Eliane Thompson

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Eliane Fialho Thompson)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Eliane Fialho Thompson, ou simplesmente Eliane Thompson, é uma ex-produtora de cinema e empresária que foi a quarta guanabarense a conquistar o título de Miss Brasil, realizado em junho de 1970 na capital do estado. No geral, essa foi a sexta conquista do Rio de Janeiro no concurso.

Miss Brasil 1970 no Miss Universo[editar | editar código-fonte]

No Miss Universo, realizado em Miami no mês de julho, foi uma das 15 semifinalistas e recebeu o prêmio extra do melhor corpo em maiô. Na ocasião, ela usou um traje típico em homenagem à Seleção Brasileira de Futebol, que acabara de conquistar a posse definitiva da Taça Jules Rimet na Copa do Mundo realizada no mês anterior no México.

Reinado e carreira artística[editar | editar código-fonte]

Após o concurso internacional, Eliane passou a participar durante meses como membro do júri do Programa Flávio Cavalcanti, na Rede Tupi. Na Fenit de 1971, ela desfilou ao lado da Miss Universo de então, a portorriquenha Marisol Malaret.

Depois de fazer a sucessora, em 3 de julho do mesmo ano, casou-se com um dos mais importantes executivos do estúdio de cinema (vide Carolco Films) que lançou Sylvester Stallone na série "Rambo" e Arnold Schvazenneger nos filmes da série "O Exterminador do Futuro" e destacou a artista Sharon Stone em "Instinto Selvagem", todos de sua produção. Eliane conviveu no meio artístico com todos esses astros, teve uma passagem mágica no meio artístico internacional.

Em 1972, trabalhou como assessora do Produtor Kassar e frequentou quase todos os festivais de cinema do mundo. No Festival de Cannes, analisava os filmes brasileiros, como "Independência ou Morte" para a negociação no mercado Europeu e no Oriente-Médio, realizado pela Embrafilme em comemoração aos 150 anos da Independência do Brasil.

Atuou em 5 filmes na capital francesa ao lado de artistas renomados como Alain Delon, Mireille Darc, Mylène Demongeot, Claude Pieplu, Bermard Blieu e outros, http://www.bcult.it/scheda.asp?Id=13626 Em seu curriculum fez fotos de publicidade para grifes famosas pelo renomado fotógrafo frances Michel Garnier.

Com o baque do falecimento de sua mãe nos Estados Unidos, decide retornar às suas raízes e volta para o Brasil. Casa-se com o empresário Felix Kronig e vive uma vida alternativa entre a cidade e sua fazenda no interior de Petrópolis. Tem duas filhas: Maria Paula e Maria Julieta. Anos depois passa a morar nos Estados Unidos, onde fez várias exposições de pintura e fez uma parceria com o Diretor-presidente do Museu de Artes Latinas para destacar artistas brasileiros e a cultura brasileira na cidade de Miami. Foi líder brasileira no apoio à candidatura de um prefeito americano e nunca deixou de atuar ou liderar um movimento em prol da cultura. Desde 1998, dedica-se à sua fabrica de produtos químicos ecologicamente corretos que são aplicados para a limpeza industrial e remoção de hidrocarbonetos e derivados (acessar: www.proecologius.com.br ),

cuja eficiência comprovada lhe aporta muito sucesso de vendas para indústrias de renome nacional e internacional.

Em 2009/2010 separa-se de seu marido Felix Kronig.

Há 28 anos possui um sítio em Itaipava, onde cria os seus trabalhos em seu atelier de pintura e ainda se dedica na criação de cavalos, bovinos, cães e aves. O que vem a constatar a sua predileção pela vida bucólica após tantas viagens e experiências ao frequentar as altas rodas sociais de seu país e do mundo das celebridades internacionais.

Fatos Recentes[editar | editar código-fonte]

Em 15 de abril de 2004, Eliane e outras 31 ex-misses (nas versões Universo, Mundo e Beleza Internacional foram homenageadas na festa dos 50 anos do Miss Brasil.

Em fevereiro de 2008 foi entrevistada pela TV Record, juntamente com as Misses Adalgisa Colombo, Martha Rocha, Ana Cristina Ridzi e Lucia Petterle, Miss Mundo 1971. O assunto abordado foi a referência sobre os concursos de beleza nas décadas de 70 e nos anos anteriores a essa época. Eliane falou sobre o prestígio do que era ser uma Miss Brasil. Durante o ano em que foi Miss Brasil, viajou por todos os Estados do Brasil, era recebida pelas autoridades locais, Governadores, Prefeitos e outros. Só não foi recebida pelo Presidente na sua época porque o país se encontrava sob a égide de um poder militarista e eles tinham que passar a imagem da austeridade.

Ganhou muitas jóias e presentes e a cada vez em que citava um nome de uma instituição qualquer como jurada do programa de TV, era chamada para uma homenagem em agradecimento. Por exemplo, as torres da Embratel começavam a ser instaladas em Itaguaí. Quando Eliane falou que uma coisa positiva era a Embratel, foi chamada dia seguinte para uma homenagem na sua sede. Durante a homenagem ganhou um colar de ouro com um pendente com a pedra Topázio imperial.

É autora de 30 livros infantis e 3 romances guardados a sete chaves, para algum dia editá-los. Verve esta, herdada de sua mãe, Margarida Fialho Thompson, uma das precursoras do lançamento de livros didáticos infantis, sucesso em todo o Brasil. O nome de sua mãe foi homenageado com o nome de uma Rua em Barra Mansa - Estado do Rio e com o nome de um Ciep na cidade de Piraí, da família de Eliane.ao Sul do Estado do Rio.

Miss Brasil 1970 nos dias atuais[editar | editar código-fonte]

Hoje em dia, a Miss Brasil 1970 trabalha em seu atelier como artista plástica (criou a técnica inédita "di-fractal" de pintura) em que usa o sistema de computação para a leitura fractal. Utiliza técnica mista (Mixed Media) em plásticos, papel de acetato, fibras naturais, tinta acrílica, tinta vitral e outros materiais que colhe e recicla da floresta em seu sitio. Transpõe imagens pintadas e recortadas de animais e as cola em grandes placas transparentes de acrílico. Com a luz, essas imagens se projetam na parede em 3a. Dimensão, apresenta um efeito técnico inédito com utilidades variadas usadas como luminárias na parede ou no teto.

Características que impressionam são os olhares melancólicos dos animais. A pintura macro de insetos onde ressalta as nuanças coloridas que, na maioria das vezes, nos passam despercebidas . Também recortados para chamar a atenção sobre a fragilidade desses seres diante da destruição ocasionada pelas queimadas denominada de internacionalmente de "Burning Season" .

Durante a semana assessora na administração da sua indústria de materiais de limpeza industrial, gerenciada pela sua filha Maria Paula.

Precedido por
Vera Fischer
Miss Brasil
1970
Sucedido por
Eliane Parreira Guimarães