Emílio Fernandes de Sousa Docca

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Emílio Fernandes de Sousa Docca (São Borja, 16 de julho de 1884Rio de Janeiro, 21 de maio de 1945) foi um escritor, historiador e militar brasileiro.

Filho de José Fernandes de Sousa Docca e de Maria José da Rosa, ingressou no exército em 1899, em sua cidade natal.[1] Galgou todos os postos da arma de Intendência, até chegar a general, em 13 de junho de 1941. Fez o curso de Administração Militar de 1917 a 1921 e a Escola Superior de Intendência no Rio de Janeiro, em 1921.[1]

Como historiador, pertenceu ao Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Sul, do qual foi um dos fundadores, e ao Instituto Histórico e Geográfico do Brasil e à Academia Riograndense de Letras.

Referências

  1. a b SPALDING, Walter. Construtores do Rio Grande. Livraria Sulina, Porto Alegre, 1969, 3 vol., 840 pp.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.