EndeavourOS

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
EndeavourOS
Versão do sistema operativo Arch Linux
Logótipo
Produção Bryan Poerwoatmodjo, Fernando Omiechuk Frozi, Johannes Kamprad, Manuel
Lançamento 15 de julho de 2019 (2 anos)
Gestão de pacotes Pamac, AUR
Interface Xfce
MATE
Cinnamon
Deepin
LXQt
Budgie
I3
GNOME
Plasma
Página oficial endeavouros.com
Estado de desenvolvimento
Corrente
Cronologia
Antergos

EndeavourOS é uma distribuição Linux baseada no Arch Linux . É o sucessor de Antergos, que foi descontinuado em 2019. [1] Como o Antergos, possui um instalador gráfico capaz de instalar o Xfce (padrão, offline), Budgie (ambiente de desktop), Cinnamon (ambiente de desktop), Deepin, GNOME, I3 (gerenciador de janelas), KDE Plasma 5, LXQt e MATE . [2]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Quando Antergos anunciou o fim do projeto a 21 de maio de 2019, Bryan Poerwoatmodjo, um moderador da Antergos, apresentou a ideia de manter a comunidade em um novo fórum. A ideia recebeu muito apoio da comunidade e, um dia, Johannes Kamprad, Fernando Omiechuk Frozi e Manuel juntaram-se a Bryan.

Fernando Omiechuk Frozi já havia criado um derivado do Antergos chamado Portergos com um instalador offline que oferece um único ambiente de desktop baseado no Xfce.

O plano original era usar o instalador de rede Cnchi do Antergos, que oferecia nove ambientes de desktop e uma instalação básica à sua escolha, mas devido a dificuldades técnicas a equipa decidiu lançar a distribuição apenas com o instalador offline baseado em Portergos e planejou surgir com um net-installer posteriormente em desenvolvimento.

Em uma semana, a equipa apresentou o plano à comunidade e começou a desenvolver a distribuição, o site e o fórum.

Quando a equipa não conseguiu fazer o instalador Cnchi do Antergos funcionar, tiveram que procurar um substituto que oferecesse a mesma conveniência de GUI e acabaram usando o Calamares, pois também suporta um instalador via rede. A equipe elaborou um plano para criar uma distribuição que fosse fácil de manter, mantendo o repositório pequeno e oferecendo uma experiência próxima ao Arch Linux com a conveniência de um instalador GUI . Este plano excluiu Pamac, um empacotador de GUI popular para Pacman, o gerenciador de pacotes para Arch Linux, no repo.

Primeiro lançamento[editar | editar código-fonte]

A 15 de julho de 2019, o EndeavourOS lançou a sua primeira ISO. [3] A equipa não esperava que grande parte da comunidade de Antergos os seguisse, mas a resposta e o número de membros da comunidade que aderiram superou suas expectativas. Não apenas a comunidade recebeu o primeiro lançamento muito bem, mas vários bloggers e vloggers deram avaliações muito positivas, mesmo logo após o lançamento.

Net-install[editar | editar código-fonte]

Imediatamente após o lançamento da distribuição, a equipa do EndeavourOS começou a desenvolver um instalador de rede para instalar com diferentes ambientes de desktop diretamente na Internet.

O lançamento do net-installer estava previsto para acontecer a 15 de novembro de 2019, [4] mas foi adiado para 22 de dezembro. [5] Ele dá aos utilizadores a capacidade de escolher entre uma variedade de ambientes de desktop e pacotes de driver durante o processo de instalação. A ISO inclui a instalação offline com o padrão Xfce4 Desktop com o tema EndeavourOS e a opção de escolher a instalação pela rede na inicialização do instalador Calamares. [6]

A 11 de setembro de 2019, o EndeavourOS anunciou que lançará uma revista online para fornecer aos usuários algumas informações básicas sobre os comandos do Arch e informá-los sobre novos pacotes a serem explorados. A revista foi lançada em novembro de 2019.

Referências