Eleonora Giorgi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Eleonora Giorgi
Eleonora Giorgi
Nascimento 21 de outubro de 1953
Roma,  Itália
Ocupação atriz, cineasta, roteirista
Outros prêmios
David di Donatello, Nastro d'Argento

Eleonora Giorgi (Roma, 21 de Outubro de 1953) é uma atriz italiana.

Biografia[editar | editar código-fonte]

A sua estreia como atriz protagonista é de 1973, no filme Storia di una monaca di clausura de Tonino Cervi, onde também entra Catherine Spaak; o sucesso de público continua no ano seguinte com Appassionata, ao lado de Ornella Muti. No mesmo ano posa nua para a Playboy.

A sua carreira dá um passo em frente em 1976, quando entra em filmes como L'Agnese va a morire de Giuliano Montaldo e Cuore di cane de Alberto Lattuada. Em 1977 é a vez de Una spirale di nebbia de Eriprando Visconti. Elm 1979 casa com Angelone Rizzoli e actua ao lado de Giuliano Gemma e Michele Placido no filme Un uomo in ginocchio de Damiano Damiani, um dos poucos papéis dramáticos da sua carreira.

De facto a sua carreira cinematográfica é quase toda feita em filmes de comédia, tendo actuado ao lado de intérpretes que fizeram fortuna na comédia italiana dos anos oitenta, entre eles Renato Pozzetto, Carlo Verdone, Johnny Dorelli e até Adriano Celentano, ao lado do qual participou nos filmes Mani di velluto, de 1979 e Grand Hotel Excelsior de 1982.

Entre muitos prémios recebidos por Eleonora Giorgi, destacam-se o David di Donatello e Nastro d'Argento[1] de 1982 para a melhor atriz, pelo filme Borotalco de Carlo Verdone. Trabalhou também na rádio e televisão.

Em 1984 pede a separação do marido, recentemente saido da cadeia, depois de envolvido no escândalo P2. Em 2003 faz a sua estreia com directora com o filme Uomini & donne, amori & bugie protagonizado por Ornella Muti.

Em 2008 estreia-se no teatro.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Este artigo sobre uma atriz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.