Emília Ferreira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Emília Ferreira
Nascimento 1963 (54 anos)
Lisboa,  Portugal
Prémios Prémio Literário Almeida Firmino (1996)

Prémio Branquinho da Fonseca de Conto Fantástico (2006)
Prémio Literário António Paulouro (2009)

Género literário Conto, romance, ensaio
Movimento literário Pós-modernismo
Magnum opus Marés

Emília Ferreira (Lisboa, 1963) é uma escritora, historiadora da arte, crítica de arte, conferencista e tradutora portuguesa. Publicou romances, contos, crónicas, monografias, crítica e textos de investigação.

Começou a publicar em 1987.

Formação académica[editar | editar código-fonte]

Licenciada em Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Mestre em História da Arte pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, com uma dissertação subordinada ao tema "História dos Museus Públicos de Arte no Portugal de Oitocentos: 1833-1884".

Doutora em História da Arte (FCSH, UNL), com a tese "Lisboa em Festa: a Exposição Retrospectiva de Arte Ornamental Portuguesa e Espanhola, 1882, Antecedentes e Materialização".

Livros publicados (ficção)[editar | editar código-fonte]

  • Investigações sobre a Pintura (contos), Esfera do Caos, 2014 (Prémio de Poesia e Ficção de Almada — Ficção Narrativa, 2013).
  • Visões do Azul (contos), CreateSpace Independent Publishing Platform (7 May 2014).
  • Obsessões Exemplares (contos),CreateSpace Independent Publishing Platform; 1 edition (29 Dec 2013)

ISBN-10: 1492916110 ISBN-13: 978-1492916116

  • O Espelho que Reflecte (Edições Colibri, 2002),Prémio de Poesia e Ficção de Almada, 1998 (romance)
  • No princípio do mundo, uma tâmara (Câmara Municipal de Aveiro, 2001), Prémio Literário Vasco Branco, 2001 (romance)

Prémios[editar | editar código-fonte]

  • "Prémio de Poesia e Ficção de Almada — Ficção Narrativa, 2013", com o original "Investigações sobre a Pintura", contos.
  • Prémio Literário António Paulouro, 2009, com o original "Visões do Azul", contos.
  • "Prémio Vergílio Ferreira, 2008, com o original "Cartografia íntima", (romance).
  • "Prémio Literário Afonso Duarte 2007/2008", com o original "Mily Possoz, uma monografia".
  • Prémio Branquinho da Fonseca de Conto Fantástico, 2007, com o original "Os Barqueiros do Rio Cheio".
  • "Prémio Literário Vasco Branco", 2001, com o original "No princípio do mundo, uma tâmara" (romance).
  • "Prémio de Poesia e Ficção de Almada — Ficção Narrativa", 1998, com o original "O Espelho que Reflecte" (romance).
  • Prémio Literário Almeida Firmino, de S. Roque do Pico, Açores, 1996, com o original "Marés", (novela).
  • "III edição do Prémio Literário 25 de Abril", Paio Pires, 1994, com o original "Marés", (novela)


História da Arte[editar | editar código-fonte]

Lisboa em Festa: A Exposição Retrospetiva de Arte Ornamental Portuguesa e Espanhola. Antecedentes de um Museu. Lisboa: DGPC, Caleidoscópio, 2017.

Monografias[editar | editar código-fonte]

Paula Rego ou a Vertigem de Alice. Porto: Quidnovi, 2010.

Outras publicações em livros (selecção)[editar | editar código-fonte]

FERREIRA, Emília, (2017). “Mily Possoz, os anos europeus”, in Paris, Mário de Sá-Carneiro et les autres, ed. Silva, Maria Araújo da; Curopos, Fernando, Éditions Hispaniques, Université Paris-Sorbonne, pp. 195-209.

FERREIRA, Emília, (2017). “Untitled, by Paula Rego. The power of images against silence”. in Women, Violence, and Resistance: Studies in Sociology, Literature, and Art. Eds. Hager Ben Driss and Meriem Sellami. Tunis: CRES.

FERREIRA, Emília, (2017). “Cristina Ataíde. Uma cartografia pessoal e transmissível”. In Mulheres Escultoras em Portugal. Coordenação de Sandra Leandro e Raquel Henriques da Silva. Lisboa, Caleidoscópio.

FERREIRA, Emília, (2016). “Overcoming obstacles: the creation of the very first Art Museum in Portugal, in the 19th Century”. Hersey, L. N. and Bobick, B.. editors, in Handbook of Research on the Facilitation of Civic Engagement through Community Art. Hershey, PA: IGI Global, p. 412-433.

FERREIRA, Emília. (2016). “Para uma nova Agapê”. In Arte e Fé, Coord. M. Acciaiuoli, F. Caramelo, J. P. O. Costa, M. J. Castro, T. Meruje, Lisboa, FCSH-CHAM, UNL. ISBN: 978-989-98998-3-4. P. 277-291.

FERREIRA, Emília, (2016). “Contemporary art as pedagogical challenge: Must gender remain an obstacle in Portugal?” In D.E. Clover, K. Sanford, K. Johnson & L. Bell (Eds.) in Adult education and museums: Animating social, cultural and institutional change, (pp. 103-114). Rotterdam: Sense Publishing.

FERREIRA, Emília, Building up from the London 1881 pretext: the birth of the Portuguese National Fine Arts Museum”, in The Museum is Open: Towards a Transnational History of Museums 1750-1940, (Contact Zones) [Hardcover], Walter de Gruyter & Co (19 Dec 2013).

FERREIRA, Emília, "Mily Possoz: uma artista de "fusão"", in Mulheres Pintoras em Portugal: de Josefa d’Óbidos a Paula Rego, coordenação de Raquel Henriques da Silva e Sandra Leandro, Lisboa, Esfera do Caos Editores, 2013.

FERREIRA, Emília, "As Avestruzes bailarinas de Paula Rego ou a queda de Ícaro", in A Dança e a Música nas Artes Plásticas do Século XX, coordenação de Margarida Acciaiuoli e Paulo Ferreira de Castro, Lisboa, Edições Colibri, IHA/Estudos de Arte Contemporânea, Centro de Estudos de Sociologia e Estética Musical, 2012, p. 107-121.

FERREIRA, Emília, "Quando ela diz sim, é sim; quando ela diz não, é não" in Sofia Areal. Lisboa: Babel, 2011.

FERREIRA, Emília, "A construção da memória" [Sobre o pintor Manuel Vilarinho]. Lisboa, s.n., 2010.

FERREIRA, Emília, "100 obras". [Escolha de obras da Colecção do Centro de Arte Moderna da FGC], Lisboa: Editorial Almedina, 2010.

FERREIRA, Emília, "Ruínas de um tempo sem memória", “Reconstrução” de Martinho Costa, Lisboa, OPWAY, 2009.

FERREIRA, Emília, "O Pintor no seu Labirinto", “Rui Macedo: “«Invenzioni Capricciose» segundo Piranesi”, Lisboa, OPWAY, 2008.

FERREIRA, Emília, "Expor para salvaguardar: a importância da Exposição de Arte Ornamental para a história do restauro e da conservação do património móvel em Portugal". “40 anos do Instituto José de Figueiredo”, Lisboa, IPCR, 2007.

FERREIRA, Emília, "Retrato de Almas em Fuga", “Manuel Caeiro: Casas da Caparica”, Lisboa, OPCA, 2005.

FERREIRA, Emília, “Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão: Roteiro da Colecção”, Lisboa, Fundação Calouste Gulbenkian, 2004.

FERREIRA, Emília, "Museus, Educação e Poder", “Garrett e as Artes: Actas do Ciclo de Conferências”, Évora, Centro de História da Arte da Universidade de Évora, 2002.

Publicações Periódicas (selecção)[editar | editar código-fonte]

FERREIRA, Emília, (2017). “Almada-Amesterdão-Almada. Conversa de Ida e Volta com a Pintora Maria Beatriz”. in Faces de Eva. Estudos sobre a Mulher. Lisboa: 2017, Pp. 153-163.

FERREIRA, Emília, (2016). “Rogério Ribeiro e Melpómene: a tragédia como consciência e resistência”, in Nova Síntese - textos e contextos do neorrealismo, n 9, Lisboa, Edições Colibri.

FERREIRA, Emília, (2011). “O rosto do enigma ou o gosto pelo enigma. O Imaginário transmontano na obra de João Vieira”. in Revista Monumentos, nº 32: Bragança, Dezembro de 2011, p. 112-115.

FERREIRA, Emília, VASCONCELOS, Ana, (2010). “A exigência da paridade”. in Faces de Eva: Estudos sobre a Mulher, nº 23, ano 2010. Lisboa: Colibri, p. 99-109. 2006

FERREIRA, Emília, (2006). “Da Deliciosa Fragilidade Feminina”. in Margens e Confluências: um olhar contemporâneo sobre as artes. Nºs 11-12, Mulheres Artistas. Argumentos de género. P. 142-157.

FERREIRA, Emília, (2006). “Ofélia Marques: um percurso ímpar no modernismo português”. In [Faces de Eva: Estudos sobre a Mulher], nº 15, ano 2006. Lisboa: Colibri, p. 189-198.

Colaboração em Periódicos[editar | editar código-fonte]

Semanário “O Jornal” (1989-91), “PÚBLICO” (1993-2001 e 2003-2007) e “DNA” (suplemento cultural do DIário de Notícias, 2002-2003).

Autora de Guias de Museus". 4 volumes: Museus para viajar no tempo. Museus para os Cinco Sentidos. Museus para saber mais. Museus para aventureiros, DN, (Junho, 2017).

Redactora da revista MID (1999-2007).

Publicações dispersas, nas revistas “Seara Nova”, "Faces de Eva", "Margens e Confluências", “O Escritor”, "Casa & Jardim" e "Rua Larga".


Livros para o público infantil em co-autoria[editar | editar código-fonte]

Ferreira, E., Gameiro, C. (2014). "O Começo de Uma Aventura". Arte Moderna e Contemporânea — A minha primeira coleção, Lisboa, A Bela e o Monstro, distribuição DN/JN.

Ferreira, E., Gameiro, C. (2014). "Cubismo e Futurismo". Arte Moderna e Contemporânea — A minha primeira coleção, Lisboa, A Bela e o Monstro, distribuição DN/JN.

Ferreira, E., Gameiro, C. (2014). "Construtivismo e Neoplasticismo". Arte Moderna e Contemporânea — A minha primeira coleção, Lisboa, A Bela e o Monstro, distribuição DN/JN.

Ferreira, E., Gameiro, C. (2014). "Dadaísmo e Surrealismo". Arte Moderna e Contemporânea — A minha primeira coleção, Lisboa, A Bela e o Monstro, distribuição DN/JN.

Ferreira, E., Gameiro, C. (2014). "Abstrações". Arte Moderna e Contemporânea — A minha primeira coleção, Lisboa, A Bela e o Monstro, distribuição DN/JN.

Ferreira, E., Gameiro, C. (2014). "Nouveau Réalisme". Arte Moderna e Contemporânea — A minha primeira coleção, Lisboa, A Bela e o Monstro, distribuição DN/JN.

Ferreira, E., Gameiro, C. (2014). "Pop Art". Arte Moderna e Contemporânea — A minha primeira coleção, Lisboa, A Bela e o Monstro, distribuição DN/JN.

Ferreira, E., Gameiro, C. (2014). "Minimalismo e Arte Concetual". Arte Moderna e Contemporânea — A minha primeira coleção, Lisboa, A Bela e o Monstro, distribuição DN/JN.

Ferreira, E., Gameiro, C. (2014). "Jogar com os sentidos". Arte Moderna e Contemporânea — A minha primeira coleção, Lisboa, A Bela e o Monstro, distribuição DN/JN.

Ferreira, E., Gameiro, C. (2014). "Exploradores do Mundo". Arte Moderna e Contemporânea — A minha primeira coleção, Lisboa, A Bela e o Monstro, distribuição DN/JN.

Livros para o público infantil[editar | editar código-fonte]

Ferreira, E. (2013). Pintar com Rogério Ribeiro, monografia sobre o pintor [com desenhos e pinturas de Rogério Ribeiro], Almada, Câmara Municipal de Almada. Ferreira, E. (texto), Fragateiro, F. (desenhos) (2009). Casa com Jardim, Almada, Câmara Municipal de Almada.


Léxicos[editar | editar código-fonte]

"Sete Vozes: Léxico Coloquial Luso-Afro-Brasileiro", Lisboa, Lidel, 1997 [autoras: Emília Ferreira, Elizabeth Ceita Vera Cruz e Clenir Louceiro]

Outros livros[editar | editar código-fonte]

FERREIRA, Emília; CABELLO, Jorge (1992) Lisboa, Arte e História. Lisboa: Bonechi.

Blog literário[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.