Engenho de Dentro Atlético Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Engenho de Dentro
Engenho-de-Dentro-AC.png
Nome Engenho de Dentro Atlético Clube
Alcunhas Fantasmas Azuis
Fundação 3 de novembro de 1912 (105 anos)
Website http://edac-futsal.webnode.com/
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

Engenho de Dentro Atlético Clube é uma agremiação esportiva da cidade do Rio de Janeiro.

Fundada em 3 de novembro de 1912, ficaram conhecidos como Fantasmas Azuis por conta das cores azul e branco que ostentavam.

História[editar | editar código-fonte]

Escudo e camisa comemorativa do centenário

Foi criado como Engenho de Dentro Football Club, por Antônio Serrano Paes Filho. Em 23 de janeiro de 1916, ocorreu a mudança para Engenho de Dentro Athletico Club. Em agosto de 1919 absorveu o Cattete Football Club após desligar-se da Liga Suburbana por perseguições. Assustava seus adversários com estupendas vitórias e títulos nas décadas de 20 e 30.

Disputou os Campeonatos Cariocas de 1924, 1933, 1934, além dos Campeonatos Cariocas promovidos pela LMDT de 1925 a 1927. Em 30 de setembro de 1950, duas semanas depois de a seleção brasileira perder para o Uruguai a final da Copa do Mundo, participou como convidado do Primeiro Torneio Início do Campeonato Carioca ocorrido no estádio do Maracanã. Foi eliminado pelo Olaria após derrota de 1 a 0.

Sua praça de esportes localizava-se na antiga Rua Engenho de Dentro, atual Adolfo Bergamini, entre os números 151 e 155. No local há a Escola Municipal Rio Grande do Sul.

No dia 7 de Setembro de 1946, o campo passou para a Rua Henrique Scheid (Estádio que pertencia ao Adélia Football Club). A inauguração ocorreu em 7 de setembro daquele ano, com vitória do Vasco da Gama por 4 a 2 sobre o Flamengo, em um duelo de equipes mistas. O campo existe até hoje, como local de peladas, sendo um dos últimos gramados remanescentes da época do Departamento Autônomo.

Nos últimos anos, vinha disputando a "Copa Carioca de Futsal", sendo em 2002, campeão na categoria fraldinha, liderado pelo ala direita, Gabriel Dias, artilheiro da competição com 46 gols.

Atualmente, suas dependências se restringem a um ginásio localizado à rua Monsenhor Jerônimo, no bairro de mesmo nome. Em relação aos títulos, os ‘Fantasmas Azuis‘ conquistaram o tricampeonato do Campeonato Carioca, organizado pela ‘Liga Suburbana de Futebol’: 1916, 1917 e 1918, o campeonato do Torneio Início da Série C da LMDT de 1924, a Série C, da 1ª Divisão (disputando o título máximo com o Vasco e o Bonsucesso, Campeões das série A e B), em 1924, a Liga Metropolitana de Desportos Terrestres (LMDT) de 1925, a 2ª Divisão da AMEA, de 1932, a Sub-liga Carioca, de 1935, o bicampeonato Carioca pela FAS (Federação Atlética Suburbana), de 1937 e 1939, além de ter sido o primeiro Campeão Carioca pelo Departamento Autônomo, em 1949.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais
Competição Títulos Temporadas
Bandeira do estado do Rio de Janeiro.svg Campeonato Carioca da Segunda Divisão 1 1932
Município do Rio de Janeiro Liga Suburbana de Futebol - segundos quadros 1 1916
Município do Rio de Janeiro Liga Suburbana de Futebol 3 1916, 1917 e 1918
Município do Rio de Janeiro Campeonato Carioca (LMDT) 1 1925
Município do Rio de Janeiro Torneio Início da Série C (LMDT) 1 1924
Município do Rio de Janeiro Campeonato Carioca - Série C (LMDT) 1 1924
Município do Rio de Janeiro Segunda Divisão (AMEA) 1 1932
Município do Rio de Janeiro Sub-liga Carioca 1 1935
Município do Rio de Janeiro Campeonato Carioca (FAS) 2 1937 e 1939
Município do Rio de Janeiro Departamento Autônomo (DA) 1 1949

Ver também[editar | editar código-fonte]

Fonte[editar | editar código-fonte]

  • VIANA, Eduardo. Implantação do futebol Profissional no Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Editora Cátedra, s/d.