Empréstimo inter-bibliotecas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Empréstimo interbibliotecas)
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:

Empréstimo inter-bibliotecas ou partilha de recursos é operação mediante a qual uma biblioteca obtém de outra um documento (original ou cópia) que não dispõe na sua colecção, para atender ao pedido de um utilizador. Trata-se de um serviço que deve ser gratuito ou ter um custo mínimo. Através deste sistema, a biblioteca possuidora do item solicitado deverá emprestar ou copiar o mesmo que será, por sua vez, transportado para a biblioteca que o requisitou para consulta local (na maioria dos casos). Este serviço constitui um marco na cooperação entre bibliotecas e justifica-se pela impossibilidade das mesmas serem organismos auto suficientes no momento em que têm de atender a todas as solicitações dos utilizadores.

Se não existisse a possibilidade de empréstimo inter-bibliotecas, o utilizador ao encontrar um item numa biblioteca fora da sua área de residência teria de se deslocar até essa biblioteca e aí solicitar o cartão da mesma (o que nem sempre é possível) a fim de consultar na biblioteca ou requisitar o empréstimo domiciliário (em casos excepcionais) do livro.

Outra vantagem do empréstimo inter bibliotecas reside na aptidão que o staff da biblioteca possui em pesquisar por várias bibliotecas em simultâneo o item pretendido.

Implantação[editar | editar código-fonte]

O primeiro código de empréstimo inter bibliotecário foi elaborado pela ALA (American Library Association) e apesar da data remota, é um dos serviços que mais tardiamente tem sido adoptado pelas diferentes bibliotecas. O desenvolvimento dos meios informáticos e das telecomunicações que permitiram a disponibilização dos catálogos online, facilitaram o incremento de uma cultura de cooperação em geral e o empréstimo inter-bibliotecas em particular. Outro factor que não será de subestimar é o papel de instituições como a IFLA (International Federation of Libraries Association), que mediante a criação de programas de Disponibilização das Publicações permitiram a criação de um corpo doutrinal em que assenta este serviço, bem como, a normalização internacional de procedimentos e impressos sem o qual o processo seria mais complicado.

Funcionamento[editar | editar código-fonte]

Empréstimo inter-bibliotecas comporta geralmente duas operações maiores. A requisição e o envio de livros emprestados, assim:

  • Uma instituição requisitante efectua o pedido de empréstimo inter bibliotecas de um documento, fotocópia ou digitalização para utilização do seu leitor;
  • Uma instituição que faculta o empréstimo recebe a requisição e envia os materiais para a instituição que solicitou o empréstimo.

O empréstimo inter-bibliotecas comporta uma variedade de sistemas e de workflow, muitas vezes baseado na escala do serviço, nas próprias redes regionais e nacionais e nos diversos sistemas de bibliotecas.

Fases ou elementos do processo[editar | editar código-fonte]

Pedido inicial ou petição[editar | editar código-fonte]

Recolha do pedido inicial do utilizador por uma biblioteca, que pode ser pessoalmente, por correio electrónico, fax ou correio convencional. Após o pedido a biblioteca consulta em primeiro lugar os seus próprios catálogos para comprovar que realmente não dispõe o documento solicitado.

Localização do documento[editar | editar código-fonte]

Nesta fase é imprescindível a utilização de distintas fontes da informação, sobretudo, catálogos de bibliotecas. Destes, os mais importantes são os catálogos colectivos e os de grandes bibliotecas. A generalização dos catálogos informatizados na Internet conferiu uma maior agilidade ao processo.

Transmissão do pedido à biblioteca que faculta o empréstimo[editar | editar código-fonte]

É necessário que a biblioteca requisitante se submeta às condições fixadas por esta biblioteca, quanto ao modelo e conteúdo dos formulários para o pedido, duração do empréstimo, documentos excluídos, número possível de pedidos em simultâneo, tempo de respostas, preço, forma de pagamento e responsabilidades.

Recepção e uso[editar | editar código-fonte]

A duração do empréstimo inter-bibliotecas é na maioria das vezes de um mês e a sua consulta deve fazer-se dentro do edifício da biblioteca. - Devolução e encerramento do empréstimo

O empréstimo inter-bibliotecas não deve ser estruturado como um serviço realizado pelas bibliotecas de forma individual. A IFLA recomenda que seja planificado em nível nacional de forma a alcançar uma maior eficácia e racionalização de recursos.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]