Elephants Can Remember

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Elephants Can Remember
Os Elefantes Têm Memória (PT)
Os Elefantes Não Esquecem (BR)
Autor (es) Agatha Christie
Idioma inglês
País Reino Unido
Género romance policial
Editora Collins Crime Club
Lançamento novembro de 1972
Páginas 256 (1ª edição, capa dura)
ISBN 0-002-31210-7
Edição portuguesa
Tradução Maria João Delgado
Editora Edições Asa
Lançamento 2008
Edição brasileira
Editora Editora Nova Fronteira
ISBN 000.85.209.1801-8
Cronologia
Último
Nemesis
Postern of Fate
Próximo

Elephants Can Remember (Os elefantes não esquecem, no Brasil[1] / Os elefantes têm memória, em Portugal) é um romance policial de Agatha Christie, publicado em 1972.

Este foi o penúltimo livro escrito pela autora e o último escrito a contar com a presença do detetive Hercule Poirot e da escritora de livros de mistério Ariadne Oliver. Poirot ainda faria uma última aparição, ao lado de seu amigo Hastings, no romance Cai o Pano, escrito na década de 40, mas lançado somente em 1975.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Ariadne Oliver, uma escritora de romances policiais, é aleatoriamente questionada sobre o antigo caso do assassinato do casal Ravenscroft, mortos há 15 anos. Intrigada com o mistério que envolve o caso, ela pede ajuda ao seu grande amigo Hercule Poirot, com a esperança de solucioná-lo. Mas, para isso, eles contarão com a ajuda de pessoas que viveram naquela época, partindo da premissa de que elas são como os elefantes, e não esqueceram de nada.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.