Emoji: O Filme

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Emoji: O Filme
The Emoji Movie
Pôster promocional
 Estados Unidos
2017 •  cor •  86 min 
Direção Tony Leondis
Produção Michelle Raimo Kouyate
Roteiro Eric Siegel
Tony Leondis
Mike White
História Tony Leondis
Eric Siegel
Baseado em
Emoji
de
Elenco T. J. Miller
James Corden
Anna Faris
Maya Rudolph
Steven Wright
Jennifer Coolidge
Jake T. Austin
Christina Aguilera
Sofia Vergara
Patrick Stewart
Gênero animação
comédia
aventura
ficção científica
Música Patrick Doyle
Edição William J. Caparella
Companhia(s) produtora(s) Columbia Pictures
Sony Pictures Animation
LStar Capital
Distribuição Sony Pictures Releasing
Lançamento
  • 28 de julho de 2017 (2017-07-28) (Estados Unidos)
  • 10 de agosto de 2017 (2017-08-10) (Portugal)[1]
  • 31 de agosto de 2017 (2017-08-31) (Brasil)[2]
Idioma inglês
Orçamento US$ 50 milhões[3]
Receita US$ 217 273 584[4]

The Emoji Movie (bra/prt: Emoji: O Filme)[1][2] é um filme de animação de comédia, aventura e ficção científica estadunidense de 2017, escrito e dirigido por Tony Leondis e co-escritor por Eric Siegel e Mike White.[5] O filme irá estrelar as vozes de T. J. Miller, Anna Faris, James Corden, Patrick Stewart, Maya Rudolph, Steven Wright, Rob Riggle, Jennifer Coolidge, Jake T. Austin, Sofia Vergara, e Christina Aguilera. Produzido pela Sony Pictures Animation, foi lançado nos Estados Unidos em 28 de julho de 2017.[6]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gene, um emoji pode mostrar diversas expressões. Apesar de nem todo mundo aceitar isso. Ele e outros emojis vivem em um smartphone de um garoto chamado Alex, quando Alex manda uma mensagem para Addie,a sua colega no qual tem uma queda e Gene faz um emoji inadequado, o celular corre risco de ser reiniciado. Para impedir isso Gene sai numa aventura com Bate Aqui, um emoji de mão e Rebelde, uma emoji hacker grosseira. Para Gene ser um emoji normal terá que atravessar vários aplicativos antes que o celular seja apagado, além de evitar robôs mandados por Sorridente, a chefe dos emojis, para apagar Gene após o incidente. [7][8]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Produção[editar | editar código-fonte]

O filme foi inspirado no amor do diretor Tony Leondis por Toy Story (1995).[16] Querendo fazer uma nova abordagem do conceito, ele começou a se perguntar: "Qual é o novo brinquedo que ainda não foi explorado?" Ao mesmo tempo, Leondis recebeu uma mensagem de texto com um emoji, que o ajudou a perceber que esse era o mundo que ele queria explorar.[16] Ao desenvolver a história, Leondis considerou que os emojis visitassem o mundo real. No entanto, sua produtora sentiu que o mundo dentro de um telefone era muito mais interessante, o que inspirou Leondis a criar a história de onde e como os emojis viviam.[16] Como Leondis é gay, ele se conectou com a situação de Gene de "ser diferente em um mundo que espera que você seja uma coisa" e, ao perceber que o sentimento era verdadeiro para a maioria das pessoas, Leondis disse que o filme "era muito pessoal".[16]

Em 21 de julho de 2015, foi anunciado que a Sony Pictures Animation ganhou uma guerra de licitação contra a Warner Bros. e a Paramount Pictures sobre os direitos de produção para produzir o filme.[17] Na CinemaCon de 2016, o filme foi oficialmente anunciado.[18] O filme foi rapidamente colocado em produção pelo estúdio após a guerra de licitação. Ao contrário da maioria dos outros filmes de animação, o filme teve um tempo de produção de dois anos, pois havia a preocupação de que o filme se tornasse desatualizado devido à evolução da tecnologia de telefones.[19]

Escalação do elenco[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2016, Miller foi anunciado que Gene seria o emoji principal em um tweet da Sony Pictures Animation no Dia Mundial do Emoji.[9] Leondis criou o papel com Miller em mente, embora o ator inicialmente hesitasse em interpretar o papel, apenas aceitando depois que Leondis o informou sobre a história.[20] Leondis escolheu Miller porque "quando você pensa em irreprimível, você pensa em TJ. Mas ele também tem essa capacidade surpreendente de partir seu coração".[20] Além disso, Miller também contribuiu com algumas reescritas.[21] Em outubro de 2016, foi anunciado que Ilana Glazer e James Corden se juntariam ao elenco.[8] Em dezembro de 2016, o título do filme foi renomeado de Emojimovie: Express Yourself, para simplesmente The Emoji Movie.[22] Glazer foi posteriormente substituída por Anna Faris.[10] De acordo com Jordan Peele, inicialmente foi oferecido para ele o papel de "Cocô", que levou à sua decisão de deixar de atuar.[23] O personagem acabou indo para Patrick Stewart.

Música[editar | editar código-fonte]

A trilha sonora do filme foi composta por Patrick Doyle, que anteriormente compôs a trilha sonora de Igor (2008), também dirigido por Leondis. O cantor Ricky Reed gravou uma canção original, "Good Vibrations", para o filme.[24] Enquanto também dublava um personagem no filme, a canção "Feel This Moment " de Christina Aguilera também foi usada durante o filme e os créditos finais.[25]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

Em novembro de 2015, a Sony programou o lançamento do filme para 11 de agosto de 2017.[26] Um ano depois, ele foi movido para 4 de agosto, com Baby Driver inicialmente levando a data anterior.[27] No final de março, o filme foi movido uma semana antes, para 28 de julho, trocando de lugar com The Dark Tower.[28]

O lançamento do filme nos cinemas foi precedido por Puppy! (2017), um curta de Hotel Transilvânia escrito e dirigido por Genndy Tartakovsky, que serviu de empate para o lançamento de Hotel Transylvania 3: Summer Vacation (2018).[29][30][31]

Marketing[editar | editar código-fonte]

Em 20 de dezembro de 2016, um teaser trailer do filme foi lançado[32], que recebeu críticas esmagadoras de usuários de mídia social, coletando quase 22.000 "dislikes" contra 4.000 "likes" nas primeiras 24 horas de seu lançamento.[33] Um segundo trailer foi lançado em 16 de maio de 2017[34], que também recebeu uma recepção extremamente negativa.[35][36] A Sony promoveu o lançamento do último trailer em uma conferência de imprensa em Cannes, um dia antes do Festival de Cinema de Cannes de 2017 , que contou com T.J. Miller soltando um balão.[37] A Variety chamou o evento de "um pouco estranho"[38], e The Hollywood Reporter descreveu isso como "divulgação ridícula".[37]

A Sony Pictures foi posteriormente criticada depois que a conta oficial do filme no Twitter postou uma foto promocional de uma paródia de The Handmaid's Tale, com a personagem Sorrisete. A paródia foi considerada de mal gosto devido aos temas gerais da obra, e a imagem foi excluída posteriormente.[39][40]

Em 17 de julho de 2017, o Empire State Building foi aceso com "emoji amarelo".[41] Naquele mesmo dia, o diretor Tony Leondis e a produtora Michelle Raimo Kouyate se juntaram a Jeremy Burge e Jake T. Austin[42] para tocar o sino de fechamento da Bolsa de Valores de Nova York[43] e a Saks Fifth Avenue ofereceu um tapete vermelho de eventos promocional de emojis[44] em sua loja principal para promover mercadorias da marca Emoji Movie.[45][46]

Em 20 de julho de 2017, a Sony Pictures convidou o YouTuber Jacksfilms (que eles consideravam "O fã número um de The Emoji Movie") para a estreia mundial e enviou a ele um pacote contendo várias mercadorias de The Emoji Movie, incluindo fidget spinners, máscaras faciais, e uma pelúcia do emoji de cocô. A Jacksfilms elogiou o filme quatro meses antes, embora fosse sarcasmo e ele estava na verdade zombando do filme.[47]

Home media[editar | editar código-fonte]

The Emoji Movie foi lançado em 4K Ultra HD Blu-ray, Blu-ray e DVD em 24 de outubro de 2017 nos Estados Unidos, pela Sony Pictures Home Entertainment.[48] De acordo com o The Numbers, as vendas de DVD arrecadaram US$ 8.616.759 e as vendas de Blu-ray, US$ 6.995.654.[49]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

The Emoji Movie arrecadou US$ 86,1 milhões nos Estados Unidos e Canadá, e US$ 131,7 milhões em outros territórios, para um total mundial de US$ 217,8 milhões, contra um orçamento de produção de US$ 50 milhões.[50]

Nos Estados Unidos e Canadá, The Emoji Movie foi lançado junto de Atômica e tinha expectativas de arrecadar cerca de US$ 20 milhões em 4.075 salas de cinema em seu fim de semana de abertura.[51] O filme arrecadou US$ 900.000 nas prévias de quinta-feira à noite e US$ 10,1 milhões no primeiro dia.[52][53] Ele estreou com US$ 24,5 milhões, terminando em segundo na bilheteria atrás de Dunquerque (2017).[54] Deteve o recorde de pior abertura para um filme em 4.075 cinemas.[49] No segundo fim de semana do filme, caiu quase 50%, arrecadando $ 12,4 milhões e terminando em terceiro (atrás de Torre Negra e Dunquerque).[55]

Os embargos da crítica ao filme foram lançadas no meio-dia, 27 de julho, apenas algumas horas antes de o filme estrear para o público em geral, em um movimento considerado entre uma das várias táticas que os estúdios estão usando para tentar conter as classificações ruins do Rotten Tomatoes.[56] Falando sobre o efeito que as críticas embargadas até o último minuto tiveram sobre a estreia do filme, Josh Greenstein, presidente de marketing e distribuição mundial da Sony Pictures, disse: "The Emoji Movie foi feito para menores de 18 anos... então queríamos oferecer o filme a sua melhor chance. Que outro grande lançamento com uma pontuação abaixo de 8 por cento estreou no norte com US$ 20 milhões? Não acho que haja um.".[56]

Crítica especializada[editar | editar código-fonte]

The Emoji Movie foi criticado universalmente pelos críticos.[57][58] No site agregador de críticas Rotten Tomatoes, o filme mantém um índice de aprovação de 7% baseado em 134 críticas, com uma classificação média de 2,90/10. O consenso crítico do site exibe um emoji sem símbolo ("🚫") no lugar do texto.[59] No Metacritic, que atribui uma classificação normalizada às críticas, o filme tem uma pontuação média ponderada de 12 em 100, com base em 26 críticos, indicando "aversão esmagadora".[60] O público entrevistado pela CinemaScore deu ao filme uma nota média de "B" em uma escala de A + a F.

David Ehrlich, do IndieWire, deu ao filme um D, escrevendo: "Não se engane, The Emoji Movie é muito, muito, muito ruim (estamos falando de uma peça hiperativa de propaganda corporativa em que o Spotify salva o mundo e Sir Patrick Stewart dá voz a um cocô vivo), mas a vida real é muito difícil de competir agora.".[61] Alonso Duralde, do TheWrap, também criticou o filme, chamando-o de "um desastre de esmagar a alma porque falta humor, sagacidade, ideias, estilo visual, performances atraentes, um ponto de vista ou qualquer outra característica distinta que o tornaria tudo menos uma completa perda de tempo".[62]

Glen Kenny, do The New York Times, descreveu o filme como "abertamente idiota", afirmando que o filme segue uma ideia de Hollywood de que o "idiota da moda e vaidoso pode parecer menos idiota".[63] Owen Gleiberman, da Variety, criticou o filme como "exagero situacional agitado" e "preguiçoso" enquanto criticava cruelmente o filme, escrevendo: "Houve ideias piores, mas neste caso a execução não é boa o suficiente para trazer a noção de um filme de emoji para uma vida funky e surpreendente.".[64] Escrevendo no The Guardian, Charles Bramesco chamou o filme de "mal insidioso" e escreveu que era pouco mais do que um exercício de anunciar downloads de smartphones para crianças.[65] Escrevendo para o Hindustan Times, Aditya Dogra reconheceu que os espectadores notaram semelhanças entre The Emoji Movie e Inside Out, The Lego Movie e Wreck-It Ralph.[66]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Nomeado (s) Resultado Ref (s)
2018 Kids' Choice Awards Filme de animação favorito The Emoji Movie Indicado [67]
38º Framboesa de Ouro Pior Filme Michelle Raimo Kouyate Venceu [68]
Pior Diretor Tony Leondis Venceu [68]
Pior combo Quaisquer dois emojis desagradáveis Venceu [68]
Pior Roteiro Tony Leondis, Eric Siegel e Mike White ; baseado na tendência de emojis Venceu [68]
O candidato indicado ao Framboesa que é tão podre que você amou The Emoji Movie Indicado [69]

Referências

  1. a b «Emoji: O Filme». SAPO Mag. Altice Portugal. Consultado em 21 de abril de 2022 
  2. a b «Emoji: O Filme». AdoroCinema. Webedia. Consultado em 21 de abril de 2022 
  3. http://www.thewrap.com/how-sony-lstar-movie-finance-deal-fell-apart-flops-ghostbusters-feet-desk/
  4. http://www.boxofficemojo.com/movies/?id=theemojimovie.htm
  5. a b c d Goldberg, Matt (20 de dezembro de 2016). «'The Emoji Movie' Trailer Literally Gets Promoted by "Meh"» (em inglês). Collider. Consultado em 16 de junho de 2017 
  6. Franklin, Garth. «"Dark Tower" & "Emoji Movie" Swap Dates - Dark Horizons» (em inglês). Dark Horizons. Consultado em 16 de junho de 2017 
  7. a b c Amidi, Amid (10 de outubro de 2016). «'Emojimovie: Express Yourself' Promises To Make You A Better Person». Cartoon Brew (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2017 
  8. a b c Lee, Ashley (10 de outubro de 2016). «James Corden, Ilana Glazer Join Animated 'EmojiMovie'». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2017 
  9. a b Snierson, Dan (27 de julho de 2016). «Silicon Valley star T.J. Miller to voice lead character in emoji movie» (em inglês). Entertainment Weekly 
  10. a b c Schager, Nick (20 de abril de 2017). «'The Emoji Movie': Meet James Corden's High-Spirited, High-Fiving Character» (em inglês). Yahoo! Movies. Consultado em 16 de junho de 2017 
  11. a b c Shaw-Williams, Hannah (18 de janeiro de 2017). «Sir Patrick Stewart Voicing Poop Emoji in The Emoji Movie» (em inglês). Screen Rant. Consultado em 16 de junho de 2017 
  12. Megan French, Jamie Blynn (15 de maio de 2017). «Meet Christina Aguilera's 'Emoji Movie' Character Akiko Glitter: First Pic!». Us Weekly (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2017 
  13. Miller, Mike (18 de abril de 2017). «Meet Sofia Vergara's Flamenco Dancer from The Emoji Movie: 'People Are Always Saying I Look Like Her!». People (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2017 
  14. «Patrick Stewart fala sobre papel de 'emoji de cocô' em animação: 'Trabalho de uma vida'». O Globo. 7 de março de 2017. Consultado em 16 de junho de 2017 
  15. Marnell, Blair (20 de dezembro de 2016). «The Emoji Movie teaser trailer arrives with a 'meh' and a poop daddy» (em inglês). The Nerdist. Consultado em 16 de junho de 2016 
  16. a b c d «The Emoji Movie Tony Leondis Interview | Screen Rant». web.archive.org. 12 de julho de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  17. Fleming Jr, Mike (21 de julho de 2015). «Emoji At Center Of Bidding Battle Won By Sony Animation; Anthony Leondis To Direct». Deadline (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2017 
  18. Chipman, Bob (13 de abril de 2016). «Emoji Movie Officially Announced by Sony; Plot Details Revealed». Screen Rant (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2017 
  19. «Emoji Movie Director Tony Leondis Talks to ComingSoon.net». ComingSoon.net. 10 de julho de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  20. a b «How 'The Emoji Movie' Tries to Find Humanity in Digital Excess | Inverse». web.archive.org. 13 de julho de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  21. «T.J. Miller and 'Emoji Movie' Director Talk Poop Jokes & Hard Laughs | EXCLUSIVE». Movieweb (em inglês). 11 de julho de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  22. «Recent Movie título Changes». Box Office Mojo (em inglês). Consultado em 16 de junho de 2017 
  23. Ivie, Devon (4 de fevereiro de 2018). «We Can Officially Blame The Emoji Movie for Jordan Peele's Acting Retirement». Vulture (em inglês). Consultado em 7 de setembro de 2021 
  24. «'The Emoji Movie' to Feature Original Song by Ricky Reed | Film Music Reporter». web.archive.org. 28 de julho de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  25. Harris, Hunter (28 de julho de 2017). «The Emoji Movie Didn't Deserve Christina Aguilera». Vulture (em inglês). Consultado em 7 de setembro de 2021 
  26. «Emoji Movie, Animated Spider-Man and Peter Rabbit Get Release Dates». web.archive.org. 23 de dezembro de 2015. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  27. «'The Dark Tower' Release Date Moved To Summer 2017; 'Jumanji Gets Christmas Slot | Deadline». web.archive.org. 8 de novembro de 2016. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  28. «Dark Tower Movie Delayed - ComingSoon.net». web.archive.org. 4 de novembro de 2016. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  29. «First Look at 'Hotel Transylvania' Short 'Puppy!'». Movieweb (em inglês). 27 de julho de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  30. «Sony Pictures Animation Unveils 'Spider-Man,' 'Hotel Transylvania 3,' 'Smurfs' And More». web.archive.org. 22 de janeiro de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  31. «Sony Pictures Animation Teases Upcoming Slate». web.archive.org. 19 de janeiro de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  32. «The Emoji Movie ganha primeiro teaser». E! Online. 21 de dezembro de 2016. Consultado em 16 de junho de 2017 
  33. Kitchener, Shaun (21 de dezembro de 2016). «'Worst idea ever' The Emoji Movie releases first trailer… and is PANNED by viewers». Express.co.uk (em inglês). Consultado em 7 de setembro de 2021 
  34. Camila Sousa (16 de maio de 2017). «Trailer completo revela mundo escondido dentro dos celulares». Omelete. Consultado em 16 de junho de 2017 
  35. «The Emoji Movie's first trailer is 150 seconds of kids' movie cliches - The Verge». web.archive.org. 17 de maio de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  36. «Sony's first full trailer for The Emoji Movie will make you rethink your life». web.archive.org. 17 de maio de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  37. a b «T.J. Miller Parasails Into Cannes in Stunt for Sony's 'Emoji Movie' | Hollywood Reporter». web.archive.org. 31 de julho de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  38. «T.J. Miller Parasails Into Cannes in 'Emoji Movie' Stunt | Variety». web.archive.org. 29 de julho de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  39. «Sony deletes questionable Emoji Movie tweet parodying The Handmaid's Tale - Polygon». web.archive.org. 25 de julho de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  40. «'Emoji Movie' Criticized for "Tasteless" 'Handmaid's Tale' Tweet | Hollywood Reporter». web.archive.org. 25 de julho de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  41. Sequin, Molly (17 de julho de 2017). «The Empire State Building will light up 'emoji yellow' for World Emoji Day». Mashable (em inglês). Consultado em 7 de setembro de 2021 
  42. «The Cast Of The Emoji Movie Rings The Closing Bell Of The New York Stock Exchange In Honor Of World Emoji Day Photos and Premium High Res Pictures - Getty Images». www.gettyimages.com. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  43. «Events». web.archive.org. 28 de junho de 2018. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  44. «Saks Celebrates World Emoji Day Photos and Premium High Res Pictures - Getty Images». www.gettyimages.com. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  45. Facebook; Twitter; options, Show more sharing; Facebook; Twitter; LinkedIn; Email; URLCopied!, Copy Link; Print (18 de julho de 2017). «Saks Fifth Avenue, Sony team up for 'The Emoji Movie' merchandise». Los Angeles Times (em inglês). Consultado em 7 de setembro de 2021 
  46. «Emojis Get a High-Fashion Makeover at Saks Fifth Avenue». www.yahoo.com (em inglês). Consultado em 7 de setembro de 2021 
  47. I got invited to the world premiere of The Emoji Movie, consultado em 7 de setembro de 2021 
  48. «Home Market Releases for October 24th, 2017 - The Numbers». web.archive.org. 2 de março de 2021. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  49. a b «The Emoji Movie (2017) - Financial Information». web.archive.org. 4 de março de 2021. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  50. «The Emoji Movie». Box Office Mojo. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  51. «Will 'Dunkirk' Stay Afloat Against 'Atomic Blonde,' 'Emoji Movie' at Box Office This Weekend?». TheWrap. 25 de Julho de 2017. Consultado em 26 de Julho de 2017 
  52. «Atomic Blonde' Delivers $1.52M in Thursday Previews; 'Emoji' with $900k». Box Office Mojo. 28 de Julho de 2017 
  53. «Box Office: 'Atomic Blonde' Beats 'Emoji Movie' on Thursday - Variety». web.archive.org. 3 de março de 2021. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  54. «Box Office: 'Dunkirk' Fights For No. 1 Vs. 'Atomic Blonde' & 'Emoji M…». archive.ph. 30 de julho de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  55. «'The Dark Tower' Collects $1.8M On Thursday Night; 'Detroit' At $525K | Deadline». web.archive.org. 4 de agosto de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  56. a b «Studios Fight Back Against Withering Rotten Tomatoes Scores | Hollywood Reporter». web.archive.org. 3 de agosto de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  57. «7 brutal reviews of The Emoji Movie». Entertainment Weekly. 27 de julho de 2017 
  58. «'The Emoji Movie': What the Critics Are Saying». The Hollywood Reporter (em inglês). 27 de Julho de 2017 
  59. «The Emoji Movie (2017)». Rotten Tomatoes. Fandango. Consultado em 28 de julho de 2017 
  60. «The Emoji Movie reviews». Metacritic. Consultado em 28 de julho de 2017 
  61. David Ehrlich (27 de Julho de 2017). «Review: 'The Emoji Movie' Is Almost as Bad and Brutally Depressing as Everything Else in 2017». IndieWire. Consultado em 27 de Julho de 2017 
  62. «The Emoji Movie' Review: There Are No Words». TheWrap. 27 de Julho de 2017 
  63. Kenny, Glenn (27 de Julho de 2017). «Review: 'The Emoji Movie' Is Here. No, We're Not Making This Up.». The New York Times. Consultado em 27 de Julho de 2017 
  64. «'The Emoji Movie' Review: A Mostly Witless 'Inside Out' Knockoff | Variety». web.archive.org. 29 de julho de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  65. «The Emoji Movie review – a big thumbs down 👎 | Film | The Guardian». web.archive.org. 29 de julho de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  66. «The Emoji Movie: Trailer manages to divide the internet within hours of releasing». Hindustan Times (em inglês). 17 de maio de 2017. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  67. «Kids' Choice Awards: Complete List of Winners 2018 | Hollywood Reporter». web.archive.org. 13 de maio de 2018. Consultado em 7 de setembro de 2021 
  68. a b c d Mendes, Taiani. «Framboesa de Ouro 2018: Emoji é o pior filme do ano». AdoroCinema. Webedia. Consultado em 15 de janeiro de 2019 
  69. «Razzie Awards: 'Emoji Movie' Named Worst Picture of the Year | Hollywood Reporter». web.archive.org. 9 de novembro de 2020. Consultado em 7 de setembro de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]