Endoísmo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

O endoísmo é uma filosofia/religião monoteísta, tem como crença principal a ideia de que "a busca de Deus deve vir dentro de si mesmo através dos caminhos da vida física", como o próprio nome da religião diz (do grego endo, que significa interior).

História[editar | editar código-fonte]

Fundada em Porto Alegre no ano de 2001. Atualmente, a religião realiza periodicamente a publicação de livros, edição de vídeos, composição de músicas destinadas à reflexão e meditação, ensinamentos e instruções de cunho espiritual. Possui dois sites especializados, um boletim informativo semanal e a rádio Unidade Divina.

Liturgia[editar | editar código-fonte]

Ritual interno[editar | editar código-fonte]

O endoísmo estabelece uma ordem de 100 vibrações e desdobramentos do nome divino, além de 100 mantras, cujas origens estão na palavra "Eu Sou".

Cada frase é constituída de um sujeito (o "Eu Superior", a "centelha divina"), o verbo auxiliar "Ser" e o seu complemento de virtude, fechando, pois, um ciclo completo de manifestação do poder e da vontade divina sempre que recitada com consciência.

Os mantras de poder devem ser constantemente proferidos, em qualquer momento e em qualquer circunstância, com o máximo de atenção e fervor. Para eles, quanto mais "colorido" houver (mentalização, visualização e recitação), tanto mais positivos serão os resultados obtidos, e a ordem para obter esses resultados é, respectivamente: harmonizar, imaginar, meditar, invocar, concretizar e agradecer a Deus.

Ritual externo[editar | editar código-fonte]

Mandamentos[editar | editar código-fonte]

À semelhança de tradicionais lojas de cunho espiritual, a hierarquia endoista contempla a existência de três graus: aprendiz, companheiro e mestre. O Endoismo postula uma série de mandamentos, entre os quais:

  1. Viver o momento presente
  2. Ter gratidão
  3. Priorizar a essência
  4. Viver com alegria
  5. Tornar o mundo sagrado
  6. Despertar o deus interior
  7. Ser Deus em ação

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.