Eleições gerais na Nova Zelândia em 2020

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
← 2017 • Flag of New Zealand.svg • 2023
Eleições gerais na Nova Zelândia em 2020
120 deputados à Câmara dos Representantes da Nova Zelândia
17 de outubro de 2020
Demografia eleitoral
Hab. inscritos:  3 549 580
Votantes : 2 919 073
  
82.24% Green Arrow Up.svg 3.1%
No flag.svg
Partido Trabalhista
Votos: 1 443 545  
Lugares obtidos: 65 Green Arrow Up.svg 41.3%
  
50.01%
Partido Nacional
Votos: 738 275  
Lugares obtidos: 33 Red Arrow Down.svg 41.1%
  
25.58%
Green Party of Aotearoa New Zealand logo.jpg
Partido Verde
Votos: 226 757  
Lugares obtidos: 10 Green Arrow Up.svg 25%
  
7.86%
ACT New Zealand CMYK.svg
ACT Nova Zelândia
Votos: 219 031  
Lugares obtidos: 10 Green Arrow Up.svg 900%
  
7.59%
NZ First logo 2017.png
Nova Zelândia Primeiro
Votos: 75 020  
Lugares obtidos: 0 Red Arrow Down.svg 100%
  
2.60%
No flag.svg
Partido Maori
Votos: 33 630  
Lugares obtidos: 2  
  
1.17%
Coat of arms of New Zealand.svg
Parte da série sobre
Política da Nova Zelândia
Portal da Nova Zelândia

As eleições gerais na Nova Zelândia em 2020, que elegeram o 53.º Parlamento da Nova Zelândia, foram realizadas em 17 de outubro de 2020 para eleger 120 deputados à Câmara dos Representantes da Nova Zelândia, 72 por círculos uninominais e 48 por voto em lista fechada. Dois referendos, um sobre o uso pessoal de cannabis e outro sobre a eutanásia, também foram realizados.[1][2] Os primeiros resultados das eleições gerais foram divulgados, com os resultados preliminares do referendo divulgados a 30 de outubro. Os resultados oficiais finais da eleição e do referendo serão divulgados em 6 de novembro.[3]

O Partido Trabalhista, no governo, liderado pela primeira-ministra Jacinda Ardern, venceu as eleições numa vitória esmagadora contra o Partido Nacional, liderado por Judith Collins.[4] Foi a primeira vez que um partido político da Nova Zelândia garantiu um governo de maioria sob o sistema de representação proporcional de membros mistos (MMP) introduzido em 1996.[5] Os trabalhistas também alcançaram a maior percentagem do voto popular (49,1%) para qualquer partido político desde as eleições gerais de 1951. Da mesma forma, esta eleição foi o pior resultado para o Partido Nacional desde 2002, e um dos piores da história.

O partido libertário ACT Nova Zelândia e os Verdes ganharam tornaram-se, respetivamente, na terceira e quarta forças políticas, com este último a conseguir conquistar um deputado por um círculo uninominal,[6] enquanto o Partido Maori reentrou no Parlamento. O partido nacionalista populista Nova Zelândia Primeiro, liderado pelo vice-primeiro-ministro Winston Peters em coligação com o Partido Trabalhista, sofreu seu pior resultado da história, perdendo representação parlamentar.[7][8]

Embora os resultados das sondagens no início do ano não tenham sido particularmente fortes para nenhum dos principais partidos, Ardern e o governo trabalhista foram elogiados por sua resposta à pandemia COVID-19 na Nova Zelândia. As sondagens sugeriram então que o Partido Trabalhista poderia governar com o apoio dos Verdes ou apenas como um governo maioritário.[9] Em contraste, a liderança do Partido Nacional mudou duas vezes em menos de três meses, incapaz de melhorar seus fracos resultados nas sondagens.[10] Acredita-se que o Partido Trabalhista ganhou o apoio de eleitores centristas, muitos dos quais haviam votado anteriormente no Partido Nacional sob John Key.[11]

Partidos[editar | editar código-fonte]

Partido Líder Ideologia Espectro
Partido Nacional Judith Collins Conservadorismo liberal Centro-direita
Partido Trabalhista Jacinda Ardern Social democracia Centro-esquerda
Nova Zelândia Primeiro Winston Peters Populismo Centro
Partido Verde James Shaw
Marama Davidson
Ecologismo Esquerda
ACT Nova Zelândia David Seymour Liberalismo clássico Direita

Resultados Oficiais[editar | editar código-fonte]

Partido Distrito Eleitoral Lista de Partido Total
Votos % +/- Deputados +/- Votos % +/- Deputados +/- Deputados +/-
Partido Trabalhista 1 357 501
48,07 / 100,00
Aumento10,19
46 / 72
Aumento17 1 443 545
50,01 / 100,00
Aumento13,12
19 / 48
Aumento2
65 / 120
Aumento19
Partido Nacional 963 845
34,13 / 100,00
Baixa9,92
23 / 72
Baixa12 738 275
25,58 / 100,00
Baixa18,87
10 / 48
Baixa5
33 / 120
Baixa23
Partido Verde 162 245
5,74 / 100,00
Baixa1,17
1 / 72
Aumento1 226 757
7,86 / 100,00
Aumento1,59
9 / 48
Aumento1
10 / 120
Aumento2
ACT Nova Zelândia 97 697
3,46 / 100,00
Aumento2,45
1 / 72
Estável 219 031
7,59 / 100,00
Aumento7,08
9 / 48
Aumento9
10 / 120
Aumento9
Nova Zelândia Primeiro 30 209
1,07 / 100,00
Baixa4,38
0 / 72
Estável 75 020
2,60 / 100,00
Baixa4,60
0 / 48
Baixa9
0 / 120
Baixa9
O Partido das Oportunidades 25 181
0,89 / 100,00
Baixa0,14
0 / 72
Estável 35 971
1,51 / 100,00
Baixa0,94
0 / 48
Estável
0 / 120
Estável
Novo Partido Conservador 49 598
1,76 / 100,00
Aumento1,52
0 / 72
Estável 35 971
1,48 / 100,00
Aumento1,24
0 / 48
Estável
0 / 120
Estável
Partido Maori 60 837
2,15 / 100,00
Aumento0,04
1 / 72
Aumento1 23 932
1,00 / 100,00
Baixa0,01
1 / 48
Aumento1
2 / 120
Aumento2
Avançar Nova Zelândia 25 054
0,89 / 100,00
Novo
0 / 72
Novo 28 429
0,99 / 100,00
Novo
0 / 48
Novo
0 / 120
Novo
Legalizar a Cannabis 8 044
0,28 / 100,00
Aumento0,12
0 / 72
Estável 13 329
0,46 / 100,00
Aumento0,15
0 / 48
Estável
0 / 120
Estável
Votos Inválidos 94 875
4,62 / 100,00
Baixa0,57 32 653
1,77 / 100,00
Baixa0,33
Total 2 919 073
100,00 / 100,00
72 / 72
2 919 073
100,00 / 100,00
48 / 48
120 / 120
Eleitorado/Participação 3 549 580
82,24 / 100,00
Aumento2,49 3 549 580
82,24 / 100,00
Aumento2,49
Fonte [12]
LAB GRN MRI NAT ACT
65 10 2 33 10

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Euthanasia bill to go to referendum after knife-edge vote in Parliament». NZ Herald (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2020 
  2. «Recap: MPs vote in favour of End of Life Choice Bill at final reading». Stuff (em inglês). 13 de novembro de 2019. Consultado em 18 de outubro de 2020 
  3. «New Zealand Election Results». Consultado em 18 de outubro de 2020 
  4. Roy, Eleanor Ainge; Graham-McLay, Charlotte (17 de outubro de 2020). «Jacinda Ardern to govern New Zealand for second term after historic victory». The Observer (em inglês). ISSN 0029-7712. Consultado em 18 de outubro de 2020 
  5. «New Zealand election: Jacinda Ardern's Labour Party scores landslide win». BBC News (em inglês). 17 de outubro de 2020. Consultado em 18 de outubro de 2020 
  6. «Election 2020: How Chlöe Swarbrick won the campaign of a lifetime and turned a blue seat Green». Stuff (em inglês). 18 de outubro de 2020. Consultado em 18 de outubro de 2020 
  7. «Party profile: NZ First — NZ Election 2020». Your complete guide to NZ Election 2020 — Policy (em inglês). Consultado em 18 de outubro de 2020 
  8. «Kingmaker no more: Winston Peters consigned to NZ political history». the Guardian (em inglês). 17 de outubro de 2020. Consultado em 18 de outubro de 2020 
  9. «TV3 Poll Results | Reid Research | Independent Field Market Research». web.archive.org. 9 de março de 2019. Consultado em 18 de outubro de 2020 
  10. «Weakness in National's third line of defence has spread to the front line - will it be able to regain credibility to critique the Government's Covid-19 response?». interest.co.nz. 10 de julho de 2020. Consultado em 18 de outubro de 2020 
  11. «Election 2020: Labour launches an extremely centrist campaign». Stuff (em inglês). 8 de agosto de 2020. Consultado em 18 de outubro de 2020 
  12. «2020 GENERAL ELECTION - OFFICIAL RESULTS AND STATISTICS». ElectionResults.govt.nz. 30 de novembro de 2020. Consultado em 30 de novembro de 2020