2022. Consultado em 22 de julho de 2022 
  44. a b «Eleições 2022: União Brasil anuncia candidatos e apoio ao governador Helder Barbalho». O Liberal. Consultado em 27 de julho de 2022 
  45. «Ata 30/07/2022 - Federação PSDB Cidadania». Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais - DivulgaCand. 30 de julho de 2022. Consultado em 2 de agosto de 2022 
  46. «Ata 14/08/2022 - PMB». Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais - DivulgaCand. 14 de agosto de 2022. Consultado em 15 de agosto de 2022 
  47. a b c d «Ata 20/07/2022 - PL». Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais - DivulgaCand. 20 de julho de 2022. Consultado em 30 de julho de 2022 
  48. a b «PROS oficializa Shirley Alves como candidata ao governo do Pará». G1. Consultado em 30 de julho de 2022 
  49. «Ata 29/07/2022 - PROS». Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais - DivulgaCand. 29 de julho de 2022. Consultado em 2 de agosto de 2022 
  50. «Ata 05/08/2022 - PRTB». Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais - DivulgaCand. 5 de agosto de 2022. Consultado em 6 de agosto de 2022 
  51. «Registro de candidatura de Prado Sá no Divulgacand 2022». Consultado em 14 de setembro de 2022 
  52. Monteiro, Márcio (9 de abril de 2022). «Ursula Vidal é do MDB». Bacana.news Notícias do Pará. Consultado em 14 de junho de 2022 
  53. «Exclusivo: A volta de Simão Jatene - Diógenes Brandão». 13 de agosto de 2022. Consultado em 16 de agosto de 2022 
  54. «Simão Jatene desiste de candidatura, após seu partido vazar estratégia eleitoral - Diógenes Brandão». 15 de agosto de 2022. Consultado em 16 de agosto de 2022 
  55. «Deputados rejeitam contas de ex-governador Simão Jatene». Assembleia Legistaliva do Estado do Pará. Consultado em 16 de agosto de 2022 
  56. «TRE cassa mandato de Simão Jatene, governador do Pará; cabe recurso». G1. Consultado em 16 de agosto de 2022 
  57. «Ata 20/07/2022 - PSB». Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais - DivulgaCand. 20 de julho de 2022. Consultado em 30 de julho de 2022 
  58. «Ata 26/07/2022 - Republicanos». Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais - DivulgaCand. 26 de julho de 2022. Consultado em 30 de julho de 2022 
  59. «Eleições 2022: PSD realiza convenção e homologa apoio à reeleição de Helder Barbalho». O Liberal. Consultado em 30 de julho de 2022 
  60. a b «Eleições: Shirley Alves (Pros) desiste de candidatura ao governo do Pará». G1. Consultado em 18 de agosto de 2022 
  61. Online, DOL-Diário (29 de julho de 2022). «DC/PA oficializa candidatos para as eleições de 2022». DOL - Diário Online. Consultado em 30 de julho de 2022 
  62. a b «PTB e PDT realizam convenção em Belém e lançam candidatos ao Senado, à Alepa e Câmara Federal». G1. Consultado em 3 de agosto de 2022 
  63. Jornal Liberal 2ª Edição | Unidade Popular realiza convenção | Globoplay, consultado em 6 de agosto de 2022 
  64. «Podemos realiza convenção em Belém e lançam candidatos ao Senado, à Alepa e Câmara Federal». G1. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  65. «Deputados estaduais eleitos no Pará». Eleições 2018. Consultado em 15 de junho de 2022 
  66. «Metade dos deputados estaduais muda de partido antes das eleições 2022». Assembleia Legistaliva do Estado do Pará. Consultado em 15 de junho de 2022 
  67. «Mauricio Stycer - Globo define datas de debates presidenciais: já são 7 os eventos agendados». noticias.uol.com.br. Consultado em 5 de agosto de 2022 
  68. «Brasil terá eleições livres em 2022 e com instituições funcionando, diz Barroso». G1. Consultado em 8 de junho de 2022 
  69. «Márcio Miranda se filia ao PTB e será candidato a deputado federal pelo Pará». ptb.org.br (em inglês). Consultado em 1 de agosto de 2022 
  70. «Confira as principais datas do calendário eleitoral de 2022». TSE - Tribunal Superior Eleitoral. 3 de janeiro de 2022. Consultado em 11 de junho de 2022