Elvira Fortunato

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Elvira Fortunato
Ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior da República Portuguesa
Período 30 de março de 2022 até à atualidade
Governo XXIII Governo Constitucional
Antecessor(a) Manuel Heitor
Dados pessoais
Nascimento 22 de julho de 1964 (58 anos)
Almada, Portugal
Prémio(s) Prémio Femina (2010) Medalha Blaise Pascal (2016)

Medalha Czochralski (2017) Prémio Pessoa (2020)

Cônjuge Rodrigo Martins
Partido Independente
Profissão Professora Catedrática

Elvira Maria Correia Fortunato GOIH (Almada, Almada, 22 de julho de 1964), é uma política, cientista, investigadora e professora catedrática portuguesa.[1] É especialista pioneira mundial na electrónica de papel, nomeadamente em transístores, memórias, baterias, ecrãs, antenas e células solares. É considerada a "mãe" do transístor de papel.

A 23 de março de 2022, com a apresentação do XXIII Governo Constitucional de Portugal, após as eleições legislativas portuguesas de 2022, foi nomeada Ministra da Ciência, Tecnologia e do Ensino Superior.[2]

Foi vice-reitora da Universidade Nova de Lisboa.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nasceu em Almada. Licenciou-se em Engenharia dos Materiais na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa. Fez o doutoramento nas áreas de Microelectrónica e Optoelectrónica, orientado por Rodrigo Martins, em 1995.

É professora catedrática e investigadora na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa.[3][4] Foi nomeada Vice-Reitora da Universidade NOVA de Lisboa no dia 14 de Setembro de 2017.

A equipa de investigação do Centro de Investigação de Materiais (CENIMAT) liderada por Elvira Fortunato e Rodrigo Martins distinguiu-se pela descoberta do transístor de papel.[5][6]

A 8 de junho de 2010 foi-lhe atribuído o grau de Grande-Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.[7]

É membro do Conselho das Ordens Nacionais portuguesas desde 9 de junho de 2016.[7][8]

Foi distinguida em 2021 com o Prémio Pessoa relativo a 2020.[9]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

É casada, desde 1986, com o cientista e investigador Rodrigo Martins, um dos inventores do papel electrónico. Este foi seu orientador de doutoramento. Têm uma filha em comum.[10]

Prémios[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Elvira Fortunato» (PDF). The Institute of Electronic Structure and Laser (IESL) (em inglês). Foundation for Research & Technology. Consultado em 29 de outubro de 2016 
  2. Silva, Ângela; Dinis, Rita (22 de março de 2022). «Novo governo: quem sai, quem fica e quem entra, numa solução de consenso entre Costa e Marcelo». Expresso. Consultado em 23 de março de 2022 
  3. a b c «Elvira Fortunato é o prémio Seed of Science «Engenharia e Tecnologia»». Ciência Hoje. 3 de dezembro de 2008. Consultado em 29 de outubro de 2016. Cópia arquivada em 28 de março de 2015 
  4. «Investigadora da UNL recebe Advanced Grant do European Research Council». Universidade Nova de Lisboa. Consultado em 29 de outubro de 2016. Arquivado do original em 1 de outubro de 2009 
  5. Azevedo, Virgílio (27 de julho de 2008). «Universidade Nova produz primeiros transístores com papel». Expresso. Consultado em 29 de outubro de 2016 
  6. «Elvira Fortunato, cientista portuguesa de micro-electrónica, uma das melhores do mundo». Ideias Portuguesas. WordPress. Consultado em 29 de outubro de 2016 
  7. a b «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Elvira Maria Correia Fortunato". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 29 de outubro de 2016 
  8. «ORDENS NACIONAIS - Conselho das Ordens Nacionais». www.ordens.presidencia.pt. Consultado em 23 de setembro de 2020 
  9. observador.pt (11 de março de 2021). «Cientista Elvira Fortunado vence Prémio Pessoa 2020». 11-3-2021. Consultado em 11 de março de 2021 
  10. Virgílio Azevedo, Expresso (3 de Julho de 2016). «A física do amor». Consultado em 15 de Abril de 2018 
  11. «Prémio Femina 2010». Prémio Femina 
  12. «Prémio Femina 2010 :: Premio-Femina». premio-femina8.webnode.pt. Consultado em 14 de abril de 2021 
  13. «Prémio de Investigação Cidade de Almada». Centro de Investigação de Materiais. Consultado em 29 de outubro de 2016 
  14. «Elvira Fortunato e Rodrigo Martins vencem 1.ª edição do Prémio de Investigação Cidade de Almada». Universidade Nova de Lisboa. Consultado em 29 de outubro de 2016 
  15. «Elvira Fortunato premiada pela Academia Europeia das Ciências». Diário de Notícias. 10 de maio de 2016 
  16. «Homepage Ciência Viva». www.cienciaviva.pt. Consultado em 23 de junho de 2021 
  17. «Cientista portuguesa premiada pela CE por primeiro ecrã transparente». Notícias ao Minuto. 23 de setembro de 2020. Consultado em 23 de setembro de 2020 
  18. «Elvira Fortunato ganha prémio europeu Horizon Impact Award 2020». Jornal Expresso. Consultado em 23 de setembro de 2020 
  19. «Cientista Elvira Fortunato vence prémio europeu». TSF Rádio Notícias. 23 de setembro de 2020. Consultado em 23 de setembro de 2020 
  20. «Elvira Fortunato ganha Prémio Estreito de Magalhães do Governo do Chile». Jornal Expresso. Consultado em 23 de novembro de 2020 
  21. «Prémio Pessoa 2020 atribuído à cientista Elvira Fortunato». Notícias ao Minuto. 11 de março de 2021. Consultado em 11 de março de 2021 
  22. «Elvira Fortunato vence o Prémio Pessoa 2020». Jornal Expresso. Consultado em 11 de março de 2021 
  23. «Cientista Elvira Fortunato distinguida com o Prémio Mundial de Engenharia». www.dn.pt. Consultado em 25 de março de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Manuel Heitor
Ministra da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior
XXIII Governo Constitucional
2022 – presente
Sucedido por
Incumbente