Eleições legislativas na Áustria em 2002

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
← 1999 • Flag of Austria.svg • 2006
Eleições legislativas austríacas de 2002
183 deputados ao Conselho Nacional
24 de novembro de 2002
Demografia eleitoral
Hab. inscritos:  5 912 592
Votantes : 4 982 261
  
84.27% Green Arrow Up.svg 4.8%
OVP.logo.png
Partido Popular
Votos: 2 076 833  
Lugares obtidos: 79 Green Arrow Up.svg 51.9%
  
42.30%
Logo SPÖ.svg
Partido Social-Democrata
Votos: 1 792 499  
Lugares obtidos: 69 Green Arrow Up.svg 6.2%
  
36.51%
Logo of Freedom Party of Austria.svg
Partido da Liberdade
Votos: 491 328  
Lugares obtidos: 18 Red Arrow Down.svg 65.4%
  
10.01%
Logo Die Gruenen.svg
Os Verdes - Alternativa Verde
Votos: 464 980  
Lugares obtidos: 17 Green Arrow Up.svg 21.4%
  
9.47%
No flag.svg
Extraparlamentares (Com menos de 4,00%)
Votos: 84 005  
Lugares obtidos: 0  
  
1.71%

As eleições legislativas austríacas de 2002 foram realizadas a 24 de Novembro.

Estas eleições foram antecipadas, devido a divisões internas profundas no Partido da Liberdade da Áustria, que levou à saída do partido do governo com o ÖVP.

Os resultados foram históricos para o Partido Popular Austríaco, que, pela primeira vez desde 1966, tornou-se o partido mais votado e com mais deputado. O ÖVP conquistou 42,3% dos votos e 79 deputados, o que, implica um aumento de, cerca, 15% dos votos e mais 27 deputados, quando comparado com as eleições de 1999.

O Partido Social-Democrata da Áustria foi relegado para o segundo lugar, mas, apesar disso, conseguiu um reforço na votação e um aumento de 4 deputados, ficando, com, cerca de, 36,5% dos votos e 69 deputados.

O grande derrotado foi o Partido da Liberdade da Áustria. O FPÖ, que, com a liderança de Jörg Haider, tornou-se um dos 3 grandes partidos do país, muito graças à retórica populista, nacionalista e eurocéptica, perdeu muitos dos seus votantes, quando, em 1999, formou governo com o ÖVP. O partido perdeu, cerca de, 17% dos votos e 34 deputados, ficando-se pelos 10% dos votos e 18 deputados. Este foi o pior resultado do partido desde 1986.

Por fim, de destacar, o bom resultado de Os Verdes - Alternativa Verde, que, conquistou mais 3 deputados, ficando com 17, e, cerca de, 9,5% dos votos.

Após as eleições, a coligação ÖVP-FPÖ foi renovado, mantendo-se Wolfgang Schüssel como chanceler.[1]

Resultados Oficiais[editar | editar código-fonte]

Partido Votos % +/- Deputados +/-
Partido Popular 2 076 833
42,30 / 100,00
Aumento15,39
79 / 183
Aumento27
Partido Social-Democrata 1 792 499
36,51 / 100,00
Aumento3,36
69 / 183
Aumento4
Partido da Liberdade 491 238
10,01 / 100,00
Baixa16,90
18 / 183
Baixa34
Os Verdes - Alternativa Verde 464 980
9,47 / 100,00
Aumento2,07
17 / 183
Aumento3
Barreira Eleitoral de 4,00%
Outros (com menos de 1,00%) 84 005
1,71 / 100,00
0 / 183
Votos inválidos 72 616
Total 4 982 261
100,00 / 100,00
183 / 183
Eleitorado/Participação 5 912 592
84,27 / 100,00
Aumento3,85
Fonte [2]

Referências

  1. «Cabinets: Government: Federal Chancellery of Austria» (em inglês). Chancelaria Federal da Áustria. Consultado em 17 de novembro de 2015. Arquivado do original em 26 de dezembro de 2013 
  2. «BM.I - Wahlen - Nationalrat - Wahl 2002» (em alemão). Ministério Federal do Interior. Consultado em 17 de novembro de 2015