Elimination Chamber (2010)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura o tipo de combate, veja Elimination Chamber.
Elimination Chamber (2010)
Música(s)-
tema
"Rise Up" por Cypress Hill[1]
Detalhes
Promoção World Wrestling Entertainment
Data 21 de fevereiro de 2010[2]
Assistência 17.000[2]
Local Scottrade Center[2]
Cidade St. Louis, Missouri[2]
Cronologia dos pay-per-views
Royal Rumble (2010) Elimination Chamber (2010) WrestleMania XXVI
Cronologia do Elimination Chamber
Primeiro Elimination Chamber (2010) Elimination Chamber (2011)

Elimination Chamber (2010) foi um evento no formato pay-per-view produzido pela WWE. Aconteceu no dia 21 de fevereiro de 2010 no Scottrade Center na cidade St. Louis, Missouri.[3] O evento contou com a presença do talentos dos programas RAW, SmackDown, e ECW. A WWE não divulgou se o evento seria ou não uma continuidade do No Way Out.[4] Esta foi a primeira edição da cronologia do Elimination Chamber.

Antes do Evento[editar | editar código-fonte]

Na edição da Raw de 1 de fevereiro começaram as definições dos combates para o evento. Foi anunciado que o WWE Champion Sheamus defenderia seu título em uma Elimination Chamber match, seus adversários foram definidos através de lutas qualificatórias. John Cena, Triple H, Randy Orton, Ted DiBiase e Kofi Kingston derrotaram respectivamente Cody Rhodes, Jack Swagger, Shawn Michaels, Mark Henry e The Big Show para se qualificarem para a disputa do título. Na SmackDown gravada em 2 de fevereiro e que foi ao ar no dia 5, ocorreu o anúncio que o World Heavyweight Champion The Undertaker defenderia seu título em uma Elimination Chamber match. Seus adversários foram definidos através de lutas qualificatórias, na primeira John Morrison derrotou Kane e Drew McIntyre. Na sequência se qualificaram R-Truth, CM Punk, Chris Jericho e Rey Mysterio derrotando respectivamente Mike Knox, Batista, Matt Hardy e Dolph Ziggler. Na edição de 8 de fevereiro da Raw foi anunciado que Maryse e Gail Kim lutariam no evento pelo vago WWE Divas Championship na final do Divas Championship tournament. Na edição da SmackDown o Intercontinental Champion Drew McIntyre e Kane deram continuidade a feud iniciada no edição anterior quando foram derrotados por John Morisson na seletiva para Elimination Chamber, então foi confirmado um combate entre os dois pelo WWE Intercontinental Championship.

Evento[editar | editar código-fonte]

Na primeira luta do evento foi a Elimination Chamber da Raw, John Cena derrotou Sheamus, Triple H, Randy Orton, Ted DiBiase e Kofi Kingston para vencer o WWE Championship. Após a luta Vince McMahon apareceu e disse que Cena iria para a WrestleMania XXIV somente após defender o título frente a Batista imediatamente. Batista derrotou Cena para se tornar o novo WWE Champion, Batista fez o pin após uma "Batista Bomb". O WWE Intercontinental Champion Drew McIntyre derrotou Kane para manter o título, McIntyre fez o pin após um "double-arm DDT". Vickie Guerrero a consultora da SmackDown mudou a luta entre Maryse contra Gail Kim pelo vago WWE Divas Championship para uma luta de duplas entre Maryse e Gail Kim contra Michelle McCool e Layla devido as lutadoras da Raw terem ofendidos a lutadoras da SmackDown. Michelle McCool e Layla derrotaram Maryse e Gail Kim, McCool fez o pin em Kim após um "Styles Clash". The Miz derrotou Montel Vontavious Porter para manter o WWE United States Championship, Miz fez o pin após um "knockout punch" por Show. A luta ocorreu por que MVP e Mark Henry derrotaram The Miz e Big Show em uma edição da Raw. Na Elimination Chamber da SmackDown, Chris Jericho derrotou The Undertaker e John Morrison e R-Truth e CM Punk e Rey Mysterio para vencer o World Heavyweight Championship, Jericho fez o pin após Shawn Michaels interferindo no combate ter acertado um "Sweet Chin Music" em Taker.[5]

Resultados[editar | editar código-fonte]

Resultados[2] Estipulações Tempo[2]
Dark Christian derrotou Ezekiel Jackson Luta individual[6] N/A
1 John Cena derrotou Sheamus (c), Triple H, Randy Orton, Ted DiBiase e Kofi Kingston Luta Elimination Chamber pelo WWE Championship[7] 30:10
2 Batista derrotou John Cena (c) Luta individual pelo WWE Championship[7] 0:32
3 Drew McIntyre (c) derrotou Kane Luta individual match pelo WWE Intercontinental Championship[8] 10:06
4 Lay-Cool (Michelle McCool e Layla) derrotou Maryse e Gail Kim Luta de duplas[9] 3:35
5 The Miz (com Big Show) (c) derrotou Montel Vontavious Porter (com Mark Henry) Luta individual pelo WWE United States Championship[10] 13:02
6 Chris Jericho derrotou The Undertaker (c), John Morrison, R-Truth, CM Punk (com Luke Gallows e Serena) e Rey Mysterio Luta Elimination Chamber pelo World Heavyweight Championship[11] 35:37
(c) – Refere-se aos campeões antes da luta.

Eliminações e entradas da Elimination Chamber (Raw)[editar | editar código-fonte]

Eliminado Lutador Entrou Eliminado por Método de eliminação Tempo[2]
1 Orton 4 Ted DiBiase Sofreu o pin de Ted DiBiase depois de um Attitude Adjustment de Cena 24:02
2 DiBiase 5 Kofi Kingston Sofreu o pin de Kofi Kingston depois de um Trouble in Paradise 25:39
3 Kingston 1 Sheamus Sofreu o pin de Sheamus depois de um High-Cross 26:13
4 Sheamus 2 Triple H Sofreu o pin de Triple H depois de um Pedigree 28:38
5 Triple H 3 John Cena Desistiu após um STF de Cena 30:22
Vencedor Cena 6

Eliminações e entradas da Elimination Chamber (SmackDown)[editar | editar código-fonte]

Eliminado Lutador Entrou Eliminado por Método de eliminação Tempo[2]
1 R-Truth 1 CM Punk Sofreu o pin de CM Punk após um Go To Sleep 03:34
2 Punk 2 Rey Mysterio Sofreu o pin de Rey Mysterio após uma Hurricanrana do corner no piso de aço e um Splash 09:58
3 Rey Mysterio 3 John Morrison Sofreu o pin de John Morrison após um Starship Pain 20:00
4 Morrison 5 The Undertaker Sofreu o pin de The Undertaker após um Chokeslam no piso de aço 28:34
5 Undertaker 6 Chris Jericho Sofreu o pin de Chris Jericho após um Sweet Chin Music de Shawn Michaels 35:36
Vencedor Jericho 4

Recepção[editar | editar código-fonte]

O evento recebeu comentários predominantemente mistos e positivos. Em sua revisão, o tablóide The Sun elogiou a performance de John Morrison, a chocante vitória de Batista e a Chamber Match pelo World Championship, dizendo que foi a melhor das duas; no entanto, o jornal criticou a luta de Divas, chamando-a de "acontecimento fraco", e as lutas pelo US e Intercontinental Championship de "tapa-buracos". Eles deram ao evento nota 7 de um total de 10, elogiando o desenvolvimento das histórias para o WrestleMania, mas chamando o mesmo de "esquecível".[12]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. WWE. «The Official Theme Song for Elimination Chamber is "Rise Up" by Cypress Hill». Consultado em 1 de fevereiro de 2010 
  2. a b c d e f g h Pro Wrestling History. «Elimination Chamber». Consultado em 2 de março de 2010 
  3. WWE. «WWE presents Elimination Chamber». Consultado em 15 de janeiro de 2010 
  4. Martin, Adam (24 de setembro de 2009). «WWE to rename No Way Out PPV?». WrestleView. Consultado em 15 de janeiro de 2010 
  5. Martin, Adam. «Elimination Chamber Results - 2/21/10». WrestleView.com. Consultado em 21 de fevereiro de 2010 
  6. Gerweck, Steve. «Elimination Chamber Dark Match». WrestleView.com. Consultado em 2 de março de 2010 
  7. a b Greg Adkins. «Results:Intermittent Reign». WWE. Consultado em 2 de março de 2010 
  8. Ryan Murphy. «Results:McIntyre gets off scot-free». WWE. Consultado em 2 de março de 2010 
  9. Kevin Powers. «Results:SmackDown thwarts gateway to Divas Title». WWE. Consultado em 2 de março de 2010 
  10. Aubrey Sitterson. «Results:Make no Miz-take». WWE. Consultado em 2 de março de 2010 
  11. Michael Burdick. «Results:Heartbroken». WWE. Consultado em 2 de março de 2010 
  12. Rob McNichol (22 de fevereiro de 2010). «Batista and Jericho are New World Champions». The Sun. Consultado em 23 de fevereiro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre luta livre profissional é um esboço relacionado ao Projeto wrestling. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.