Eleições parlamentares na Bulgária em 2014

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

As eleições parlamentares búlgaras de 2014 foram realizadas a 5 de outubro[1].

Estas eleições foram antecipadas, devido à queda do governo entre o Partido Socialista Búlgaro e o Movimento pelos Direitos e Liberdades[2].

As eleições deram a vitória ao partidos dos Cidadãos pelo Desenvolvimento Europeu da Bulgária, mas, o grande destaque foi o facto de 8 partidos terem entrado no parlamento, número recorde desde da queda do comunismo, em 1989[3].

Após as eleições, Boyko Borisov regressou ao cargo de primeiro-ministro, formando um governo de coligação com o Bloco Reformista e a Alternativa pelo Renascimento Búlgaro[4].

Tabela de resultados[editar | editar código-fonte]

Partido Nº Votos % +/- Nº Deputados +/-
GERB 1 072 491 32,7 Aumento2,2
84 / 240
Baixa13
Partido Socialista Búlgaro e aliados 505 527 15,4 Baixa11,2
39 / 240
Baixa45
Movimento pelos Direitos e Liberdades 487 134 14,8 Aumento3,5
38 / 240
Aumento2
Bloco Reformista 291 806 8,9 Baixa0,5
23 / 240
Aumento23
Frente Patriótica 239 101 7,3 Aumento1,7
19 / 240
Aumento19
Bulgária sem Censura 186 938 5,7 Novo
15 / 240
Novo
União Nacional Ataque 148 262 4,5 Baixa2,8
11 / 240
Baixa12
Alternativa pelo Renascimento Búlgaro 136 223 4,2 Novo
11 / 240
Novo
Movimento 21 39 221 1,2 Novo
0 / 240
Novo
Voz Popular 37 335 1,1 Baixa0,2
0 / 240
=
Outros 137 942 4,2
0 / 240
Votos inválidos 218 125 6,2 Aumento3,7
Total 3 501 269 100 240
Eleitorado/Participação 6 858 304 51,1 Baixa0,2
Fonte [5]

Referências