Eleutério (Itapira)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Eleutério.
Eleutério
  Distrito do Brasil  
Localização
Estado  São Paulo
Município Itapira
História
Criado em 24 de dezembro de 1948 (73 anos)
Características geográficas
Área total 55,362 km²
População total (2010) 784 hab.

Eleutério é um distrito do município brasileiro de Itapira, no interior do estado de São Paulo[1][2].

História[editar | editar código-fonte]

Origem[editar | editar código-fonte]

O povoado que deu origem ao distrito se desenvolveu ao redor da estação ferroviária Eleutério, inaugurada pela Companhia Mogiana de Estradas de Ferro em 19/09/1891[3].

Fatos históricos[editar | editar código-fonte]

O distrito teve um importante papel na Revolução Constitucionalista de 1932. O casarão Frasseto, a mais imponente construção de Eleutério, serviu de base para as tropas de São Paulo, sendo mais tarde tomada pelo exército de Getúlio Vargas[4][5].

Formação administrativa[editar | editar código-fonte]

  • Distrito Policial de Eleutério criado em 10/06/1913 no município de Itapira[6].
  • Distrito criado pela Lei n° 233 de 24/12/1948, formado com o povoado do mesmo nome mais terras do distrito sede de Itapira[7][8].

Geografia[editar | editar código-fonte]

População[editar | editar código-fonte]

Crescimento população urbana
Censo Pop.
1950309
196044644,3%
1970300−32,7%
1980190−36,7%
19912036,8%
199635675,4%
200041115,4%
20104509,5%
Fonte: IBGE e Fundação SEADE

Pelo Censo 2010 (IBGE) a população total do distrito era de 784 habitantes, e a população urbana era de 450 habitantes[9].

Área territorial[editar | editar código-fonte]

A área territorial do distrito é de 55,362 km²[10].

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Rodovias[editar | editar código-fonte]

O distrito localiza-se às margens da Rodovia Comendador Virgulino de Oliveira (SP-352), entre as cidades de Itapira e Jacutinga (MG), próximo ao distrito de Sapucaí, na divisa com Minas Gerais.

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Registro civil[editar | editar código-fonte]

Atualmente é feito na sede do município, pois o Cartório de Registro Civil das Pessoas Naturais do distrito foi extinto pela Resolução nº 1 de 29/12/1971 do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, e seu acervo foi recolhido ao cartório do distrito sede[12][13].

Saneamento[editar | editar código-fonte]

O serviço de abastecimento de água é feito pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto (SAAE)[14].

Energia[editar | editar código-fonte]

A responsável pelo abastecimento de energia elétrica é a CPFL Paulista, distribuidora do grupo CPFL Energia[15][16].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Divisão Territorial do Brasil». IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística 
  2. «Municípios e Distritos do Estado de São Paulo» (PDF). IGC - Instituto Geográfico e Cartográfico 
  3. «Eleutério -- Estações Ferroviárias do Estado de São Paulo». www.estacoesferroviarias.com.br. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  4. «Revolução de 1932 - Eleutério o ponto de resistência | PCI». www.cidadedeitapira.com.br. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  5. «Bem perto: que tal passear em Eleutério?». opopularmm.com.br. 9 de fevereiro de 2018. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  6. «Divisão judiciária e administrativa do Estado de São Paulo em 1937 - publicação: 1938». bibliotecadigital.seade.gov.br. Consultado em 14 de janeiro de 2022 
  7. «Comissão de Estatística - Relação Geral de Processos - 1948» (PDF). Diário Oficial do Estado de São Paulo 
  8. «Lei n° 233, de 24/12/1948». www.al.sp.gov.br. Consultado em 10 de dezembro de 2020 
  9. «IBGE | Censo 2010 | Sinopse por Setores». censo2010.ibge.gov.br. Consultado em 7 de março de 2021 
  10. «Organização do território | IBGE». www.ibge.gov.br. Consultado em 7 de março de 2021 
  11. Silva, Magno Pereira; Pinto, Lilian Vilela Andrade (1 de fevereiro de 2018). «Uso do solo e conservação de matas ciliares da Bacia Hidrográfica do Rio Eleutério no município de Monte Sião, Minas Gerais». Revista Agrogeoambiental (4). ISSN 2316-1817. doi:10.18406/2316-1817v9n420171020. Consultado em 20 de janeiro de 2022 
  12. «Resolução nº 1, de 29/12/1971» (PDF). www.imprensaoficial.com.br. Consultado em 7 de março de 2021 
  13. «Arpen-SP disponibiliza cadastro estadual de acervos anexados e lista de localização de antigos municípios - 13/04/2008». ARPEN-SP. Consultado em 7 de março de 2021 
  14. «Municípios e Saneamento». IAS - Instituto Água e Saneamento. Consultado em 6 de fevereiro de 2022 
  15. «CPFL Paulista | Grupo CPFL». www.grupocpfl.com.br. Consultado em 6 de fevereiro de 2022 
  16. «Arsesp - Mapa de Concessionárias». www.arsesp.sp.gov.br. Consultado em 6 de fevereiro de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um distrito ou povoado é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.