Eliziane Gama

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Eliziane Gama
Foto oficial de Eliziane Gama.jpg
Foto oficial como Senadora
Senadora pelo  Maranhão
Período 1º de fevereiro de 2019
até a atualidade
Deputada Federal pelo  Maranhão
Período 1º de fevereiro de 2015
até 31 de janeiro de 2019
Deputada Estadual do  Maranhão
Período 1º de fevereiro de 2007
a 31 de janeiro de 2015
Dados pessoais
Nascimento 27 de fevereiro de 1977 (42 anos)
Monção,  Maranhão
Alma mater Universidade Federal do Maranhão
Cônjuge Inácio Melo
Partido PPS (2001-2015)
REDE (2015-2016)
CDN (2016-atualmente)
Profissão Jornalista

Eliziane Pereira Gama Melo (Monção, MA, 27 de fevereiro de 1977), é uma jornalista e política brasileira filiada ao Cidadania (CDN). Em 2014 foi eleita deputada federal do Maranhão.[1][2] Em 17 de abril de 2016 votou a favor do prosseguimento do processo de impeachment contra a então presidente Dilma Roussef.[3] No dia 25 de outubro de 2017 votou a favor da investigação contra o presidente Michel Temer por corrupção passiva. [4]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu em Araguanã[2] (na época parte do município de Monção[1]), MA, no dia 27 de fevereiro de 1977. É a quinta filha do casal Domingos Newton Gama e Dalvina de Jesus Pereira. Na adolescência veio para capital maranhense para cursar jornalismo e aos 17 anos iniciou na Universidade Federal do Maranhão.

Foi candidata pela primeira vez a um cargo político no ano de 2006, sendo eleita deputada estadual. Foi reeleita deputada estadual pelo PPS em 2010. Foi candidata à prefeitura de São Luís em 2012, não se elegendo. Em 2014 foi eleita deputada federal.

Carreira Política[editar | editar código-fonte]

Deputada Estadual[editar | editar código-fonte]

Candidata a um cargo político pela primeira vez no ano de 2006 conseguiu com êxito eleger-se deputada estadual aos 29 anos com mais 15 mil votos. Em 2010 dobrou a quantidade de votos e se reelegeu deputada estadual com 37 mil votos.[5][6]

Na Assembleia Legislativa se destacou como defensora da causa da criança, adolescente, mulher, idoso e também dos direitos humanos. Ela também presidiu a Comissão do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e esteve a frente de outras importantes comissões como a CPI de Combate a Pedofilia e Abuso Sexual Infantil, Comissão de Direitos da Mulher, Comissão de Infância, Juventude e Idoso e Comissão de Direitos Humanos e das Minorias.[6] Foi relatora da CPI Euromar, que investigou os esquemas fraudulentos de um concessionária de veículos.[7]

Como presidente da Comissão da Infância[6], conseguiu a capacitação dos conselheiros tutelares do Maranhão para cuidar com mais eficiência das crianças maranhenses.[carece de fontes?]

No final de 2009, devido aos dados que colocaram o Estado do Maranhão como o terceiro do país com maior número de denúncias no Disque 100, Eliziane Gama presidiu a CPI de Combate a Pedofilia.[8] Como presidente da CPI ouviu mais de cem depoimentos, dezenas de casos, e percorreu 12 cidades do interior do estado, o que resultou em vários encaminhamentos como abertura de processos e prisões durante as audiências da CPI.[carece de fontes?]

Candidata à prefeitura de São Luís[editar | editar código-fonte]

Nas eleições de 2012 para a prefeitura de São Luís Eliziane Gama foi a única mulher que concorreu, ficando em terceiro lugar com mais de 70 mil votos.[5][9] Candidatou-se novamente sem êxito nas eleições de 2016, ficando em quarto lugar com 31,5 mil votos.[10]

Deputada Federal[editar | editar código-fonte]

Nas eleições de 2014 foi no Maranhão a única mulher eleita deputada federal, com 133.575 votos.[5]

Em 2015 foi considerada uma das mais atuantes pelo Congresso Em Foco e foi a segunda parlamentar que menos gastou na Câmara dos Deputados.[11]

No mesmo ano destacou-se como membro da CPI da Petrobras, coordenadora da Comissão Externa que acompanha o cancelamento das refinarias do Maranhão e Ceará, também é titular da Comissão de Segurança e Comissão do Consumidor.[11] Também deu importantes contribuições na CPI do Sistema Carcerário e no Conselho de Ética.[carece de fontes?]

Senado Federal[editar | editar código-fonte]

No dia 28 de julho de 2018, data da convenção Todos pelo Maranhão, foi homologada, como candidata ao Senado Federal, na chapa do atual governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB). O deputado federal Pedro Fernandes (PTB) foi anunciado como seu primeiro suplente.[12]

Em 7 de outubro de 2018, se elegeu senadora pelo Maranhão.[13] Na eleição presidencial em 2018 apoiou Fernando Haddad à presidência da República.[14]

No início do mandato foi escolhida líder da bancada do PPS na casa.[15]

Referências

  1. a b «Conheça os Deputados». Consultado em 22 de julho de 2016 
  2. a b «Eliziane Gama 2323». Consultado em 22 de julho de 2016 
  3. «Veja como votaram os deputados do MA na sessão do impeachment». 17 de abril de 2016. Consultado em 22 de julho de 2016 
  4. «Deputada Eliziane Gama (PPS-MA) anuncia voto». 25 de outubro de 2017. Consultado em 22 de outubro de 2017 
  5. a b c «Eliziane agradece apoio recebido durante mandato e fala das expectativas de atuação no Congresso». Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. 16 de dezembro de 2014. Consultado em 4 de junho de 2016 
  6. a b c «Eliziane Gama 2323». Eleições 2014. Consultado em 4 de junho de 2016 
  7. «Consumidor é a peça fundamental, afirma relatora da CPI». Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. 8 de abril de 2009. Consultado em 4 de junho de 2016 
  8. «CPI de Combate à Pedofilia volta à Açailândia nesta quinta». Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão. 7 de dezembro de 2009. Consultado em 4 de junho de 2016 
  9. Wanderley Preite Sobrinho (6 de setembro de 2014). «Rede tenta eleger 104 candidatos em 12 partidos de diferentes ideologias». Ig. Consultado em 25 de abril de 2015 
  10. «Eliziane Gama 23». Eleições 2016. Consultado em 5 de dezembro de 2017 
  11. a b «Eliziane economiza e a segunda parlamentar com menor gasto na Câmara dos Deputados». Diegomir Poder, Política e Sociedade. Consultado em 4 de junho de 2016 
  12. «Eliziane Gama terá Pedro Fernandes como suplente - John Cutrim». John Cutrim. 28 de julho de 2018 
  13. «Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS) são eleitos senadores do Maranhão». G1. Globo. Consultado em 8 de outubro de 2018 
  14. «Eliziane declara apoio a Haddad e igreja repudia | O Imparcial». O Imparcial. 9 de outubro de 2018 
  15. «Eliziane Gama é eleita líder do PPS no Senado». Site do PPS. 31 de janeiro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.