Engenheiro Beltrão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Engenheiro Beltrão
Bandeira de Engenheiro Beltrão
Brasão de Engenheiro Beltrão
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 26 de novembro de 1954 (62 anos)
Gentílico beltrãoense
Prefeito(a) Rogério Rigueti Gomes (PMDB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Engenheiro Beltrão
Localização de Engenheiro Beltrão no Paraná
Engenheiro Beltrão está localizado em: Brasil
Engenheiro Beltrão
Localização de Engenheiro Beltrão no Brasil
23° 47' 49" S 52° 16' 08" O23° 47' 49" S 52° 16' 08" O
Unidade federativa  Paraná
Mesorregião Centro Ocidental Paranaense IBGE/2008[1]
Microrregião Campo Mourão IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Terra Boa, Ivatuba, Floresta, Itambé, Quinta do Sol e Peabiru
Distância até a capital 456 km
Características geográficas
Área 467,257 km² [2]
População 14 314 hab. estimativa IBGE/2017[3]
Densidade 30,63 hab./km²
Altitude 520 m
Clima Subtropical Cfb
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,762 elevado PNUD/2000[4]
PIB R$ 226 153,242 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 15 844,83 IBGE/2008[5]
Página oficial

Engenheiro Beltrão é um município brasileiro do estado do Paraná. Sua área de unidade territorial é 467.470 km² e sua população foi estimada, em 2017, em 14.314[3] habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Em meados de 1912 o sertão não recebeu nenhum influxo ou plano colonizador, somente em 1930 a fase de povoamento da região foi iniciada. O desenvolvimento só se deu após 1932, quando grande número de colonizadores, acompanhados de suas respectivas famílias, construíram seus ranchos, iniciaram pequenas lavouras e a criação de suínos.

As férteis terras, propícias ao plantio do café e cereais, integraram a região ao fluxo colonizador responsável pelo surgimento do patrimônio.

A empresa que deu início a venda das terras onde atualmente se localiza a comarca de Engenheiro Beltrão foi a Sociedade Técnica e Colonizadora Engenheiro Beltrão. O nome do município foi adotado em 1949 para denominar o povoado, e foi homenagem ao então diretor da colonizadora Dr. Duílio Trevisan Beltrão.

Criado através da Lei Estadual n° 253, de 26 de novembro de 1955, foi desmembrado de Peabiru.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Possui uma área de 467,2 km². Localiza-se a uma latitude 23°47'49" sul e a uma longitude 52°16'08" oeste, estando a uma altitude de 520 metros acima do nível do mar. Localizado na região central do Paraná, se encontra ligeiramente deslocado para o noroeste, a 55 quilômetros de Maringá, 450 quilômetros da capital do estado e 350 quilômetros de Foz do Iguaçu.

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2000

População Total: 14.082

  • Urbana: 11.129
  • Rural: 2.953
  • Homens: 6.968
  • Mulheres: 7.115

Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M): 0,762

  • IDH-Renda: 0,800
  • IDH-Longevidade: 0,831
  • IDH-Educação: 0,956
Etnias
Branca 72,4%
Parda 22,6%
Negra 3,1%
Amarela 1,9%

Fonte: IPARDES 2010

Clima[editar | editar código-fonte]

Clima Subtropical Úmido Mesotérmico, verões quentes com tendência de concentração das chuvas (temperatura média superior a 22 °C), invernos com geadas pouco frequentes (temperatura média inferior a 18 °C), sem estação seca definida.

Administração[editar | editar código-fonte]

Economia[editar | editar código-fonte]

A principal atividade econômica da região é a agropecuária. No setor industrial, merece destaque o crescimento da produção de confecções e a indústria de álcool.

Esporte[editar | editar código-fonte]

No passado a cidade de Engenheiro Beltrão possuiu um clube no Campeonato Paranaense de Futebol, a Associação Esportiva Recreativa Engenheiro Beltrão [6]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. a b «Estimativa populacional 2017 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 30 de agosto de 2017. Consultado em 14 de setembro de 2017 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. http://www.rsssfbrasil.com//tablesfq/pr2004l2.htm

Ligações externas[editar | editar código-fonte]