Enes Kanter

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Enes Kanter
Enes Kanter (cropped).jpg
Kanter com os Knicks em março de 2018
Informações pessoais
Nome completo Enes Kanter
Data de nasc. 20 de maio de 1992 (27 anos)
Local de nasc. Zurique, Suíça
Altura 2,11 m
Peso 111 kg
Informações no clube
Clube atual Estados Unidos Boston Celtics
Número 11
Posição Pivô
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2008–2009
2011-2015
2015-2017
2017-presente
2019
2019–Presente
Turquia Fenerbahçe
Estados Unidos Utah Jazz
Estados Unidos OKC Thunder
Estados Unidos New York Knicks
Estados Unidos Trail Blazers
Estados Unidos Boston Celtics

265 (2.477)
180 (2.556‬)
115 (1.614)
23 (301)
Medalhas
Competidor da  Turquia
Campeonato Europeu Sub-18
Ouro Metz 2009 Equipe

Enes Kanter (Zurique, 20 de maio de 1992) é um jogador de basquetebol profissional turco, nascido na Suíça, que atualmente joga pelo Boston Celtics na NBA.[1]

Foi selecionado pelo Utah Jazz na primeira rodada do Draft de 2011 como a terceira escolha geral.

Primeiros anos[editar | editar código-fonte]

Kanter nasceu em 20 de maio de 1992, em Zurique, na Suíça,[2] enquanto seu pai, Mehmet, obteve seu diploma de mestrado da Universidade de Zurique. Seu pai é professor de histologia na Universidade de Trakya.[3]

Antes de se mudar para os Estados Unidos, Kanter jogou sob o comando de Serdar Apaydın nas divisões de base do Fenerbahçe entre 2006 e 2008 e depois, durante a temporada 2008-09, Kanter era uma reserva raramente usado na equipe principal.[4] Ele jogou em pelo menos nove jogos com a equipe - quatro na Euroliga e cinco na Liga Turca de Basquetebol. O Fenerbahçe e o time de basquete da Liga Grega, Olympiacos, ofereceram contratos profissionais com Kanter, mas ele recusou porque queria jogar basquete nos Estados Unidos.

Escola Preparatória[editar | editar código-fonte]

Em 2009, Kanter mudou-se para os Estados Unidos, onde se matriculou na Stoneridge Preparatory School, em Simi Valley, Califórnia, e jogou pelo time de basquete em 2009-10.[5]

No Nike Hoop Summit de 2010, Kanter jogou no time internacional, registrando 34 pontos e 13 rebotes. Seu total de pontos foi um recorde no evento, quebrando o recorde de Dirk Nowitzki no jogo de 1998.

A Rivals.com e a Scout.com classificaram Kanter como um prospecto de cinco estrelas, a classificação mais alta possível.[6][7]

Carreira universitária[editar | editar código-fonte]

Em 23 de novembro de 2009, Kanter comprometeu-se verbalmente a frequentar a Universidade de Washington, rejeitando as ofertas de UCLA, USC, Indiana e UNLV. No entanto, ele reabriu seu processo de recrutamento em fevereiro de 2010, e em 14 de abril, Kanter assinou uma Carta Nacional de Intenções para jogar basquete universitário na Universidade de Kentucky.[8]

No entanto, apesar de assinar com Kentucky, a NCAA declarou-o permanentemente inelegível como atleta colegial, porque ele recebeu cerca de US $ 33.000 do Fenerbahçe em excesso de benefícios. A NCAA determinou que esse valor estava acima e além do que era considerado aceitável.[9][10][11] Em 7 de janeiro de 2011, a NCAA rejeitou o apelo do Kentucky, afirmando que Kanter estava permanentemente inelegível.[12]

Carreira profissional[editar | editar código-fonte]

Utah Jazz (2011–2015)[editar | editar código-fonte]

Kanter foi selecionado pelo Utah Jazz como terceira escolha geral no Draft de 2011. Ao ser selecionado, ele disse: "Estou tão feliz, estou tão animado. Eu sei que os fãs do Utah Jazz são loucos e eu os amo. Vou trazer a força da equipe e tentar fazer tudo para ir para os playoffs".[13] Em 9 de dezembro de 2011, ele assinou seu contrato de novato com o Jazz após a conclusão da greve da NBA.[14]

Na temporada de 2011-12, ele se tornou apenas o 10º novato na história da franquia a jogar em todos os jogos da temporada regular. Ele também registrou mais rebotes por um novato em sua estréia com com 11 contra o Los Angeles Lakers em 27 de dezembro. Na temporada, ele teve uma média de 4,6 pontos e 4,2 rebotes em 66 jogos.

Kanter tenta bloquear o arremesso de Patrick Beverley durante um jogo em 17 de março de 2014, no Toyota Center em Houston, Texas.

Na temporada de 2012-13, Kanter melhorou suas médias em todas as principais categorias estatísticas, liderando a equipe em pontuação em três jogos, em rebotes em quatro jogos e tendo duplos-duplos em 22 jogos. Em 70 jogos (duas como titular), ele obteve médias de 7,2 pontos e 4,3 rebotes por jogo. Em 1° de março de 2013, Kanter teve o primeiro jogo de 20-20 da carreira dele com 23 pontos e 22 rebotes para levar o Jazz a uma vitória por 98-68 em cima do Charlotte Bobcats. Ele perdeu os últimos 10 jogos da temporada devido a um ombro esquerdo deslocado.

Na temporada de 2013–14, Kanter jogou em 80 jogos (37 como titular), com médias de 12,3 pontos e 7,5 rebotes por jogo. Em 3 de março de 2014, ele marcou 27 pontos em uma derrota de 114-88 para o Milwaukee Bucks.[15]

Em 16 de dezembro de 2014, Kanter marcou 29 pontos em uma derrota por 119-111 para o New Orleans Pelicans.[16]

Oklahoma City Thunder (2015–2017)[editar | editar código-fonte]

Em 19 de fevereiro de 2015, Kanter foi negociado para o Oklahoma City Thunder em um acordo de três equipes que também envolveu o Detroit Pistons. Dois dias depois, ele fez sua estréia pelo Thunder, tendo um duplo-duplo com 10 pontos e 13 rebotes na vitória por 110-103 sobre o Charlotte Hornets. Em 1º de abril de 2015, ele marcou 30 pontos em uma derrota de 135-131 para o Dallas Mavericks.

Após a temporada de 2014-15, Kanter tornou-se um agente livre restrito. Em 9 de julho de 2015, ele recebeu uma proposta de US $ 70 milhões do Portland Trail Blazers. No entanto, três dias depois, o Thunder exerceu o seu direito de preferência e igualou a proposta.[17]

Em 14 de março de 2016, ele marcou 26 pontos em uma vitória de 128-94 sobre o Portland Trail Blazers. Em 6 de abril, ele registrou 33 pontos e 20 rebotes em uma derrota de 120-115 para o Portland Trail Blazers, tornando-se o primeiro jogador na história do Thunder a marcar pelo menos 30 pontos e pegar 20 rebotes em um jogo.[18] No Jogo 3 da primeira rodada dos playoffs contra o Dallas Mavericks, Kanter 21 pontos e oito rebotes em uma vitória por 131-102. No Jogo 4 da série, Kanter ajudou o Thunder a vencer fazendo 28 pontos.

Em 28 de novembro de 2016, Kanter registrou 27 pontos e 10 rebotes em uma vitória por 112-103 sobre o New York Knicks.[19] Em 26 de janeiro de 2017, ele teve o antebraço fraturado depois de bater em uma cadeira no banco durante o jogo contra o Dallas Mavericks. Ele foi posteriormente descartado por seis a oito semanas.[20] Ele voltou a ação em 24 de fevereiro de 2017 contra o Los Angeles Lakers depois de perder nove jogos. Ele terminou com quatro pontos.[21]

New York Knicks (2017–2019)[editar | editar código-fonte]

Em 25 de setembro de 2017, Kanter foi negociado, junto com Doug McDermott e uma escolha de draft, para o New York Knicks em troca de Carmelo Anthony.[22] Em sua estréia pelo Knicks em 19 de outubro de 2017, Kanter teve 10 pontos e sete rebotes na derrota por 105-84 para seu ex-time, o Oklahoma City Thunder.[23] Cinco dias depois, ele registrou 16 pontos e 19 rebotes na derrota por 110-89 para o Boston Celtics. Em 29 de novembro de 2017, depois de perder três jogos com espasmos nas costas, Kanter fez 22 pontos e pegou 14 rebotes na vitória por 115-86 sobre o Miami Heat.

Em 25 de dezembro de 2017, ele marcou 31 pontos e pegou 22 rebotes na derrota por 105-98 para o Philadelphia 76ers. Ele se juntou a Wilt Chamberlain, Bill Russell e Bob Lanier como os únicos jogadores com um jogo de 30-20 no Natal. Em 30 de janeiro de 2018, ele registrou 20 pontos, 20 rebotes e cinco assistências na vitória por 111-95 sobre o Brooklyn Nets. Em 6 de fevereiro de 2018, em uma derrota por 103-89 para o Milwaukee Bucks, Kanter registrou 19 pontos e 16 rebotes pelo sexto duplo-duplo consecutivo, marcando o maior período consecutivo de duplos-duplos por um jogador dos Knicks.[24] Em 6 de março de 2018, ele teve 18 pontos e 11 rebotes na derrota por 111-87 para o Portland Trail Blazers. Foi o 32º duplo duplo de Kanter da temporada.[25]

Em 19 de outubro de 2018, Kanter marcou 29 pontos em uma derrota de 107-105 para os Nets. Um dia depois, ele registrou 17 pontos e 15 rebotes em uma derrota por 103-101 para os Celtics, tornando-se o primeiro jogador dos Knicks desde Zach Randolph (2007-08) a iniciar a temporada com três duplos-duplos. Em 5 de novembro, ele registrou 23 pontos e 24 rebotes em uma derrota por 116-115 para o Chicago Bulls. Em 11 de novembro, ele marcou seu quinto duplo-duplo com 16 pontos e 15 rebotes na derrota por 115-89 para o Orlando Magic. Em 25 de novembro, registrou 21 pontos e 26 rebotes na vitória por 103-98 sobre o Memphis Grizzlies.

No final de dezembro, Kanter foi rebaixado para um papel reduzido de reserva.[26] Ele foi dispensado pelos Knicks em 7 de fevereiro de 2019.[27]

Portland Trail Blazers (2019)[editar | editar código-fonte]

Em 13 de fevereiro de 2019, Kanter assinou com o Portland Trail Blazers.[28] Ele fez sua estréia em 21 de fevereiro, registrando 18 pontos e nove rebotes em uma vitória por 113-99 sobre o Brooklyn Nets.[29]

No Jogo 1 da primeira rodada dos playoffs contra o Oklahoma City Thunder, Kanter fez 20 pontos e 18 rebotes em uma vitória por 104-99, tornando-se apenas o terceiro jogador na história do time com pelo menos 20 pontos e 18 rebotes em um jogo dos playoffs - Bill Walton fez três vezes e LaMarcus Aldridge uma vez.[30]

Boston Celtics (2019 – Presente)[editar | editar código-fonte]

Quando a free agency foi aberta em 1º de julho de 2019, Kanter e o Boston Celtics concordaram com um contrato de dois anos no valor de US $ 10 milhões.[31][32]

Carreira na seleção[editar | editar código-fonte]

Kanter fez sua estréia pela Seleção Turca no EuroBasket Sub-16 ​​de 2008, na Itália. Ele dominou o torneio tendo médias de 22,9 pontos, 16,5 rebotes e 1,5 bloqueios em 34,6 minutos por jogo. No entanto, Jonas Valančiūnas foi escolhido como MVP depois de ter uma média de 14,3 pontos, 11,1 rebotes e 2,3 bloqueios em 23,5 minutos.

Kanter conquistou o título de MVP no EuroBasket Sub-18 em 2009 tendo médias de 18,6 pontos e 16,4 rebotes, enquanto liderava a seleção júnior da Turquia para a medalha de bronze.

Ele se recusou a jogar pela equipe nacional sênior no Campeonato Mundial de Basquetebol Masculino de 2010, que estava sendo realizado na Turquia. Seu pai alegou que ele fez isso para não perder o primeiro mês de aulas em Kentucky.[33]

Kanter jogou pela primeira vez com a equipa principal turca no EuroBasket de 2011. Ele jogou em oito jogos e obteve uma média de 9,6 pontos e 3,9 rebotes por jogo.

Ele foi deixado de fora do time do EuroBasket de 2015. Kanter alegou que a omissão foi devido ao seu relacionamento com Fethullah Gülen e seu apoio ao movimento Gülen, enquanto o técnico Ergin Ataman disse que Kanter foi excluído porque "ele não pediu desculpas aos companheiros de equipe por incidentes".[34]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

O irmão mais novo de Kanter, Kerem, estudou na Universidade de Wisconsin-Green Bay de 2014 a 2017.[35] Depois de se formar na UW-Green Bay em 2017, ele se transferiu para a Xavier University sob a regra de transferência de pós-graduação da NCAA.[36]

Kanter é um muçulmano praticante e escreveu no Washington Post sobre o desafio de praticar o Ramadã durante os playoffs da NBA.

Política[editar | editar código-fonte]

"Espero que as pessoas em todo o mundo abram os olhos para os abusos dos direitos humanos. As coisas ficaram muito ruins no ano passado. Essa não é a minha opinião. Não sabemos tudo o que está acontecendo dentro da Turquia, mas sabemos que os jornais e a mídia foram restringidos. Acadêmicos foram demitidos, protestos pacíficos não são permitidos, muitas pessoas foram presas sem nenhuma acusação real, há relatos de tortura, estupro e coisas piores." - Enes Kanter, a The Players' Tribune, em 23 de maio de 2017.[37]

Após a fracassada tentativa de golpe de estado em 2016, Kanter criticou duramente o presidente turco Recep Tayyip Erdoğan no Twitter, chamando-o de "Hitler do nosso século".[38] Logo após a tentativa de golpe em julho, seu pai e sua família o repudiaram publicamente devido a suas opiniões políticas e seu apoio a Fethullah Gülen, implorando para que ele mudasse seu sobrenome. Em 8 de agosto, Kanter declarou que ele ama Gülen "mais que sua família" e mudou informalmente seu nome para Enes Gülen.[39] Seu pai foi demitido de sua posição na universidade algumas semanas depois, por meio de um decreto governamental em 1 de setembro, como parte dos expurgos turcos de 2016–17.[40]

Em 20 de maio de 2017, o passaporte de Kanter foi cancelado pela embaixada da Turquia.[41] Ele estava temporariamente preso na Romênia, mas acabou indo para Londres.[42] Seis dias após o cancelamento de seu passaporte, o governo turco emitiu um mandado de prisão contra Kanter, acusando-o de ser membro de um "grupo terrorista".[43] A Turquia disse que cidadãos acusados ​​que não compareceram à Turquia em setembro de 2017 enfrentam a revogação da cidadania; em setembro de 2017, Kanter se descreveu como sem estado. De acordo com uma matéria da ESPN de 2019, agentes da FBI emitiram um dispositivo de comunicação que permite que ele entre em contato com a organização a qualquer momento, devido a ameaças credíveis contra sua vida.[44]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

NBA[editar | editar código-fonte]

Temporada regular[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2011–12 Utah 66 13.2 .496 .000 .667 4.2 .1 .3 .3 4.6
2012–13 Utah 70 15.4 .544 1.000 .795 4.3 .4 .4 .5 7.2
2013–14 Utah 80 26.7 .491 .000 .730 7.5 .9 .4 .5 12.3
2014–15 Utah 49 27.1 .491 .317 .788 7.8 .5 .5 .3 13.8
2014–15 Oklahoma City 26 31.1 .566 .750 .776 11.0 1.1 .5 .5 18.7
2015–16 Oklahoma City 82 21.0 .576 .476 .797 8.1 .4 .3 .4 12.7
2016–17 Oklahoma City 72 21.3 .545 .132 .786 6.7 .9 .4 .5 14.3
2017–18 New York 71 25.8 .592 .000 .848 11.0 1.5 .5 .5 14.1
2018–19 New York 44 25.6 .536 .318 .814 10.5 1.9 .4 .4 14.0
2018–19 Portland 23 22.3 .577 .250 .735 8.6 1.4 .6 .4 13.1
Carreira 583 22.2 .541 .294 .780 7.6 .8 .4 .4 11.9

Playoffs[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2012 Utah 4 10.8 .438 .000 .000 4.0 .3 .0 1.0 3.5
2016 Oklahoma City 18 18.0 .551 .143 .844 6.2 .3 .3 .6 9.4
2017 Oklahoma City 5 9.1 .385 .000 1.000 1.8 .2 .0 .8 4.8
2019 Portland 16 28.8 .514 .250 .756 9.7 1.2 .7 .6 11.4
Carreira 43 20.3 .513 .167 .802 6.8 .6 .4 .7 9.1

Euroliga[editar | editar código-fonte]

Ano Time PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2008–09 Fenerbahçe 4 7.8 .429 .000 .667 1.5 .0 .3 .0 2.0

Fonte:[45]

Referências

  1. «Enes Kanter» (em inglês). nba.com 
  2. «Huskies | Huskies get commitment from 6-foot-10 Turkish star Enes Kanter | Seattle Times Newspaper». old.seattletimes.com. Consultado em 22 de julho de 2019 
  3. Thamel, Pete (7 de setembro de 2010). «Turkish Team Says It Paid a Top Kentucky Recruit». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  4. «Enes Kanter a revolutionary case for Kentucky, NCAA - NCAA Basketball - Sporting News». web.archive.org. 24 de agosto de 2010. Consultado em 22 de julho de 2019 
  5. «Top Euro hoopster to enroll at U.S. high school». ESPN.com (em inglês). 18 de agosto de 2009. Consultado em 22 de julho de 2019 
  6. «Rivals.com». n.rivals.com. Consultado em 22 de julho de 2019 
  7. «Enes Kanter Player Profile News - Basketball Recruiting Scout». web.archive.org (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  8. Times, Percy Allen-The Seattle (20 de maio de 2010). «Oregon prep star dumps Washington for Kentucky». KUsports.com (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  9. «Kentucky center Kanter ruled ineligible by NCAA». ESPN.com (em inglês). 11 de novembro de 2010. Consultado em 22 de julho de 2019 
  10. «Kentucky forward Enes Kanter ruled permanently ineligible - USATODAY.com». usatoday30.usatoday.com. Consultado em 22 de julho de 2019 
  11. «Enes Kanter's eligibility | NCAA Basketball | Sporting News». web.archive.org. 14 de fevereiro de 2015. Consultado em 22 de julho de 2019 
  12. Thamel, Pete (7 de janeiro de 2011). «N.C.A.A. Denies Kentucky's Appeal Over Kanter's Eligibility». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  13. Hollis, Randy (23 de junho de 2011). «Utah Jazz select Enes Kanter with third pick». DeseretNews.com (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  14. «Jazz Signs 2011 Lottery Picks». Utah Jazz (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  15. «The Rundown - Jazz at Bucks 3.3.14». Utah Jazz (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  16. «The Roundup—Jazz 111, Pelicans 119». Utah Jazz (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  17. «Thunder Matches Offer Sheet for Kanter». Oklahoma City Thunder (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  18. NBA (6 de abril de 2016), Enes Kanter Records First 30/20 Game in Thunder History, consultado em 22 de julho de 2019 
  19. «Thunder vs. Knicks - Game Recap - November 28, 2016 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  20. «Sources: Enes Kanter out 6-to-8 weeks with fractured forearm». sports.yahoo.com (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  21. «Lakers vs. Thunder - Game Recap - February 24, 2017 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  22. «Knicks Trade Carmelo Anthony To Oklahoma City». New York Knicks (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  23. «Knicks vs. Thunder - Game Recap - October 19, 2017 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  24. «Bucks vs. Knicks - Game Recap - February 6, 2018 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  25. «Knicks vs. Trail Blazers - Game Recap - March 6, 2018 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  26. Berman, Marc (2 de janeiro de 2019). «Where Enes Kanter stands after heart-to-heart with Knicks GM». New York Post (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  27. reports, From NBA Twitter and media. «Knicks waive Wesley Matthews, Enes Kanter». NBA.com (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  28. «Trail Blazers Sign Center Enes Kanter». Portland Trail Blazers (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  29. «Trail Blazers vs. Nets - Game Recap - February 21, 2019 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  30. «Thunder vs. Trail Blazers - Game Recap - April 14, 2019 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  31. «NBA Free Agency 2019: Enes Kanter reportedly agrees to deal with the Boston Celtics». NBA.com India | The official site of the NBA (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  32. «Celtics Sign Enes Kanter». Boston Celtics (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  33. «Enes Kanter's father says Turkish club is 'trying to make an example' of his son | NCAA Basketball | Sporting News». web.archive.org. 19 de outubro de 2014. Consultado em 22 de julho de 2019 
  34. «Controversy looms as Gülen follower Enes Kanter left out of national team - Turkish News». Hürriyet Daily News (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  35. «NCAA Tournament: Green Bay's Kerem Kanter excited to play on older brother's home floor». Oklahoman.com (em inglês). 16 de março de 2016. Consultado em 22 de julho de 2019 
  36. «Kanter pulling out of NBA Draft, will play at Xavier». Cincinnati.com (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  37. «They Can Take Away Your Country, Just Like That | By Enes Kanter». The Players' Tribune (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  38. Graham, Bryan Armen (22 de maio de 2017). «Enes Kanter calls Turkey's Erdoğan 'Hitler of our century' after airport detainment». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  39. «Enes Kanter Changed His Twitter Handle to Include "Gulen" After Family Reportedly Disowned Him for Political Views». The Big Lead (em inglês). 8 de agosto de 2016. Consultado em 22 de julho de 2019 
  40. «İhraç edilen akademisyenlerin isim isim tam listesi». NTV. Consultado em 22 de julho de 2019 
  41. «Kanter detained in Romania, passport revoked». ESPN.com (em inglês). 20 de maio de 2017. Consultado em 22 de julho de 2019 
  42. Hoffman, Benjamin (20 de maio de 2017). «N.B.A. Player Enes Kanter Released After Being Held in Romania». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  43. «Turkish govt. issues warrant for Kanter's arrest». ESPN.com (em inglês). 26 de maio de 2017. Consultado em 22 de julho de 2019 
  44. «Kanter: 'After I leave the court, the fight begins'». ESPN.com (em inglês). 20 de maio de 2019. Consultado em 22 de julho de 2019 
  45. «Enes Kanter Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019