Elliot See

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Elliot See
Nome completo Elliot McKay See Jr.
Nascimento 23 de julho de 1927
Dallas, Texas, Estados Unidos
Morte 28 de fevereiro de 1966 (38 anos)
St. Louis, Missouri, Estados Unidos
Progenitores Mãe: Mamie Drummond
Pai: Elliot See Sr.
Cônjuge Marilyn Denahy (1954–1966)
Filho(s)
  • Sally
  • Carolyn
  • David
Alma mater Universidade do Texas em Austin
Academia da Marinha Mercante dos Estados Unidos
Universidade da Califórnia
em Los Angeles
Ocupação
Serviço militar
Serviço Marinha dos Estados Unidos
Anos de serviço 1953–1956
Patente Comandante
Carreira espacial
Astronauta da NASA
Seleção Grupo 2 da NASA 1962

Elliot McKay See Jr. (Dallas, 23 de julho de 1927St. Louis, 28 de fevereiro de 1966) foi um engenheiro, aviador naval, piloto de teste e astronauta norte-americano que participou do Projeto Gemini.[1] Ele nasceu e cresceu no Texas e estudou engenharia na Universidade do Texas em Austin e depois na Academia da Marinha Mercante dos Estados Unidos, onde formou-se em 1949. See começou a trabalhar na General Electric depois de sua formatura, permanecendo na empresa até 1953. Foi nesse período que ele conheceu sua esposa Marilyn Denahy, com quem teve três filhos:[2] Sally, Carolyn e David.[3]

See foi convocado em 1953 para o serviço ativo na Marinha dos Estados Unidos, voando por dezesseis meses no esquadrão VF-144 em San Diego, Califórnia. Depois disso foi transferido para o porta-aviões USS Boxer no Mar Mediterrâneo, voando no F9F Panther. Ele saiu do serviço ativo em 1956 e voltou a trabalhar para a General Electric, tornando-se algum tempo depois piloto de teste, voando em várias aeronaves com o objetivo de testar diversos modelos de turbinas criadas pela empresa.[1][2] No mesmo período ele conseguiu um mestrado em engenharia pela Universidade da Califórnia em Los Angeles.[2]

Foi selecionado em 1962 como parte do Grupo 2 de Astronautas da NASA. Na posição, ajudou a desenvolver os sistemas de navegação e orientação do Projeto Gemini.[4] See serviu como piloto reserva para a missão Gemini V junto com Neil Armstrong, os dois únicos astronautas civis da NASA até então.[5] Ele seria o piloto da Gemini VIII, porém foi promovido a comandante da Gemini IX.[1][6] Entretanto, See e seu companheiro de missão Charles Bassett morreram em um acidente aéreo quando seu avião de treinamento, um Northrop T-38 Talon, bateu sob baixa visibilidade em um edifício.[7]

Referências

  1. a b c «Biographical Data: Elliot M. See, Jr. - NASA Astronaut (Deceased)». NASA. Fevereiro de 1966. Consultado em 10 de novembro de 2018 
  2. a b c Burgess, Colin; Doolan, Kate (2003). Fallen Astronauts: Heroes who Died Reaching for the Moon. [S.l.]: Bibson Books. ISBN 978-0803262126 
  3. «Elliot M. See, Jr.». Astronauts Memorial Foundation. Consultado em 10 de novembro de 2018 
  4. Dunbar, Brian (26 de fevereiro de 2016). «Remembering NASA Astronauts Elliot See and Charles Bassett». NASA. Consultado em 10 de novembro de 2018 
  5. «7-Day Space Flight Astronauts Selected». Tampa Bay Times. 9 de fevereiro de 1965. p. 2. Consultado em 10 de novembro de 2018 
  6. Slayton, Slayton; Cassutt, Michael (1994). Deke! U.S. Manned Space: From Mercury to the Shuttle. Nova Iorque: Forge Books. pp. 138, 168. ISBN 0-312-85503-6 
  7. «Elliott Mckay See, Jr.». Cemitério Nacional de Arlington. Consultado em 10 de novembro de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre astronautas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.