Empire State of Mind

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura pela continuação desta canção, protagonizada por Alicia Keys, veja Empire State of Mind (Parte II) Broken Down.
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde janeiro de 2012). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Ambox grammar.svg
Esta página ou secção precisa de correção ortográfico-gramatical.
Pode conter incorreções textuais, podendo ainda necessitar de melhoria em termos de vocabulário ou coesão, para atingir um nível de qualidade superior conforme o livro de estilo da Wikipédia. Se tem conhecimentos linguísticos, sinta-se à vontade para ajudar.
"Empire State of Mind"
Single de Jay-Z com participação de Alicia Keys
do álbum The Blueprint 3
Lançamento 20 de outubro de 2009
Formato(s) 12", download digital, CD single
Gravação 2009;
Nova Iorque, Nova Iorque
(Roc The Mic Studios, Oven Studios)[1]
Gênero(s) Hip hop, R&B
Duração 4:37 (versão do álbum)
3:16 (edição da rádio)
Gravadora(s) Roc Nation, Atlantic
Composição Angela Hunte, Alicia Keys, Alexander Shuckburgh, Burt Keyes, Jane't "Jnay" Sewell-Ulepic, Shawn Carter, Sylvia Robinson
Produção Al Shux
Informações sobre o vídeo musical
Gravação 29 de setembro de 2009;
Nova Iorque, Nova Iorque, EUA
(Tribeca, Ground Zero)
Lançamento 30 de outubro de 2009
Director(es) Hype Williams
Cronologia de singles de Jay-Z
"Run This Town"
(2009)
"On to the Next One"
(2009)
Cronologia de singles de Alicia Keys
Another Way to Die
(2008)
"Doesn't Mean Anything"
(2009)
Lista de faixas de The Blueprint
"Run This Town"
(4)
"Real as It Gets"
(6)
Vídeo musical
"Empire State of Mind"

"Empire State of Mind" é uma canção do rapper norte-americano de hip hop Jay-Z, com participação vocal da cantora Alicia Keys, tirada de seu décimo primeiro álbum de estúdio, The Blueprint 3 (2009). Foi lançada como o terceiro single do álbum nos formatos digital, físico e 12" pela gravadora Roc Nation em outubro de 2009. A canção é um ode endémico para ambos os artistas nativos da cidade de Nova Iorque, e possui uma amostra da canção "Love on a Two-Way Street" (1970) do grupo The Moments. "Empire State of Mind" foi originalmente escrita pelos nativos do Brooklyn, Angela Hunte e Jane't "Jnay" Sewell-Ulepic, que estavam sentindo saudades de casa, enquanto viajavam para o exterior em fevereiro de 2009. No mês seguinte, enviaram a música em consideração à Roc Nation, embora tenha recebido críticas negativas. Inicialmente desanimados, a dupla enviou a canção para Jay-Z após uma sugestão de um sócio da EMI Music Publishing (EMI), e depois de um incidente que eles descreveram como um presságio.

Depois de ouvir a canção, Jay-Z gravou-a imediatamente, mudando todos os versos mas mantendo o gancho. O single era um suposto recurso de Hunte no gancho da canção, mas quando Hunte e Sewell-Ulepic foram perguntados se eles achavam que alguém seria mais apropriado para o coro, Hunte sugeriu Alicia Keys. Mary J. Blige também foi considerada para o papel, mas Keys foi escolhida depois que Jay-Z ouviu o circuito da música no piano. A canção foi sendo vista como um "balada de rap orquestral" e tem um estilo musical pop rap. Ele contém referências a drogas, locis em Nova Iorque e seus moradores famosos, descrevendo a essência da cidade. Profanação também está presente durante toda a canção e, embora seja normalmente incluído durante as performances ao vivo, foi omitida durante o desempenho no Game 2 na Série Mundial de Basebol de 2009.

Foi incluída na lista de vários críticos top 10 para as melhores canções de 2009; incluindo a revista Rolling Stone e o New York Times. A música também foi indicada para 3 Grammy Awards, vencendo o prêmio de "Melhor Canção de Rap" e "Prêmio Grammy para Best Rap/Sung Collaboration". "Empire State of Mind" alcançou sucesso comercial em todo o mundo. A faixa atingiu o pico no top 10, em países como Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Austrália, França, Itália e Suécia. O single foi bem sucedido comercialmente nos Estados Unidos, chegando a posição de número #1 na Billboard 200, durante 5 semanas consecutivas, tornando-se o primeiro single de número um no gráfico como um artista principal. Vendeu cinco milhões de cópias no país.[2] Ele apareceu no final de ano de 2009 na Itália, Austrália e Estados Unidos. A canção também é o último hit de número um na década de 2000.

No vídeo da canção, que é basicamente em preto-e-branco, Jay-Z e Alicia Keys são mostrados tocando a música em vários locais de Nova Iorque. "Empire State of Mind" foi realizado por Jay-Z e Keys em múltipos tempos, inclusive durante o MTV Video Music Awards de 2009 e do American Music Awards de 2009. Normalmente, quando a dupla executa a canção, um telão mostra imagens de lugares de Nova Iorque. Keys gravou uma continuação intitulada "Empire State of Mind (Part II) Broken Down", que é caracterizado em seu quarto álbum de estúdio The Element of Freedom (2009). Sua versão foi recebido positivamente pela crítica e se saiu bem comercialmente, mas não foi tão bem quanto seu antecessor; esteve no top 10 em três países, como no Reino Unido, Holanda e Irlanda. Ela disse que escolheu para gravar sua própria versão de "Empire State of Mind" porque ela queria expressar seus próprios sentimentos pessoais sobre Nova Iorque.

Video Music Awards[editar | editar código-fonte]

A canção teve a sua primeira performance no MTV Video Music Awards de 2009 com a cantora americana Alicia Keys. Depois que a canção foi lançada como um download digital no iTunes Store em 8 de setembro de 2009, chegou à quinquagésima posição no Billboard Hot 100, com mais de 40.000 downloads. Na semana seguinte, subiu para o número 5, tornando-se décimo sexto hit de Jay-Z a alcançar o top 10 e o nono de Alicia Keys. "Empire State of Mind" alcançou o segundo lugar no UK Singles Chart,em 4 de outubro de 2009. A música também alcançou o segundo lugar na Irlanda Singles Chart em 25 de setembro de 2009, sem ao menos ter sido lançada oficialmente. No Reino Unido, que recebeu a rotação na BBC Radio 1 e The Hit Music Network Listas.

Videoclipe[editar | editar código-fonte]

O Videoclipe estreou oficialmente no dia 03 de Novembro de 2009 junto com Did It Again da Shakira e 3 da Britney Spears. O Clipe começa em preto e branco, a mostrar várias imagens de Nova York. Em seguida, Jay-Z aparece caminhando pelas ruas da cidade; Alicia Keys toca piano na Times Square e, no piano, a figura da Estátua da Liberdade. Depois da alternância entre eles e a cidade, cantam num estádio e finalmente o preto e branco dão lugar a um colorido ao vídeo.

Gráficos e certificações[editar | editar código-fonte]

Precessão e sucessão[editar | editar código-fonte]

Gráficos de sucessão
Precedido por
"Pretty Wings" de Maxwell
Billboard Hot R&B/Hip-Hop Songs
21 de novembro de 2009 - 5 de dezembro de 2009
Sucedido por
"Papers" de Usher
Precedido por
"Forever" de Drake com Kanye West, Lil Wayne & Eminem
Billboard Rap Songs
21 de novembro de 2009 - 12 de janeiro de 2010
Sucedido por
"BedRock" de Young Money
Precedido por
"Fireflies" de Owl City
Billboard Hot 100
28 de novembro de 2009 - 26 de dezembro de 2009
Sucedido por
"Tik Tok" de Kesha
Precedido por
"Bad Romance" de Lady Gaga
Tcheco Airplay Chart
7 semanas em 2010
Sucedido por
"Russian Roulette" de Rihanna
Precedido por
"Pribeh" de Tina and Rytmus
Tcheco Airplay Chart
11 semanas - 12 semanas em 2010
Sucedido por
"Bad Romance" de Lady Gaga

Referências

  1. (2009) Créditos do álbum The Blueprint 3 por Jay-Z [encarte]. Estados Unidos: Atlantic Records.
  2. Paul Grein (20 de agosto de 2012). «Week Ending Aug. 19, 2012. Songs: Swift Makes Digital History». Yahoo!. Consultado em 28 de agosto de 2012 
  3. «Chartverfolgung / Jay-Z & Keys,Alicia / Single». Musicline.de (em German). PHONONET GmbH. Consultado em 18 de dezembro de 2010 
  4. Australian charts
  5. Austrian charts
  6. ultratop.be (Flanders)
  7. ultratop.be (Valônia)
  8. «Week of December 12, 2009». Billboard. Consultado em 3 de maio de 2010. Arquivado do original em 22 de agosto de 2008 
  9. Danish charts
  10. «Archive Chart». The Official Charts Company. 24 de outubro de 2009. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  11. Spanhish charts
  12. Finnish charts
  13. Les charts
  14. Dutch charts
  15. Italian charts
  16. «Irish Singles Top 50 Issue Date: Thursday September 24, 2009». Irish Recorded Music Association. acharts.us. Consultado em 4 de maio de 2010 
  17. Charts.org.nz
  18. Norwegian charts
  19. Swedish charts
  20. Hitparade
  21. «Empire State of Mind». The Official Charts Company. Consultado em 3 de maio de 2010 
  22. «Radio 1 - Chart Show — RnB Singles». BBC Online. BBC 
  23. a b c Pietroluongo, Silvio (18 de novembro de 2009). «Jay-Z Jumps To No. 1 On The Hot 100». Billboard. Consultado em 27 de abril de 2010 
  24. «ARIA Charts — End Of Year Charts — Top 100 Singles 2009». Australian Recording Industry Association. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  25. «ARIA Charts – End Of Year Charts – Top 50 Urban Singles 2009». Australian Recording Industry Association. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  26. «Dutchcharts.nl - Jaaroverzichten - Single 2009». DutchCharts.nl (em Dutch). Hung Medien. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  27. «FIMI - Federazione Industria Musicale Italiana - Ricerche e dati di mercato». Federation of the Italian Music Industry. 19 de janeiro de 2010. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  28. «Sverigetopplistan - Årslistan 2009 Note: Go to Sök alla listor > Årslistor > Välj år 2009 > Visa!» (em sueco). Sverigetopplistan. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  29. «2009 Year End Swiss Singles Chart». SwissCharts.com. Hung Medien. 2009. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  30. «Charts Plus Year end 2009» (PDF). Charts Plus. Consultado em 19 de janeiro de 2012 
  31. «Charts Year End: The Billboard Hot 100». Billboard 
  32. «Hot 100 R&B/Hip-Hop Songs 2009». Billboard. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  33. «Hot Rap Songs». Billboard. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  34. «VIVA Single Jahrescharts 2010». Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  35. «ARIA Charts – End Of Year Charts – Top 100 Singles 2010». Australian Recording Industry Association. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  36. "ARIA Charts – End Of Year Charts – Top 50 Digital Tracks 2010". Australian Recording Industry Association
  37. «ARIA Charts – End Of Year Charts – Top 50 Urban Singles 2010». Australian Recording Industry Association. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  38. «Austriancharts.nl - Jahreshitparade 2010». AustrianCharts.at. Hung Medien. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  39. «Ultratop.be - Jaaroverzichten 2010». Ultratop. Hung Medien. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  40. «Ultratop.be - Rapports Annuels 2010». Ultratop. Hung Medien. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  41. «Charts Year End: Canadian Hot 100». Billboard. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  42. «Hitlisten.nu - Track 2010 Top 50» (em Danish). Tracklisten. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  43. «European Hot 100». Billboard. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  44. «ARCHIVIO RICERCHE E DATI DI MERCATO». Federation of the Italian Music Industry. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  45. «RIANZ Annual Chart > 2010». Recording Industry Association of New Zealand. Consultado em 29 de maio de 2011 
  46. «Topul celor mai difuzate piese în România în 2010» (em romênio). România Liberă. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  47. «Sverigetopplistan - Årslistan 2010 Note: Go to Sök alla listor > Årslistor > Välj år 2010 > Visa!». Hitlistan.se (em sueco). Grammofon Leverantörernas Förening. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  48. «Hitparade.ch - Schweizer Jahreshitparade 2010». HitParade.ch. Hung Medien. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  49. «UKChartsPlusYE2010» (PDF). Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  50. «Billboard Year-End 2010 - Hot 100 songs». Billboard. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  51. «Music Charts, Most Popular Music, Music by Genre & Top Music Charts». Billboard.com. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  52. http://www.billboard.com/#/charts-year-end/hot-r-b-hip-hop-songs?year=2010&begin=41&order=position
  53. http://www.billboard.com/#/charts-year-end/hot-rap-songs?year=2010
  54. http://www.musikindustrie.de/gold_platin_datenbank/#topSearch
  55. «ARIA TOP 40 URBAN SIGLES CHART». Australian Recording Industry Association 
  56. «Ultratop.be - Disques d'Or / de Platine - Singles 2010». Hung Medien. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  57. «Gold & Platin». International Federation of the Phonographic Industry. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  58. «Guld og platin 2010». International Federation of the Phonographic Industry. 15 de setembro de 2010. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  59. «Jay — Z Certifications (Page 2)». Recording Industry Association of America. Consultado em 27 de abril de 2010 
  60. «Week Ending: 16/01/2011» (PDF). Federation of the Italian Music Industry. Consultado em 29 de janeiro de 2012 
  61. «Latest Gold / Platinum Singles January 3, 2010». Radio Scope. Consultado em 29 de janeiro de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]