Eleutério Francisco de Castelo Branco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Eleutério Francisco de Castelo Branco (Beja, 19 de Outubro de 1803 – ?) foi um clérigo e maçon português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Foi Cónego da de Lisboa e Vigário Geral de Elvas. Destacado liberal, foi preso durante o reinado de D. Miguel I de Portugal.

Iniciado Maçon com o nome simbólico de Ganganelli, tinha o Grau 33 do Rito Escocês Antigo e Aceite. Foi o 15.º Grão-Mestre interino do Grande Oriente Lusitano de 1849 a 1850.[1]

Referências

  1. «Dirigentes das Maçonarias Portuguesas». Tripod.com. Consultado em 30 de Janeiro de 2015. 
Precedido por
Marcelino Máximo de Azevedo e Melo (Interino)
Grão-Mestre do Grande Oriente Lusitano (Interino)
1849 – 1850
Sucedido por
José Bernardo da Silva Cabral
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre História de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa religiosa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre Maçonaria é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.