Eli Corrêa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Eli Corrêa
Nome completo Antônio Eli Corrêa
Nascimento 9 de abril de 1952 (70 anos)
Sertaneja, PR
Nacionalidade  Brasil
Progenitores Mãe: Inguer Campoli
Pai: Benedito Leite Corrêa
Cônjuge Cinthia Corrêa
Filho(a)(s) Eli Corrêa Filho
Ursula Corrêa
Ocupação Radialista
Empresário de eventos
Prêmios APCA[1]
Religião Católico
Página oficial
http://www.elicorrea.am.br/
Eli Corrêa
Vereador de São Paulo
Período 1º de janeiro de 2021 até
atualidade
Dados pessoais
Nascimento 9 de abril de 1952 (70 anos)
Sertaneja, PR
Nacionalidade brasileiro
Cônjuge Cinthia Corrêa (c. 1980)
Filhos 2
Partido PFL (1999-2007)
DEM (2007-2022)
UNIÃO (2022-presente)
Ocupação Radialista

Antônio Eli Corrêa (Sertaneja, 9 de abril de 1952), mais conhecido apenas como Eli Corrêa, é um radialista, empresário de eventos e político brasileiro, filiado ao União Brasil (UNIÃO).

Célebre como "O homem sorriso do rádio" e principalmente pelo seu bordão "Oiiiii, gente!", Eli apresenta programas de rádio há mais de 46 anos.

Exerce atualmente seu primeiro mandato como vereador na cidade de São Paulo.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Juventude[editar | editar código-fonte]

Filho mais velho de Benedito Leite Corrêa e Inguer Campoli, Eli passou a infância com um microfone nas mãos.

Na escola, um dia o professor Luís Fabretti pediu a Eli que lêsse um trecho da lição em voz alta. Após a leitura por parte de Eli, todos os alunos e sobretudo o próprio Luís ficaram impressionados com a desenvoltura do menino, e no fim da aula, Luís chamou Eli e disse-lhe: "Você tem uma voz muito bonita e lê muito bem, com todas as intenções e pontuações necessárias. Você poderia ser locutor!". Como Eli já gostava da arte da locução e ainda recebeu esse incentivo, passou a pensar em trabalhar como locutor.

Mais tarde, trabalhando ainda jovem em uma loja das Casas Pernambucanas, Eli pediu timidamente para falar um pouco no lugar do locutor da loja e todos os que ouviram gostaram, o que rendeu-lhe a contratação automática pela loja como locutor oficial.

Início na carreira[editar | editar código-fonte]

Eli começou a sua carreira na cidade paulista de Barra Bonita. Mudou-se em 1972 para São Paulo, onde estreou na Rádio São Paulo. Atuou também nas rádios Tupi, Record (onde ganhou do então diretor Chico Paes de Barros o bordão "o homem sorriso do rádio"), Globo, América e Top FM.

Na Capital, onde trabalhava desde 2001, Eli consolidou sua carreira e levou a emissora ao primeiro lugar em audiência no AM paulistano. [2]

Como empresário[editar | editar código-fonte]

Eli é, ainda, um produtor de eventos, o dono do trabalho de ajuda social Clube da Amizade fundado há mais de 40 anos. Possui muitos livros, alguns cds de mensagens e é um grande prestador de serviços, tendo dias mais de 200.000 cadeiras de rodas.

Em outras mídias[editar | editar código-fonte]

Eli participou de um episódio do extinto seriado do SBT Ô... Coitado! com Gorete Milagres e Moacyr Franco[3]. Possui o canal no YouTube: elicorreaoficial, o Instagram e o Facebook. Está trabalhando no Podcast: Com saudade de você.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Eli é casado com a ex-cantora e atualmente também radialista Cinthia Corrêa[4], e é o pai do deputado federal pelo DEM de São Paulo e também radialista Eli Corrêa Filho e da bailarina, professora de flamenco, produtora da carta da saudade e radialista Ursula Pacolo Corrêa.

Eleições 2020[editar | editar código-fonte]

Em agosto de 2020, Corrêa licenciou-se do rádio para disputar as eleições pelo DEM,partido no qual o filho é filiado.[5] Nas eleições Corrêa foi eleito com 32.482 votos.[6]

Retorno ao rádio[editar | editar código-fonte]

Em 30 de novembro de 2020, após 5 meses afastado do rádio, Eli Corrêa estreou seu programa na Super Rádio e na Top FM simultaneamente no horário de 12h às 14h30, seguido do programa de sua esposa Cinthya também pelas 2 emissoras de 14h30 as 16h.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Rádio conhece o nome dos vencedores do troféu APCA». Consultado em 1 de maio de 2020 
  2. «Eli Corrêa - Biografia» 
  3. Adriano Barbiero. «Por onde anda Eli Correa» 
  4. Rádio Capital. «Grade de Programação». Consultado em 23 de maio de 2015 
  5. «Mionzinho, Eli Corrêa, Dr. Bactéria, Thammy: famosos querem ser vereador em SP». noticias.uol.com.br. Consultado em 30 de novembro de 2020 
  6. «Veja os famosos que estão entre os vereadores mais votados de São Paulo em 2020». G1. Consultado em 30 de novembro de 2020 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.