Eli Corrêa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Eli Corrêa
Nome completo Antônio Eli Corrêa
Nascimento 9 de abril de 1952 (64 anos)
Sertaneja, PR
Nacionalidade  Brasil
Progenitores Mãe: Inguer Campoli
Pai: Benedito Leite Corrêa
Cônjuge Cinthia Corrêa
Filho(s) Eli Corrêa Filho
Úrsula Pacolo Corrêa
Ocupação Radialista
Empresário de eventos
Religião Católico
Página oficial
http://www.elicorrea.am.br/

Antônio Eli Corrêa (Sertaneja, 9 de abril de 1952), mais conhecido apenas como Eli Corrêa, é um radialista e empresário de eventos brasileiro.

Célebre como "O homem sorriso do rádio" e principalmente pelo seu bordão "Oiiiii, gente!", Eli apresenta programas de rádio há mais de 46 anos.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Juventude[editar | editar código-fonte]

Filho mais velho de Benedito Leite Corrêa e Inguer Campoli (in memoriam), Eli passou a infância com um microfone nas mãos.

Na escola, um dia o professor Luís Fabretti pediu a Eli que lêsse um trecho da lição em voz alta. Após a leitura por parte de Eli, todos os alunos e sobretudo o próprio Luís ficaram impressionados com a desenvoltura do menino, e no fim da aula, Luís chamou Eli e disse-lhe: "Você tem uma voz muito bonita e lê muito bem, com todas as intenções e pontuações necessárias. Você poderia ser locutor!". Como Eli já gostava da arte da locução e ainda recebeu esse incentivo, passou a pensar em trabalhar como locutor.

Mais tarde, trabalhando ainda jovem em uma loja das Casas Pernambucanas, Eli pediu timidamente para falar um pouco no lugar do locutor da loja e todos os que ouviram gostaram, o que rendeu-lhe a contratação automática pela loja como locutor oficial.

Início na carreira[editar | editar código-fonte]

Eli começou a sua carreira na cidade paulista de Barra Bonita.

Já no início da década de 1970, Eli mudou-se para São Paulo em cujas rádios São Paulo, Tupi, Record, Globo, América e Capital (na qual atualmente trabalha) trabalhou.

Como empresário[editar | editar código-fonte]

Eli é, ainda, um produtor de eventos, o dono do trabalho de ajuda social Clube da Amizade fundado há mais de 40 anos – tendo já doado mais de 180 mil cadeiras-de-rodas – e da loja virtual www.lojadoeli.com.br.

Em outras mídias[editar | editar código-fonte]

Eli participou de um episódio do extinto seriado do SBT Ô... Coitado! com Gorete Milagres e Moacyr Franco[1].

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Eli é casado com a ex-cantora e atualmente também radialista da Capital Cinthia Corrêa, que trabalha no horário após o dele (das 15h às 17h)[2], e é o pai do deputado federal pelo DEM de São Paulo e também radialista Eli Corrêa Filho e da bailarina e professora de flamenco Úrsula Pacolo Corrêa – a qual assumiu em 2015 a produção do quadro de maior audiência do rádio brasileiro, "Que Saudade de Você".

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Adriano Barbiero. «Por onde anda Eli Correa». 
  2. Rádio Capital. «Grade de Programação». Consultado em 23.05.2015. 
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.