Eleições parlamentares na Noruega em 2021

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Eleições parlamentares na Noruega em 2021
Noruega
← 2017 13 de Setembro de 2021 2025 →

Todos os 169 assentos no Storting
85 assentos necessários para maioria
Comparecimento 77.1% Baixa 1.1
Partido Líder(es) % Ass. ±
Trabalhista Jonas Gahr Støre 26,3 48 -1
Conservador Erna Solberg 20,4 36 -9
Centro Trygve Slagsvold Vedum 13,5 28 +9
Progresso Sylvi Listhaug 11,6 21 -6
Esquerda Socialista Audun Lysbakken 7.6 13 +2
Vermelho Bjørnar Moxnes 4,7 8 +7
Liberal Guri Melby 4,6 8 0
Verde Une Aina Bastholm 3,9 3 +2
Democrata Cristão Kjell Ingolf Ropstad 3,8 3 -5
Focus em Pacientes Irene Ojala 0,2 1 +1
Lista com partidos que ganharam assentos. Confira o resultado abaixo.
Norwegian Parliamentary Election 2021.svg
Primeiro-ministro anterior
Wil Lee-Wright foto Rein Traante2017 MG 0419 (32592903182).jpg Erna Solberg
Conservador


As eleições parlamentares na Noruega em 2021 ocorreram em 13 de setembro de 2021 [1][2][3] e permitiu a eleição de todos os 169 deputados do parlamento da Noruega - o Storting - em 2021-2025. [4]

Na noite de 13 de setembro, a então primeira-ministra da Noruega, Erna Solberg, do Partido Conservador, reconheceu a derrota. Seu partido acabou com o segundo maior número de representantes.[5] O Partido Trabalhista de Jonas Gahr Støre manteve sua posição, como o maior partido da Noruega, apesar de uma pequena queda no número de votos em relação à última eleição em 2017. [6]

Havia uma expectativa de que Støre se tornasse o primeiro-ministro da Noruega, caso ele conseguisse formar uma coalizão com o Partido de Centro e o Partido Socialista de Esquerda. Todavia este último partido anunciou que ficaria na oposição por desacordo na política climática e nos assuntos sociais. [7]

Cenário Político[editar | editar código-fonte]

Nas eleições anteriores, realizadas em setembro de 2017, Erna Solberg do Partido Conservador conseguiu ser reconduzida como primeira-ministra norueguesa, graças à maioria parlamentar conseguida pelos partidos de direita (Partido Conservador, Partido do Progresso, Partido Liberal e Partido Democrata Cristão)[8].

Entre novembro de 2018 e janeiro de 2019, os democratas-cristãos decidiram juntarem-se à coligação governativa do Partido Conservador, fazendo com que, pela primeira vez desde 1985, a Noruega tivesse um governo com todos os partidos de direita representados no parlamento[9].

Esta coligação dos quatro partidos de direita iria durar pouco tempo já que em janeiro de 2020, o Partido do Progresso retirou-se do governo após Solberg ter decidido a repatriação de uma mulher ligada ao Estado Islâmico e dos seus filhos de volta à Noruega. Apesar disto, Solberg manteve-se em funções num governo minoritário até ao final do mandato[10][11][12].

Partidos[editar | editar código-fonte]

Nome Ideologia Aspectro político Líder Resultados de 2017
Votes (%) Assentos
Ap Partido Trabalhista
Arbeiderpartiet
Social-democracia Centro-esquerda Jonas Gahr Støre 27,4%
49 / 169
H Partido Conservador
Høyre
Conservadorismo liberal Centro-direita Erna Solberg 25%
45 / 169
FrP Partido do Progresso
Fremskrittspartiet
Conservadorismo nacional Direita Sylvi Listhaug 15,2%
27 / 169
Sp Partido do Centro
Senterpartiet
Agrarianismo nórdico Centro Trygve Slagsvold Vedum 10,3%
19 / 169
SV Partido da Esquerda Socialista
Sosialistisk Venstreparti
Socialismo democrático Esquerda Audun Lysbakken 6,0%
11 / 169
V Partido Liberal
Venstre
Liberalismo Centro Guri Melby 4,4%
8 / 169
KrF Partido Democrata Cristão
Kristelig Folkeparti
Democracia cristã Centro a Centro-direita Kjell Ingolf Ropstad 4,2%
8 / 169
MDG Partido Verde
Miljøpartiet De Grønne
Política verde Centro-esquerda Une Aina Bastholm 3,2%
1 / 169
R Partido Vermelho
Rødt
Comunismo Esquerda a Extrema-esquerda Bjørnar Moxnes 2,4%
1 / 169

Resutado[editar | editar código-fonte]

Resultado da eleição ao Parlamento da Noruega em 13 de setembro de 2021
Norway Storting 2021.svg
Partido Votos Assentos
# % ± # ±
Partido Trabalhista (Ap) 760.978 26,4% -1% 48 -1
Partido Conservador (H) 590.629 20,5% -4,6% 36 -9
Partido do Centro (Sp) 392.099 13,6% +3,3% 28 +9
Partido do Progresso (FrP) 338.039 11,7% -3,5% 21 -6
Partido da Esquerda Socialista (SV) 216.011 7,5% +1,4% 13 +2
Partido Vermelho (R) 135.572 4,7% +2,3% 8 +7
Partido Liberal (V) 129.415 4,5% +0,1% 8 -
Partido Verde (MDG) 110.972 3,8% +0,6% 3 +2
Partido Democrata Cristão (KrF) 110.069 3,8% -0,4% 3 -5
Democratas na Noruega (DEM) 33.280 1,2% +1,0% 0 0
Partido dos Pensionistas (PP) 18,710 0.6% +0.2% 0 0
Os Cristãos (PDK) 10.186 0,4% +0,1% 0 0
Partido da Indústria e Negócios (INP) 9,762 0.3% +0.3% 0 Novo
Partido Central (S) 7,542 0.3% +0.3% 0 Novo
Partido da Saúde (HP) 6,306 0.2 % -0.1% 0 0
Focus em Pacientes (PF) 4.908 0,2% +0,2% 1 Novo
Libertários (Lib) 4.326 0,1% - 0 0
Ação Popular contra Pedágios (FNB) 3.352 0,1% +0,1% 0 Novo
A Aliança (AfN) 2.413 0,1% +0,1% 0 0
Partido Pirata (PIR) 2.256 0.1% - 0 0
Partido Comunista da Noruega (NKP) 303 0.0% - 0 0
Iniciativa Feminista (FI) 275 0,0% - 0 0
O Partido da Geração (GP) 171 0,0% -0,1% 0 Novo
Partido Costeiro (KP) 167 0.0% - 0 0
Salve a Natureza (RN) 97 0.0% - 0 Novo
Partido da Geração (GP) 88 0.0% - 0 Novo
Total 2.905.748 100% 169 ±0
Brancos e/ou invalidados 18.447
Eleitores registrados/Nível de comparecimento 3.891.736 76,5 %
Fonte: valgresultat.no

Referências

  1. «Dato for valgdagen 2021 er satt». NTB (em norueguês). iTromsø. 6 de março de 2020. Consultado em 22 de setembro de 2021 
  2. «Governo norueguês perde maioria no Parlamento após repatriar suspeita de extremismo». AFP; Reuters. Folha de S.Paulo. 21 de janeiro de 2020. Consultado em 22 de setembro de 2021 
  3. «Governo da Noruega enfrenta grande derrota nas eleições de setembro, mostra pesquisa». Plu. 10 de agosto de 2021. Consultado em 22 de setembro de 2021 
  4. «Tall for hele Norge - Stortingsvalg - 2021» (em norueguês). Valgdirektoratet. Consultado em 21 de setembro de 2021 
  5. M. Olsen, Jan (14 de setembro de 2021). «Norway's center-left heads to victory in general elections» (em inglês). AP. Consultado em 21 de setembro de 2021 
  6. «Retomada ou ilusão? Esquerda governa em todos os países nórdicos». Agence France-Presse. ISTOÉ Dinheiro. 15 de setembro de 2021. Consultado em 21 de setembro de 2021 
  7. Stephen Treloar. «Norway Coalition Talks in Disarray as Socialist Left Walks Out» (em inglês). Bloomberg. Consultado em 30 de setembro de 2021 
  8. «As it happened: Erna Solberg reelected as Norwegian prime minister». The Local Norway (em inglês). 12 de setembro de 2017. Consultado em 13 de setembro de 2021 
  9. «Norway: PM Solberg strikes deal to form center-right majority». POLITICO (em inglês). 18 de janeiro de 2019. Consultado em 13 de setembro de 2021 
  10. «Nå legges den nye regjeringskabalen. Kan være klar fredag.». www.aftenposten.no (em norueguês bokmål). Consultado em 13 de setembro de 2021 
  11. News, A. B. C. «Norway left with minority government after populists quit». ABC News (em inglês). Consultado em 13 de setembro de 2021 
  12. Staff, Reuters (20 de janeiro de 2020). «Norway PM Solberg says to stay in office with minority government». Reuters (em inglês). Consultado em 13 de setembro de 2021