Eleições presidenciais portuguesas de 2021

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Eleição presidencial de Portugal de 2021
  2016 ← Flag of Portugal.svg → 2026
janeiro de 2021


Coat of arms of Portugal.svg
Presidente de Portugal

Eleito

As eleições presidenciais portuguesas de 2021 realizar-se-ão em janeiro ou fevereiro de 2021 e determinarão quem será presidente da República de Portugal nos cinco anos seguintes. O atual presidente é Marcelo Rebelo de Sousa.

A Constituição e a lei eleitoral exigem que tanto a primeira volta como a segunda da eleição tenham lugar nos 60 dias anteriores ao termo do mandato do atual titular (que termina a 9 de março de 2021) ou nos 60 dias seguintes à vacatura do cargo e, ainda, que, no caso de haver segunda volta, esta se realize três semanas após a primeira[2][3]. Assim, tendo em conta a tradição portuguesa de as eleições se realizarem ao domingo e antes do término do mandato corrente, a primeira volta deverá ter lugar em qualquer domingo entre 10 de janeiro e 14 de fevereiro.

História[editar | editar código-fonte]

Marcelo Rebelo de Sousa foi eleito, em 24 de janeiro de 2016, com 52% dos votos na primeira volta[4] numas eleições com 51,3%[5] de abstenção, tendo por isso apenas o voto de cerca de 1/4 dos eleitores. Tomou posse perante a Assembleia da República[nota 1] em 9 de março de 2016[6].

Sistema eleitoral[editar | editar código-fonte]

De acordo com a lei portuguesa, o candidato deve receber a maioria absoluta dos votos (50% mais um voto) para ser eleito. Se nenhum candidato alcançar a maioria na primeira volta, deve ser realizada uma segunda volta, entre os dois candidatos que receberam mais votos na primeira.[7]

Para se candidatar às eleições, cada candidato deve reunir 7500 assinaturas de apoio um mês antes da eleição e submetê-las ao Tribunal Constitucional de Portugal. Em seguida, o Tribunal Constitucional deve verificar se as candidaturas apresentadas cumprem os requisitos para se submeterem à votação. [8] O maior número de candidaturas já aceites foi de dez em 2016.

Candidatos[editar | editar código-fonte]

Declarados[editar | editar código-fonte]

Candidato Cargos públicos e profissão Apoio partidário Notas
Gomes, Ana-9446.jpg Ana Gomes LIVRE [9][10]
André Ventura rentree.png André Ventura CHEGA [11]
Bruno fialho 2021 (cropped).jpg Bruno Fialho Partido Democrático Republicano [12]
No image (female).svg Carla Maria de Bastos Borrões
  • militante do PS
  • inspetora da Inspeção-Geral de Finanças
[13]
Gonçalo da Câmara Pereira Partido Popular Monárquico [14]
João Ferreira Partido Comunista Português,
Partido Ecologista "Os Verdes"
[15]
Marisa Matias, SomosBibliotecas (cropped).png Marisa Matias Bloco de Esquerda [16][17]
No image (male).svg Orlando Cruz [18]
Tiago Mayan Gonçalves Iniciativa Liberal [19][20]
No image (male).svg Vitorino Silva [21]

Potenciais[editar | editar código-fonte]

Candidato Profissão e cargo Notas
Marcelo Rebelo de Sousa em fevereiro de 2018.jpg Marcelo Rebelo de Sousa [22][23]
Miguel Albuquerque.png Miguel Albuquerque [24]

Pesquisas de opinião[editar | editar código-fonte]

Sondagens eleitorais[editar | editar código-fonte]

A tabela abaixo lista a evolução das intenções de voto nos diferentes candidatos.

Instituto Realização Amostra Margem
de erro
Photo action to mark Migrants International Day (João Ferreira) (cropped2).jpg Vantagem
Marcelo R. Sousa
PPD/PSD
Ana Gomes

Ind.

André Ventura
CH
Marisa Matias
B.E.
João Ferreira
CDU
Tiago Mayan
IL
Bruno Fialho
PDR
G. Câmara Pereira
PPM
Vitorino Silva
R.I.R.
2021
                       
2020
Intercampus[25] 6–9 Set. 2020 614 ± 4,00 60,3% 14% 9,4% 6,2% 0,5% 46,3%
Intercampus[26] 6–11 Ago. 2020 601 ± 4,00 67,7% 8,7% 10,1% 4,2% 57,6%
Aximage[27] 7–8 Jul. 2020 600 ± 4,00 65,0% 13,0% 7,0% 4,0% 52,0%
Intercampus[28] 9–13 Jun. 2020 610 ± 4,00 62,6% 10,8% 9,8% 5,4% 51,8%
Eurosondagem[29] 20–23 Abr. 2020 1,048 ± 3,03 70,7% 8,4% 5,5% 7,2% 62,3%
Intercampus[30] 11–17 Fev. 2020 614 ± 4,00 58,5% 8,8% 9,3% 4,6% 49,2%
Intercampus[31] 19–24 Jan. 2020 619 ± 4,00 68,5% 8,7% 7,4% 59,8%

Classificações de aprovação[editar | editar código-fonte]

A tabela abaixo lista a evolução da opinião pública sobre o desempenho do presidente em exercício.

Instituto Realização Amostra Margem
de erro
Marcelo Rebelo de Sousa
Aprova Rejeita Indiferente Diferença
Eurosondagem[32] 17–21 Nov. 2019 1.011 ± 3,08 72,1 7,7 20,2 64,4
Intercampus[33] 2–11 Set. 2019 801 ± 3,50 81,1 6,5 12,4 74,6
Aximage[34] 1–8 Set. 2019 985 ± 3,10 80,8 13,0 6,3 67,8
Eurosondagem 1–5 Set. 2019 1.022 ± 3,08 70,7 6,7 22,6 64,0
Pitagórica 12–24 Ago. 2019 1.525 ± 2,56 87 13 0 74
Aximage[35] 20–27 Jul. 2019 1.354 ± 2,70 78,8 15,6 5,6 63,2
Aximage[36] 12–15 Jul. 2019 601 ± 4,00 69,5 13,9 16,6 55,6
Pitagórica[37] 8–14 Jul. 2019 800 ± 3,54 92 8 0 84
Eurosondagem[38] 7–11 Jul. 2019 1.011 ± 3,08 71,9 8,3 19,8 63,6
Aximage[39] 13–19 Jun. 2019 605 ± 4,00 65,8 18,2 16,0 47,6
Eurosondagem[40] 2–6 Jun. 2019 1.008 ± 3,09 71,0 8,5 20,4 62,5
UCP–CESOP[41] 16–19 Mai. 2019 1.882 ± 2,30 95 5 0 90
Pitagórica[42] 10–19 Mai. 2019 605 ± 4,07 89 11 0 78,0
Aximage[43] 3–8 Mai. 2019 601 ± 4,00 65,7 17,1 17,2 48,6
Pitagórica[44] 3–13 Abr. 2019 605 ± 4,07 91 9 0 82
Eurosondagem[45] 7–11 Abr. 2019 1.019 ± 3,07 70,0 8,1 21,9 61,9
Aximage[46] 30 Mar.–1 Abr. 2019 602 ± 4,00 65,8 19,3 14,9 46,5
Aximage[47] 9–13 Mar. 2019 600 ± 4,00 69,2 18,1 12,7 51,1
Eurosondagem[48] 10–14 Mar. 2019 1.020 ± 3,07 69,0 9,0 22,0 60,0
Aximage[49] 5–10 Fev. 2019 602 ± 4,00 67,1 24,2 8,7 42,9
Eurosondagem[50] 2–9 Jan. 2019 1.010 ± 3,08 71,0 6,5 22,5 64,5
Aximage[51] 4–7 Jan. 2019 608 ± 4,00 74,3 17,0 8,7 57,3
Aximage 7–11 Dez. 2018 602 77,7 11,5 10,8 66,2
Eurosondagem 7–14 Nov. 2018 1.018 71,8 7,0 21,2 64,8
Aximage 9–12 Nov. 2018 603 79,4 11,8 8,8 67,6
Aximage 1–3 Out. 2018 601 79,5 11,3 9,2 68,2
Eurosondagem 5–12 Set. 2018 1.008 73,0 8,7 18,3 64,3
Aximage 1–2 Set. 2018 603 79,0 10,5 10,5 68,5
Aximage 13–16 Jul. 2018 600 80,5 8,8 10,7 71,7
Eurosondagem 4–11 Jul. 2018 1.011 72,5 8,3 19,2 64,2
Aximage 9–12 Jun. 2018 602 84,0 6,5 9,5 77,5
Aximage 5–9 Mai. 2018 600 87,0 4,9 8,1 82,1
Eurosondagem 3–9 Mai. 2018 1.008 73,0 9,0 18,0 64,0
Aximage 8–12 Abr. 2018 601 86,0 4,8 9,2 81,2
Eurosondagem 8–14 Mar. 2018 1.010 72,0 8,1 19,9 63,9
Aximage 2–5 Mar. 2018 605 88,2 4,4 7,4 83,8
Aximage 3–6 Fev. 2018 603 87,3 5,5 7,2 81,8
Eurosondagem 14–17 Jan. 2018 1.018 71,8 8,2 20,0 63,6
Aximage 6–9 Jan. 2018 600 87,0 4,8 8,2 82,2
Eurosondagem 6–12 Dez. 2017 1.017 71,7 8,7 19,6 63,0
Aximage 1–4 Dez. 2017 603 84,8 6,9 8,3 77,9
Eurosondagem 8–15 Nov. 2017 1.010 70,0 7,5 22,5 62,5
Aximage 4–6 Nov. 2017 600 84,1 8,1 7,8 76,0
Aximage 14–17 Out. 2017 603 87,0 6,0 7,0 81,0
Eurosondagem 4–11 Out. 2017 1.011 69,1 7,1 23,8 62,0
Eurosondagem 31 Ago.–6 Set. 2017 1.007 72,0 10,3 17,7 61,7
Aximage 29–30 Ago. 2017 597 87,4 6,2 6,4 81,2
Eurosondagem 27 Jul.–2 Ago. 2017 1.011 71,0 9,5 19,5 61,5
Aximage 6–11 Jul. 2017 604 87,8 5,6 6,6 82,2
Eurosondagem 28 Jun.–5 Jul. 2017 1.008 70,7 9,8 19,5 60,9
Aximage 7–11 Jun. 2017 601 89,2 4,9 5,9 84,3
Eurosondagem 1–7 Jun. 2017 1.010 70,0 9,4 20,6 60,6
Eurosondagem 3–10 Mai. 2017 1.005 69,0 8,5 22,5 60,5
Aximage 5–8 Mai. 2017 603 88,1 4,4 7,5 83,7
Eurosondagem 30 Mar.–5 Abr. 2017 1.003 71,7 11,7 16,6 60,0
Aximage 2–4 Abr. 2017 600 88,8 3,9 7,3 84,9
Eurosondagem 1–8 Mar. 2017 1.011 72,0 13,8 14,2 58,2
Aximage 4–6 Mar. 2017 608 88,2 4,4 7,4 83,8
Aximage 5–8 Fev. 2017 601 92,6 2,8 4,6 89,8
Eurosondagem 1–8 Fev. 2017 1.017 69,0 14,0 17,0 55,0
Eurosondagem 5–11 Jan. 2017 1.010 70,0 13,1 16,9 56,9
Aximage 6–9 Jan. 2017 603 92,9 3,0 4,1 89,9
Eurosondagem 7–14 Dez. 2016 1.016 68,0 11,2 20,8 56,8
Aximage 2–4 Dez. 2016 605 92,8 3,1 4,1 89,7
UCP–CESOP 19–22 Nov. 2016 977 90 5 5 85
Eurosondagem 2–9 Nov. 2016 1.011 70,7 13,7 15,6 57,0
Aximage 31 Out.–1 Nov. 2016 601 92,2 3,0 4,8 89,2
Eurosondagem 6–12 Out. 2016 1.010 69,4 11,0 19,6 58,4
Aximage 1–3 Out. 2016 608 91,2 2,9 5,9 88,3
Eurosondagem 7–14 Set. 2016 1.009 71,0 13,3 15,7 57,7
Aximage 2–5 Set. 2016 603 91,1 3,1 5,8 88,0
Eurosondagem 26 Jul.–2 Ago. 2016 1.005 70,0 12,5 17,5 57,5
Aximage 15–17 Jul. 2016 606 91,0 3,1 5,9 87,9
Eurosondagem 30 Jun.–6 Jul. 2016 1.023 68,6 13,1 18,3 55,5
Eurosondagem 1 Jun.–7 Jun. 2016 1.025 70,0 13,6 16,4 56,4
Aximage 30 Mai.–1 Jun. 2016 606 87,9 4,5 7,6 83,4
Eurosondagem 5–11 Mai. 2016 1.031 68,4 12,1 19,5 56,3
Aximage 7–9 Mai. 2016 600 92,4 3,6 4,0 88,8
Eurosondagem 7–13 Abr. 2016 1.026 68,0 12,5 19,5 55,5
Aximage 2–3 Abr. 2016 601 87,9 6,2 5,9 81,7

Notas

  1. Nos termos do n.º 1 do artigo 127 da Constituição da República Portuguesa, «O Presidente eleito toma posse perante a Assembleia da República.»

Referências

  1. "Marcelo Rebelo de Sousa eleito Presidente". Público.
  2. Ver os artigos 125.º e 126.º da Constituição portuguesa
  3. Ver artigo 11.º do Decreto-Lei n.º 319-A/76, consolidado, que regulamenta a eleição do presidente da República
  4. Cf. Mapa oficial n.º 3/2016, de 19 de fevereiro.
  5. «PORDATA - Taxa de abstenção nas eleições para a Presidência da República: total, residentes em Portugal e residentes no estrangeiro». www.pordata.pt. Consultado em 25 de agosto de 2020 
  6. Cf. Diário da Assembleia da República, I série, de 10 de março de 2016.
  7. Artigo 126.º da Constituição da República Portuguesa.
  8. N.ºs 1 e 2 do artigo 124.º da Constituição da República Portuguesa.
  9. «Ana Gomes é candidata à Presidência da República». Público. 8 de setembro de 2020. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  10. SAPO. «Presidenciais: Livre declara apoio oficial a Ana Gomes». SAPO 24. Consultado em 21 de setembro de 2020 
  11. Alvarez, Luciano. «André Ventura anuncia candidatura a Presidente da República». PÚBLICO. Consultado em 19 de maio de 2020 
  12. https://observador.pt/2020/07/27/lider-do-pdr-anuncia-candidatura-ao-centro-para-belem/
  13. «O PS já tem uma militante que quer ser Presidente». Público. 27 de agosto de 2020. Consultado em 12 de setembro de 2020 
  14. https://twitter.com/camarapereira21
  15. «João Ferreira é o candidato presidencial do PCP». Expresso. 12 de setembro de 2020. Consultado em 12 de setembro de 2020 
  16. «Marisa lança-se a Belém ao lado de médicos e enfermeiros». Expresso. 5 de setembro de 2020. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  17. Borges, Liliana (5 de setembro de 2020). «BE entra na corrida às eleições presidenciais com Marisa Matias». Público. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  18. «Orlando Cruz lança candidatura a Belém. E revela "acordo" em 2016 com Marcelo». Lusa. 10 de setembro de 2020. Consultado em 10 de setembro de 2020 
  19. https://twitter.com/LiberalMayan/status/1286798171310628864?s=19
  20. «Mayan 2021 • A alternativa liberal». Mayan 2021. Consultado em 25 de julho de 2020 
  21. «SIC Notícias | Tino de Rans será candidato à Presidência da República contra "populismos"». SIC Notícias. Consultado em 9 de setembro de 2020 
  22. Rodrigues, Sofia (5 de junho de 2020). «Rio admite como provável apoio a Marcelo e diz que Ventura é "marketing eleitoral"». Público. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  23. Antunes, Rui Pedro (5 de junho de 2020). «Rio diz que apoio do PS a Marcelo é "honroso para o PSD" e antecipa apoio "provável" do partido ao ex-líder». Observador. Consultado em 8 de setembro de 2020 
  24. Marques, Rui Pedro Antunes, Francisca Ferreira. «Albuquerque ainda não desistiu de candidatura a Belém, mas não descarta apoiar Ventura ou Marcelo». Observador. Consultado em 20 de agosto de 2020 
  25. PÚBLICO. «Ana Gomes passa para segundo lugar com 14% das intenções de voto». PÚBLICO. Consultado em 16 de setembro de 2020 
  26. Ficha técnica
  27. Ficha técnica
  28. Ficha técnica
  29. Ficha técnica
  30. Ficha técnica
  31. Ficha técnica
  32. Ficha técnica
  33. Ficha técnica
  34. Ficha técnica
  35. Ficha técnica
  36. Ficha técnica
  37. Ficha técnica
  38. Ficha técnica
  39. Ficha técnica
  40. Ficha técnica
  41. Ficha técnico
  42. Ficha técnica
  43. Ficha técnica
  44. Ficha técnica
  45. Ficha técnica
  46. Ficha técnica
  47. Ficha técnica
  48. Ficha técnica
  49. Ficha técnica
  50. Ficha técnica
  51. Ficha técnica

Veja também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]