Ema de Waldeck e Pyrmont

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ema
Princesa de Waldeck e Pyrmont
Rainha Consorte dos Países Baixos
Reinado 7 de janeiro de 1879
a 23 de novembro de 1890
Predecessora Sofia de Württemberg
Sucessor Henrique de Mecklemburgo-Schwerin
Grã-Duquesa Consorte de Luxemburgo
Reinado 7 de janeiro de 1879
a 23 de novembro de 1890
Predecessora Sofia de Württemberg
Sucessora Adelaide Maria de Anhalt-Dessau
Regente dos Países Baixos
Período 20 de novembro de 1880
a 31 de agosto de 1898
Monarca Guilhermina
Marido Guilherme III dos Países Baixos
Descendência
Guilhermina dos Países Baixos
Nome completo
em alemão: Adelheid Emma Wilhelmina Theresia zu Waldeck und Pyrmont;
Casas Waldeck e Pyrmont (por nascimento)
Orange-Nassau (por casamento)
Pai Jorge Vítor, Príncipe de Waldeck e Pyrmont
Mãe Helena de Nassau
Nascimento 2 de agosto de 1858
Castelo de Arolsen, Arolsen, Waldeck e Pyrmont, Confederação Germânica
Morte 20 de março de 1934 (75 anos)
Palácio de Lange Voorhout, Haia, Países Baixos
Enterro Nieuwe Kerk, Delft, Países Baixos

Adelaide Ema Guilhermina Teresa de Waldeck e Pyrmont (Arolsen, 2 de agosto de 1858Haia, 20 de março de 1934) foi a segunda esposa do rei Guilherme III e Rainha Consorte dos Países Baixos e Grã-Duquesa Consorte de Luxemburgo entre 1879 e 1890. Era filha de Jorge Vítor, Príncipe de Waldeck e Pyrmont, e sua esposa Helena de Nassau. Ela serviu como regente de sua filha a rainha Guilhermina de 1890 até 1898 durante sua minoridade.

Biografia[editar | editar código-fonte]

A rainha com a filha, Guilhermina. Pintura de 1881 por Thérèse Schwartze.

A princesa Adelaide Ema Guilhermina Teresa de Waldeck e Pyrmont[1] nasceu no Castelo de Arolsen, em Arolsen, capital do pequeno Principado de Waldeck e Pyrmont, em Hesse, na Alemanha. Era a quarta filha de Jorge Vítor, Príncipe de Waldeck e Pyrmont e de sua primeira esposa, a princesa Helena de Nassau. Sua irmã, Helena Frederica, era a esposa do duque de Albany, um filho da rainha Vitória do Reino Unido e de Alberto de Saxe-Coburgo-Gota.

No dia 7 de janeiro de 1879, Ema casou-se com o rei Guilherme III, que tinha quarenta e um anos a mais do que ela e que estava viúvo havia dois anos da princesa Sofia de Württemberg. O rei, uma vez descrito como "O Grande Devasso do Ano" pela revista The New York Times, havia sido rejeitado anteriormente pela irmã mais velha de Ema, a princesa Paulina de Waldeck e Pyrmont, e pela princesa Tira da Dinamarca, irmã de Alexandra da Dinamarca, que era esposa de Eduardo, príncipe de Gales.

Com Guilherme III, Ema teve apenas uma filha, a futura rainha Guilhermina, nascida em 1880. O rei tinha três filhos de seu primeiro casamento, Maurício, Guilherme e Alexandre, mas todos morreram antes de seu pai.

Quando Guilherme faleceu em 1890, Ema tornou-se rainha regente porque sua filha, a única descendente viva do rei, tinha apenas dez anos anos de idade e não podia assumir o trono. Ela permaneceu como rainha regente até o aniversário de dezoito anos de Guilhermina, em 31 de agosto de 1898. O grão-ducado de Luxemburgo, que na época não podia ser herdado por uma mulher, passou para um primo distante de Guilherme III, o duque Adolfo de Nassau.

Ema faleceu em 1934, aos setenta e cinco anos, devido às complicações de uma bronquite, e foi enterrada em Delft, a oeste dos Países Baixos.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

  1. Em alemão, seu nome era Adelheid Emma Wilhelmine Therese Prinzessin zu Waldeck und Pyrmont

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ema de Waldeck e Pyrmont
Precedido por
Sofia de Württemberg
Rainha Consorte dos Países Baixos
Coat of Arms of Emma of Waldeck and Pyrmont, Queen of the Netherlands.svg

7 de janeiro de 1879 - 23 de novembro de 1890
Sucedido por
Henrique de Mecklemburgo-Schwerin