Eleições gerais no Reino Unido em 1983

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

As eleições gerais no Reino Unido em 1983 foram realizadas a 9 de junho para eleger os 650 assentos da Câmara dos Comuns do Reino Unido.

O grande vencedor das eleições foi o Partido Conservador, liderado por Margaret Thatcher, que, não só manteve a maioria absoluta que detinha, como ampliou-a, conquistado 397 assentos, mais 58 em relação a 1979[1]. Apesar da forte impopularidade inicial com o programa económico seguido por Thatcher, culminando em forte recessão e a um recorde de mais de três milhões de britânicos desempregados[2], a vitória na Guerra das Malvinas deu uma enorme popularidade aos conservadores, culminando numa vitória esmagadora nestas eleições[3].

O Partido Trabalhista, liderado por Michael Foot, sofreu um resultado desastroso, perdendo mais de 60 deputados e caindo mais de 9% nos votos em relação a 1979[4]. Foot, próxima da ala mais radical dos trabalhistas, formou um programa eleitoral, que foi descrito como a "Carta mais longa de suicídio", pela imprensa britânica, e, muito contribuiu para a queda dos trabalhistas[5]. Importa referir que o radicalismo de Foot criou divisões profundas no partido, culminando na fundação do Partido Social-Democrata, formado por membros da ala moderada dos trabalhistas, como Roy Jenkins[6].

Os recém-formadas social-democratas rapidamente entraram numa aliança eleitoral com o Partido Liberal e, inicialmente, tiveram um sucesso enorme nas sondagens, com muitas a indicaram uma forte possibilidade de venceram estas eleições, mas, após a Guerra das Malvinas, a aliança caiu em intenção dos votos[7]. Nas eleições, a aliança entre liberais e social-democratas conseguiu mais de 25% dos votos, mas, por culpa do sistema eleitoral britânico, ficou-se com 23 deputados, um resultado frustrante, tendo em contas as enormes expectativas iniciais[8].

Após as eleições, Thatcher continuou a liderar o governo do Reino Unido[9].

Resultados oficiais[editar | editar código-fonte]

Partido Votos % +/- Deputados +/-
Partido Conservador 13 012 316 42,4 Baixa1,5
397 / 650
Aumento58
Partido Trabalhista 8 456 934 27,6 Baixa9,3
209 / 650
Baixa60
Partido Liberal 4 273 146 13,9 Aumento0,1
17 / 650
Aumento6
Partido Social Democrata 3 521 624 11,5 Novo
6 / 650
Novo
Aliança Liberal - SDP 7 794 770 25,4 Aumento11,6
23 / 650
Aumento12
Partido Nacional Escocês 331 975 1,1 Baixa0,5
2 / 650
Estável
Partido Unionista do Ulster 259 952 0,8 Estável
11 / 650
Aumento6
Partido Unionista Democrático 152 749 0,5 Aumento0,3
3 / 650
Estável
Partido Social Democrata e Trabalhista 137 012 0,4 Estável
1 / 650
Estável
Plaid Cymru 125 309 0,4 Estável
2 / 650
Estável
Sinn Féin 102 701 0,3 Novo
1 / 650
Novo
Partido Popular Unionista do Ulster 22 861 0,1 Estável
1 / 650
Estável
Outros 264 730 1,0
0 / 650
Total 30 661 309 100
650 / 650
Aumento15
Eleitorado/Participação 42 175 116 72,7 Baixa3,3

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre o Reino Unido é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.