Saltar para o conteúdo

Eleições gerais na Bolívia em 1993

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Eleição geral boliviana de 1993
  1989 ← Bolívia → 1997
6 de junho de 1993
Candidato Gonzalo Sánchez de Lozada Hugo Banzer Suárez Carlos Palenque Avilés
Partido MNR ADN CONDEPA
Natural de Cidade de La Paz Concepción, (Santa Cruz) Cidade de La Paz
Companheiro de chapa Víctor Hugo Cárdenas Conde Óscar Zamora Medinaceli Ivo Kuljis Füchtner
Vencedor em La Paz
Cochabamba
Santa Cruz
Oruro
Potosí
Chuquisaca
Beni
Tarija
Pando Nenhum
Votos 585,890 346,811 235,427
Porcentagem 35,56% 21,05% 14,29%

Candidato mais votado no primeiro turno por departamento.
  Gonzalo Sánchez de Lozada
  Hugo Banzer Suárez

As eleições presidenciais bolivianas de 1993 foram realizadas no domingo, 6 de junho de 1993.[1] Como nenhum candidato obteve mais da metade dos votos, coube ao Congresso Nacional escolher o presidente entre os mais votados. Gonzalo Sánchez de Lozada foi eleito presidente.[2]


Ligações externas

[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Gabriela Máximo (6 de junho de 1993). «Bolívia renova democracia no voto». Jornal do Brasil, ano CIII, edição 59, página 23/republicado pela Biblioteca Nacional-Hemeroteca Digital Brasileira. Consultado em 3 de julho de 2022 
  2. «Empresário de oposição vence eleição presidencial da Bolívia». Tribuna da Imprensa, ano XLIV, edição 13215, página 9/republicado pela Biblioteca Nacional-Hemeroteca Digital Brasileira. 8 de junho de 1993. Consultado em 3 de julho de 2022